Suitability


As Instituições Participantes, no exercício da atividade de Distribuição de Produtos de
Investimento, não podem recomendar Produtos de Investimento, realizar operações ou
prestar serviços sem que verifiquem sua adequação ao perfil do investidor.
As Instituições Participantes devem implementar e manter, em documento escrito, regras
e procedimentos que possibilitem verificar a adequação dos Produtos de Investimento ao
perfil dos investidores (“Suitability”), devendo conter, no mínimo:
I. Coleta de informações: descrição detalhada do mecanismo de coleta das informações
junto ao investidor para definição de perfil;

II. Classificação do perfil: descrição detalhada dos critérios utilizados para a classificação
de perfil do investidor, devendo ser observadas as características de classificação
para cada perfil, conforme Diretriz ANBIMA de Suitability;
III. Classificação dos Produtos de Investimento: descrição detalhada dos critérios
utilizados para a classificação de cada Produto de Investimento;
IV. Comunicação com o investidor: descrição detalhada dos meios, forma e periodicidade
de comunicação utilizada entre a Instituição Participante e o investidor para:
i. Divulgação do seu perfil de risco após coleta das informações;
ii. Divulgação referente ao desenquadramento identificado entre o perfil do investidor
e seus investimentos, a ser efetuada sempre que verificado o desenquadramento;
V. Procedimento operacional: descrição detalhada dos procedimentos utilizados para
a aferição periódica entre o perfil do investidor e seus investimentos;
VI. Atualização do perfil do investidor: descrição detalhada dos critérios utilizados
para atualização do perfil do investidor, incluindo a forma como a Instituição
Participante dará ciência desta atualização;
VII. Controles internos: descrição detalhada dos controles internos e mecanismos adotados
pela Instituição Participante para o processo de Suitability com o objetivo de
assegurar a efetividade dos procedimentos estabelecidos pela instituição.
A verificação do perfil do investidor não será aplicada nas exceções previstas na Regulação
vigente. A Instituição Participante é responsável pelo Suitability de seus investidores.

A coleta de informações do investidor deve possibilitar a definição de:
⯀ seu objetivo de investimento;
⯀ sua situação financeira;
⯀ seu conhecimento em matéria de investimentos, fornecendo informações suficientes
para permitir a definição do perfil de cada investidor.
Para definição do objetivo de investimento do investidor, a Instituição Participante deve
considerar, no mínimo, as seguintes informações:
I. Período em que será mantido o investimento;
II. As preferências declaradas quanto à assunção de riscos;
III. As finalidades do investimento

Para definição da situação financeira do investidor, a Instituição Participante deve considerar,
no mínimo, as seguintes informações:
I. O valor das receitas regulares declaradas;
II. O valor e os ativos que compõem seu patrimônio;
III. A necessidade futura de recursos declarada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s