jp-cc-tc-aula 10


 

 

1.
Observe as afirmações acerca das novas legislações: I. A nova legislação harmoniza a contabilidade brasileira aos padrões internacionais II. A nova legislação facilita o investimento estrangeiro III. A nova legislação obriga as grandes empresas de capital fechado a divulgarem seus balanços Estão corretas:

I e III
 Errado I, II e III
 Certo Apenas I
Apenas II
I e II

 

 

2.
O Princípio do Custo é a regra básica de avaliação aplicável aos ativos das empresas. No entanto, com o processo de harmonização com as regras internacionais de contabilidade outros critérios de avaliação passaram a ser empregados pela contabilidade para registro dos ativos. Assinale a alternativa a seguir que não apresenta um critério de avaliação utilizado para o registro de ativos segundo as regras atualmente em vigor:

Valor de Custo Histórico.
 Errado Valor Justo.
Valor Realizável Líquido.
 Certo Valor de Custo Corrente.
Valor Presente.

 

 

3.
O objetivo do relatório contábil-financeiro de propósito geral é:

Fornecer informações quantitativas acerca da entidade que reporta essa informação (reporting entity) que sejam úteis apenas ao mercado externo, quando da tomada decisão ligada ao fornecimento de recursos para a entidade.
Atender apenas as necessidades dos acionistas;
 Certo Fornecer informações contábil-financeiras acerca da entidade que reporta essa informação (reporting entity) que sejam úteis a investidores existentes e em potencial, a credores por empréstimos e a outros credores, quando da tomada decisão ligada ao fornecimento de recursos para a entidade.
Nenhuma questão é verdadeira.
Atender apenas a legislação fiscal;

 

 

4.
O Processo de harmonização das normas brasileiras aos padrões internacionais de contabilidade foi responsável por profundas modificações na contabilidade praticada no Brasil, para tanto a Lei 6404 foi alterada. A propósito, julgue as alternativas a seguir e assinale a alternativa CORRETA.

 Certo Todas as respostas estão corretas.
Uma das principais alterações da Lei 6.404 diz respeito a apresentação do ativo das empresas, com a criação do subgrupo Ativo Não Circulante e extinção do Ativo Permanente.
As empresas de capital aberto passaram a apresentar a destinação das riquezas produzidas por elas.
Foi criado o subgrupo do Intangível, dentro do Ativo Não Circulante.
Alguns dos ativos das companhias serão contabilizados pelo valor justo, que representa um valor de mercado.

 

Gabarito Coment.

 

5.
Assinale, entre as alternativas abaixo, aquela que NÃO corresponde a uma inovação decorrente das normatizações da contabilidade no Brasil.

A substituição da demonstração de origens e aplicações de recursos (DOAR) pelo demonstrativo do fluxo de caixa (DFC).
A extinção do resultado de exercícios futuros
 Certo A implantação do sistema público de escrituração digital (SPED).
A criação do subgrupo intangível
A obrigatoriedade do demonstrativo do valor adicionado (DVA)

 

 

6.
Elementos como Marcas, Patentes, softwares reconhecidos no patrimônio das empresas, a partir da edição da Lei 11.638, que promoveu alterações nas regras contábeis em vigor no País em busca da harmonização com as regras contábeis, são classificados no subgrupo do balanço patrimonial:

Patrimônio Líquido
Ativo Não Circulante – Imobilizado
 Certo Ativo Não Circulante – Intangível
Ativo Não Circulante – Investimentos
Passivo Não Circulante

 

 

7.
Em se tratando de evento contábil, o que venha a ser ESSENCIA SOBRE A FORMA?

Registrar sempre o menor valor para ativo e maior para o passivo.
 Certo Um Principio que descreve que os eventos devem ser analisados e registrados de acordo com sua essência economica, deixando de lado sua forma jurídica.
É a forma de mensuraração do ativo no momento de sua aquisição
É a Diferença entre o valor de registro histórico e seu valor negociado (valor no mercado)
Privilegiar a mensuração dos eventos contábeis utilizando uma base confiável, em geral, os valores descritos em contratos ou nota fiscal.

 

 

8.
O valor da riqueza gerada pela companhia, a sua distribuição entre os elementos que contribuíram para a geração dessa riqueza está evidenciado na demonstração:

Dos fluxos de caixa.
Do resultado abrangente.
 Certo Do valor adicionado.
Do resultado do exercício.
Das mutações do patrimônio líquido.
As recentes alterações na Lei das Sociedades Anônimas trouxe em seu bojo a criação de dois novos grupos. São eles:

 

 Certo intangível e ajuste de avaliação patrimonial
diferido e reservas de reavaliação
 Errado permanente e ajuste de avaliação patrimonial
diferido e intangível
permanente e lucros acumulados
2.
A Reserva de Incentivos Fiscais é uma reserva:

Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Capital e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que não transitam pelo resultado.
 Errado Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Lucros e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que são levados diretamente a esta conta de reserva, sem transitar pelo resultado.
 Certo Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Lucros e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que transitam pelo resultado e são então utilizadas para a formação dessa reserva.
Não há resposta correta
Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Capital e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que transitam pelo resultado e são então utilizadas para a formação dessa Reserva de Capital.
Gabarito Coment.
3.
Os processos contábeis no Brasil foram regulamentados a partir da LSA 6.404/76, mas que até então, não havia sofrido significativas alterações, diante da globalização e a necessidade de adaptação às normas internacionais. Assinale a legislação que iniciou esse processo relevante no nosso país:

Lei 11.634/07
 Certo Lei 11.638/07
Lei 11.637/07
Lei 11.636/07
Lei 11.635/07
Gabarito Coment.
4.
Para que a informação represente adequadamente as transações e outros eventos que ela se propõe a representar, é necessário que sejam contabilizados e apresentados de acordo com a sua substância e realidade econômica, e não meramente sua forma legal. Assinale o aspecto legal descrito por esta contextualização:

Antecedência da forma sobre a essência
 Certo Supremacia da essência sobre a forma
Hegemonia da essência sobre a classificação
Preponderância do conceito sobre as contas
Primazia da substancia sobre o formato
5.
Em se tratando de evento contábil, o que venha a ser ESSENCIA SOBRE A FORMA?

Registrar sempre o menor valor para ativo e maior para o passivo.
É a forma de mensuraração do ativo no momento de sua aquisição
É a Diferença entre o valor de registro histórico e seu valor negociado (valor no mercado)
Privilegiar a mensuração dos eventos contábeis utilizando uma base confiável, em geral, os valores descritos em contratos ou nota fiscal.
 Certo Um Principio que descreve que os eventos devem ser analisados e registrados de acordo com sua essência economica, deixando de lado sua forma jurídica.
6.
O valor da riqueza gerada pela companhia, a sua distribuição entre os elementos que contribuíram para a geração dessa riqueza está evidenciado na demonstração:

Do resultado abrangente.
Dos fluxos de caixa.
 Certo Do valor adicionado.
 Errado Do resultado do exercício.
Das mutações do patrimônio líquido.
7.
Assinale, entre as alternativas abaixo, aquela que NÃO corresponde a uma inovação decorrente das normatizações da contabilidade no Brasil.

A substituição da demonstração de origens e aplicações de recursos (DOAR) pelo demonstrativo do fluxo de caixa (DFC).
A obrigatoriedade do demonstrativo do valor adicionado (DVA)
 Errado A extinção do resultado de exercícios futuros
A criação do subgrupo intangível
 Certo A implantação do sistema público de escrituração digital (SPED).
8.
Elementos como Marcas, Patentes, softwares reconhecidos no patrimônio das empresas, a partir da edição da Lei 11.638, que promoveu alterações nas regras contábeis em vigor no País em busca da harmonização com as regras contábeis, são classificados no subgrupo do balanço patrimonial:

Ativo Não Circulante – Imobilizado
Passivo Não Circulante
 Certo Ativo Não Circulante – Intangível
Patrimônio Líquido
Ativo Não Circulante – Investimentos

 

1.
As recentes alterações na Lei das Sociedades Anônimas trouxe em seu bojo a criação de dois novos grupos. São eles:

 

intangível e ajuste de avaliação patrimonial
diferido e reservas de reavaliação
permanente e ajuste de avaliação patrimonial
diferido e intangível
permanente e lucros acumulados

 

2.
A Reserva de Incentivos Fiscais é uma reserva:

Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Capital e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que não transitam pelo resultado.
Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Lucros e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que são levados diretamente a esta conta de reserva, sem transitar pelo resultado.
Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Lucros e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que transitam pelo resultado e são então utilizadas para a formação dessa reserva.
Não há resposta correta
Apresentada no PL das empresas no subgrupo das Reservas de Capital e referem-se a valores recebidos por conta de doações e subvenções para investimentos, que transitam pelo resultado e são então utilizadas para a formação dessa Reserva de Capital.

 

3.
Os processos contábeis no Brasil foram regulamentados a partir da LSA 6.404/76, mas que até então, não havia sofrido significativas alterações, diante da globalização e a necessidade de adaptação às normas internacionais. Assinale a legislação que iniciou esse processo relevante no nosso país:

Lei 11.634/07
Lei 11.638/07
Lei 11.637/07
Lei 11.636/07
Lei 11.635/07

 

4.
Para que a informação represente adequadamente as transações e outros eventos que ela se propõe a representar, é necessário que sejam contabilizados e apresentados de acordo com a sua substância e realidade econômica, e não meramente sua forma legal. Assinale o aspecto legal descrito por esta contextualização:

Antecedência da forma sobre a essência
Supremacia da essência sobre a forma
Hegemonia da essência sobre a classificação
Preponderância do conceito sobre as contas
Primazia da substancia sobre o formato

 

5.
Em se tratando de evento contábil, o que venha a ser ESSENCIA SOBRE A FORMA?

Registrar sempre o menor valor para ativo e maior para o passivo.
É a forma de mensuraração do ativo no momento de sua aquisição
É a Diferença entre o valor de registro histórico e seu valor negociado (valor no mercado)
Privilegiar a mensuração dos eventos contábeis utilizando uma base confiável, em geral, os valores descritos em contratos ou nota fiscal.
Um Principio que descreve que os eventos devem ser analisados e registrados de acordo com sua essência economica, deixando de lado sua forma jurídica.

 

6.
O valor da riqueza gerada pela companhia, a sua distribuição entre os elementos que contribuíram para a geração dessa riqueza está evidenciado na demonstração:

Do resultado abrangente.
Dos fluxos de caixa.
Do valor adicionado.
Do resultado do exercício.
Das mutações do patrimônio líquido.

 

7.
Assinale, entre as alternativas abaixo, aquela que NÃO corresponde a uma inovação decorrente das normatizações da contabilidade no Brasil.

A substituição da demonstração de origens e aplicações de recursos (DOAR) pelo demonstrativo do fluxo de caixa (DFC).
A obrigatoriedade do demonstrativo do valor adicionado (DVA)
A extinção do resultado de exercícios futuros
A criação do subgrupo intangível
A implantação do sistema público de escrituração digital (SPED).

 

8.
Elementos como Marcas, Patentes, softwares reconhecidos no patrimônio das empresas, a partir da edição da Lei 11.638, que promoveu alterações nas regras contábeis em vigor no País em busca da harmonização com as regras contábeis, são classificados no subgrupo do balanço patrimonial:

Ativo Não Circulante – Imobilizado
Passivo Não Circulante
Ativo Não Circulante – Intangível
Patrimônio Líquido
Ativo Não Circulante – Investimentos
Anúncios