Vergalhão de fibra de vidro: conheça as vantagens do material na construção civil


Material oferece vantagens em quesitos como segurança, qualidade e economia

Vergalhão de fibra de vidro: conheça as vantagens do material na construção civil

Os materiais de construção têm ficado cada vez melhores com os avanços da tecnologia e uma das principais evoluções é o desenvolvimento de novos compostos. A fibra de vidro é uma dessas inovações e já vêm sendo usada para substituir os vergalhões de aço como reforço de estruturas de concreto. O material oferece vantagens em quesitos como segurança, qualidade e economia, mas ainda não é tão valorizado quanto os outros tipos mais tradicionais. Porém, isto pode estar perto de mudar: descubra as aplicações da fibra de vidro e as razões que fazem do material uma alternativa na construção civil.

Como é feita a fibra de vidro?

O material é produzido pela junção de outros materiais, basicamente a partir da aglomeração de filamentos de vidro bem finos e flexíveis com resina poliéster. Esse papo de química pode ser difícil de entender, mas para os leigos no assunto, o importante aqui é que esse composto é altamente resistente. Geralmente a fibra de vidro é encontrada em tecidos trançados, mantas prensadas e fitas. Na construção civil, é usada para cumprir a função do ferro no concreto armado, mas sem abrir mão da resistência e durabilidade.

Vergalhão de fibra de vidro conheça as vantagens do material na construção civil

Benefícios do uso do material em construções

Para início de conversa, os vergalhões feito em fibra de vidro são resistentes a choques, tração e flexão. Isso por si só já deveria servir de credencial para o material ser mais valorizado na hora de desenvolver um projeto de engenharia. Mas em termos práticos, o que essas vantagens podem significar?

A fibra pode ser até 30% mais leve do que o aço. Além disso, o filamento de vidro traz uma resistência mais alta do que o tradicional material usado para fazer os vergalhões. Leveza e força mecânica, combinação perfeita para produzir compostos de alto desempenho. Mas ainda existe outro fator nessa equação: a segurança. Por ter baixa condutividade térmica, permite diminuir a transmissão de calor e qualquer dilatação. Da mesma forma, também é um excelente isolante elétrico – até mesmo em pequenas espessuras. Para completar, por ser um mineral, a fibra não é combustível, ou seja, praticamente anula os riscos de incêndios.

Uma vez que o vidro contribui para a resistência física do vergalhão, as resinas usadas na fabricação agregam valor químico, que garante durabilidade. A fibra não deteriora, assim como não apodrece, o que reduz os gastos com manutenção. Fora isso, ainda demandam menor custo de mão de obra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s