Caso do Joey O menino autista



Caso do Joey O menino autista O caso do Joey é um exemplo claro para análise de falha/ausência da função materna. Fruto de um casamento infeliz, apenas realizado como tentativa de esquecer o fracasso dos seus casamentos anteriores. A Gravidez não foi planejada e nem desejada e a mãe de Joey não teve nenhuma conexão ao bebê ( não querendo ter contato e nem amamenta-lo) O Bebê chorava muito, sentia cólica e os pais o alimenta, porém nunca brincava com ele e nem o enrolava pra dormir, de acordo com Bettelheim ele não era acolhido e nem rejeitado e sim ignorado. Com um certo tempo de sofrimento a criança começou a bater a cabeça na parede e fazer movimentos ritmicamente pra frente, para trás e para o lado Seu pai era militar e descarregava sua raiva em cima do menino Estava claro que não havia lugar para Joey na família. Com 1 ano e meio Joey e sua mão foram morar na casa de seus avós maternos, que logo perceberam algo errado com seu desenvolvimento E uma característica marcante de Joey era o seu envolvimento com máquinas e um ventilador que ganhou de aniversário Joey desenvolveu a linguagem, porém não se comunicava Na escola foi recomendado acompanhamento psiquiátrico e então foi diagnosticado como autista. Após o maternal, foi para um internato religioso onde houve regresso na fala (não usava mais pronome e nem falava mamãe) e socialização. Quando retornou para casa, seus pais já tinham dois outros filhos, um menino e uma menina, que era o encanto dos pais. Se deparou com uma realidade e harmonia familiar completamente diferente. Ele tentava falar com a mãe aos sussurros, para tentar chamar sua atenção, porém não conseguia, pois ela dedicava todos os seus cuidados a filha Tal situação foi insuportável para Joey, o que o levou a tentativa de suicídio. Quando completou 9 anos, entrou para outra escola, onde se encontrava frágil, mais baixo do que o normal e magro. Passou a sua vida rodeado de máquinas, onde se identificava sem sentimento, mecânico, e livre de tanto sofrimento. Ele próprio se via como um dispositivo mecânico, pois na casa de seus pais apenas lhe era fornecido objetos necessários ao funcionamento de seu sistema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s