Como surgiu a religião? O que é religião?


O que é religião?

A palavra “religião” tem origem da expressão latina “religio”. Existem debates a respeito do real significado desse termo. A interpretação mais aceita afirma que a palavra significa “religar”. Essa ideia faz menção ao fato de que, por meio da religião, o homem religa-se aos deuses e ao sagrado. Existem estudiosos, porém, que sugerem que o termo significa “reeleger”.

Trazendo o conceito de religião para uma visão mais moderna, a palavra faz referência ao conjunto de crenças e visões do mundo que forma as noções de espiritualidade e de sagrado do ser humano. Sendo assim, corresponde ao conjunto de crenças que faz o ser humano acreditar na existência de uma entidade ou ser superior.

A religião é praticada pelo ser humano desde tempos antigos e era utilizada, muitas vezes, para explicar os fenômenos da natureza. Cada religião possui suas particularidades: suas histórias sagradas, seus símbolos, contos e seu próprio código de conduta. Apesar disso, os estudiosos da área conseguem identificar aproximações em diferentes religiões, como acontece no caso das maiores religiões monoteístas do mundo: judaísmo, cristianismo e islamismo.

Tipos de religião

Atualmente, existem diversas religiões no mundo, as quais podem ser classificadas em três diferentes grupos:

  • Politeístas: sistema religioso que possibilita a crença em mais de um deus.
  • Monoteístas: sistema religioso que possibilita a crença em apenas um deus.
  • Panteístas: sistema religioso que afirma que a força da natureza é a manifestação de uma divindade em si. Baseia-se, portanto, na crença em espíritos da natureza.

Além desses três tipos citados, é importante mencionar os ateístas, ou seja, pessoas que não acreditam em nenhum tipo de religião e não acreditam na existência de uma entidade ou ser superior aos humanos. O princípio básico do ateísmo é o ceticismo, isto é, o questionamento do princípio básico de toda religião: a crença no divino.

Acesse também: Entenda a diferença entre religião e seita

Religião no Brasil

Liberdade religiosa
A Constituição de 1988 garante a liberdade religiosa em nosso país.

O Brasil é, atualmente, um país que garante liberdade religiosa e de culto a todas as pessoas que residem no país. Esse princípio está presente no artigo 5º da Constituição de 1988. A legislação brasileira também garante a preservação dos lugares de culto e da liturgia de cada religião. O Brasil é também um Estado laico, isto é, teoricamente, o governo cria condições para o convívio harmônico entre as religiões e não favorece nenhuma religião específica.

Apesar de tudo isso, sabemos que há um longo caminho em nosso país para garantir a liberdade religiosa para todos os grupos, uma vez que minorias religiosas ainda sofrem preconceito e perseguição.

Segundo o censo realizado no ano de 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a distribuição religiosa em nosso país era a seguinte1:

  • Católicos: 64,6%
  • Evangélicos: 22,2%
  • Sem religião: 8%
  • Espíritas: 2%
  • Religiões de matriz africana: 0,3%
  • Outras religiões: 2,7%

Acesse também: Saiba quais as diferenças entre candomblé e umbanda

Maiores religiões do mundo

Quando o assunto são as maiores religiões do mundo, a composição muda consideravelmente. Dados disponibilizados pela CIA, a inteligência dos Estados Unidos, afirma que as maiores religiões do mundo são2: cristianismo (31,4% da população mundial), islamismo (23,2% da população mundial) e hinduísmo (15% da população mundial).

Como surgiu a religião?

A religião surgiu em algum momento entre os períodos Paleolítico e Neolítico, assim que os primeiros grupos humanos tornaram-se sedentários. As primeiras manifestações religiosas relacionavam-se com os fenômenos da natureza, ou seja, os fenômenos naturais eram entendidos como uma manifestação divina. Com o desenvolvimento da humanidade e o surgimento de novas culturas, novos tipos de religião foram surgindo em diferentes partes do planeta.

_________________
1 Para ter acesso aos dados do Censo de 2010 realizado pelo IBGE, clique aqui.
2 Os dados da CIA podem ser obtidos clicando aqui.

Por Daniel Neves Silva
Graduado em História

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s