Sindipetro-RJ gasta 70.000 reais por ano com correspondência para aposentados associados


Comente, repasse, divulgue

O Sindipetro-RJ gasta em torno de 2.00 reais para envio de envelope dos correios, contendo o Jornal surgente, para enviar o mesmo para os aposentados associados, embora a maioria dos assuntos seja para os ativos

Supondo um envio por mes, e 3000 aposentados associados, temos 2 x 3000 = 6.000 por mês, em 12 meses sao 72.000 reais (um bom carro zero), em 10 anos 720.000 reais, em 20 anos sao 1 milhão e 400 mil reais, o suficiente para comprar 10 salas comerciais no centro do Rio.

No entanto o sindicato não sabe se os aposentados leem o jornal, se preferem o jornal no site ou via sms, zap ou email. Não perguntam e nem pesquisaram. A Sra Fabiola disse que houve uma pesquisa sobre isto, mas perdeu a mesma, esta não está nem no site. Fabíola é diretora do sindicato e j foi por 2 vezes da secretaria de aposentados. Mas não nos informou o que fez nos 10 anos de direção

Qual foi a utilidade de mandar os mesmos pelos correios? NENHUMA, a não ser capitalizar os Correios

Imagina se isto é feito nos outros sindipetros, se for assim, por baixo sao 3 milhões de reais jogados no lixo.

Enviamos a questão por diversas vezes ao sindipetro-rj bem como à secretaria de aposentados, e  seu diretor vitalício Roberto Ribeiro, mas não tivemos respostas.

OPINE COMENTE CRITIQUE

 

Anúncios

30 jan Combate às Opressões em pauta


http://sindipetro.org.br/combate-as-opressoes-e-tema-de-debate-no-sindipetro-rj-2/

 

Na quinta (25), o GT de Combate às Opressões do Sindipetro-RJ promoveu o primeiro encontro mensal do Grupo no auditório do Sindicato, com o objetivo de conhecer e debater meios de reagir às diferentes formas de assédio e violência no trabalho praticadas nas unidades da Petrobrás e que causam doenças a uma parcela dos petroleiros e, na maioria das vezes, terminam de forma silenciosa.

No encontro, foram exibidos trechos de vídeos de dramaturgias que mostram situações de assédio num escritório e houve debate.

O Sindicato quer conhecer e combater esses problemas que afetam milhares de brasileiros e que estão também no ambiente de trabalho dos petroleiros.

A reunião contou com a participação de diferentes petroleiros (as) interessados (as) pelo tema ou atingidos diretamente por essa realidade, lotados em diferentes gerências da companhia, como Ouvidoria, Secretaria de Ética, AMS, RH, entre outros.

Foi lançado o primeiro vídeo da série “Amar Sem Temer”, realizado pela TV Petroleira do Sindipetro-RJ — a partir de um vídeo-denúncia que aconteceu em dezembro passado, na Logística da Fronape —, com a presença do psicólogo Alexandre Nabor França, especialista em Políticas Públicas e Cultura de Direitos. “É fundamental refletirmos e não aceitarmos um ambiente de trabalho que propicia o adoecimento de trabalhadores por estarem em condições como a de ser mulher ou a de ter a pele negra ou a de ser gay, por orientação sexual ou a de uma transexual ou a de uma travesti na condição de sua identidade de gênero”, afirmou França.

O GT tirou diferentes encaminhamentos, dentre eles, a criação de um canal de denúncia no Sindipetro-RJ para recepção das denúncias de assédio e violência na Petrobrás, buscar parcerias com uma organização pública do Setor Judiciário, fazer uma campanha contra o assédio na Petrobrás e se incorporar às atividades do Dia Internacional da Mulher, dentre outros.

Acompanhe as notícias sobre o GT! Assista ao vídeo na TV Petroleira e compartilhe!

A próxima reunião está marcada para o dia 22/2 (quinta), às 17h, no auditório do Sindipetro-RJ!

Sindipetro-RJ – 01 fev Depois de adiamento, debate do Fórum de Saúde do Rio de Janeiro tem nova data


Fonte: Sindipetro-RJ

Após o adiamento, por causa da intensa chuva que atingiu o Rio na terça-feira (30/1), o debate a ser realizado na Cinelândia pelo  Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, que reúne sindicatos, associações profissionais e conselhos da área, foi remarcado para a próxima quarta-feira (7), a partir das 18h, na escadaria da Câmara Municipal, Centro do Rio.

Na programação, o Professor José Miguel Bendrao Saldanha vai abordar os principais pontos da reforma da previdência e a forma que eles impactam a classe trabalhadora.

Para conquista a população, sob o viés do “corte de privilégios” e da “promoção da igualdade”, a campanha governamental é mentirosa e esconde o real objetivo da reforma: aumentar o tempo de exploração da força de trabalho e o redirecionamento do acesso a aposentadoria à fundos privados. Com isso, acaba penalizando os mais pobres e mantém os privilégios dos mais ricos e parlamentares.

Participe! A reforma previdenciária proposta pelo governo Temer (PMDB) prevê o corte de direitos dos trabalhadores, começando pelo direito a aposentadoria. Se for aprovada no Congresso Nacional, como quer o governo, será o maior ataque à previdência pública já efetuado no país, com gravíssimas consequências para milhões de trabalhadores.

A exemplo de outras entidades, o Sindipetro-RJ estará presente ao debate desta terça e participará das mobilizações unificadas a serem convocadas pelas centrais sindicais e federações contra a tentativa de Temer de aprovar a reforma.

Diretoria Sindipetro-RJ 2017-2020


http://sindipetro.org.br/o-sindicato/diretoria-colegiada/

NÚCLEO 1

Comunicação e representação, ACT, mobilização e relacionamento externo.

nucleo01@sindipetro.org.br

antony2
carla2 2
gustavo2
coara2
vinicius2

NÚCLEO 2

Campanha contra a privatização, geopolítica, formação, cultura, esporte e memória

nucleo02@sindipetro.org.br

NÚCLEO 3

Patrimônio dos petroleiros a serviço da luta

nucleo03@sindipetro.org.br

NÚCLEO 4

Organização no local de trabalho e respostas às demandas cotidianas

nucleo04@sindipetro.org.br

denilsom3

NÚCLEO 5

Organizar novas fronteiras do sindicato

nucleo05@sindipetro.org.br

NÚCLEO 6

Defesa de quem construiu a campanha e de um futuro digno

nucleo06@sindipetro.org.br

Congresso do Sindipetro-RJ 2017


Congresso do Sindipetro-RJ vai reunir 118 delegados e delegadas

Começa nesta sexta o Congresso da categoria, que vai reunir 118 petroleiros (as).

Veja sobre o Seminário de Comunicação aqui

1o dia do Congresso aqui

2o dia do Congresso aqui

XI Congresso da FNP aqui 

5a Plenária Nacional dos Aposentados aqui

https://acordocoletivo.org/2017/08/06/5-a-plenaria-nacional-de-aposentados-sera-no-rio/

Mais de vinte pessoas postaram contribuições, que serão distribuídas aos delegados no caderno de propostas do encontro.

‘Almoço Debate’ em Angra dos Reis aborda ACT 2017


Nelson Miranda

Tiago Amaro

Jorge Rosa

Natália Russo

Publicado em 14 de jul de 2017

Nesta quinta-feira (13), a subsede do Sindipetro-RJ em Angra dos Reis realizou um ‘Almoço Debate’ promovido pela nova diretoria com as bases locais dos trabalhadores do TEBIG, Brasfels , Aposentados. O objetivo, além de integrar as bases locais, era de apresentar temas para o ACT 2017 com a Petrobrás.