HINDUÍSMO: CRENÇAS, PRÁTICAS E A CONSTRUÇÃO DA PAZ


EM AGOSTO 28, 2009 1 COMENTÁRIO

O programa “Religiões do Mundo” é uma oportunidade para aprofundar o debate sobre o papel das religiões e do diálogo inter-religioso na sociedade contemporânea. O quarto encontro do programa se realizou nesta sexta-feira, na sala 1G119, das 16h às 18h. A exibição comentada do documentário sobre Hinduísmo contou com a presença do presidente latino-americano da Sociedade Internacional Gita, Swami Krishnapriyananda Saraswati.

Imagem11

No documentário, Hans Küng nos apresenta o Hinduísmo como uma religião alegre. Traça um histórico da religião, explicando a figura de Krishna, as obrigações rituais dos fiéis e as diferenciações entre as castas.  Apontou as influências eróticas pelo tantrismo, a importância da cerimônia de celebração da morte e do fogo sagrado para a religião. “Buscar Deus em todas as coisas, mas antes de tudo em ti mesmo”, assim Küng resume um dos grandes princípios do Hinduísmo.

Após a exibição do documentário, Saraswati debateu com os participantes os principais pontos trazidos pela obra. Primeiramente deixou claro que o Hinduísmo não é composto por uma religião apenas, mas sim por milhões. O monge também comentou que houve algumas confusões entre o budismo e o hinduísmo cometidas por Küng, como por exemplo, a busca pelo Nirvana. Ao contrário dos budistas, os hindus se consideram servos do supremo e não buscam a libertação, mas sim a ação.

Além de contar algumas experiências pessoais da sua relação, como não indiano, com a religião hindu, Saraswati, que também é tradutor, ensinou algumas regras gramaticais do sânscrito, língua da Índia, com uso litúrgico no Hinduísmo, Budismo, Jainismo.

As perguntas dos participantes foram a cerca da etimologia de palavras sâncritas e da novela “Caminho das Índias”, exibida pela Rede Globo. Saraswati afirmou que a novela retrata o passado da Índia, e deixa muito a desejar em relação a divulgação da cultura indiana.

Confira abaixo o áudio em que o monge Swami Krishnapriyananda Saraswati fala sobre a participação do hinduísmo na construção da paz.

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/Lk9Cfkl-5vk" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

Logo depois foi realizado o primeiro momento gastronômico sobre as religiões, em parceria com o curso de Gastronomia da Unisinos, no Bistrô da Gastronomia. Por meio de pratos preparados com ingredientes que remetem às culturas e tradições do Judaísmo, Cristianismo, Islamismo e Hinduísmo.

Na próxima sexta-feira haverá a exibição comentada do documentário sobre Religiões Chinesas, com a presença do Mestre Adriano Jagmin D’Ávila do Centro Cultural Tao.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s