SIMULADO ANBIMA p 233


As questões abaixo não têm a intenção de replicar uma prova, mas sim de testar seu
conhecimento de uma maneira abrangente. Ter um bom desempenho neste simulado
não significa, necessariamente, ter um bom desempenho na prova.
1. Conferem direito a voto nas assembleias de acionistas as ações:
A. Preferenciais;
B. Ordinárias;
C. Subordinadas;
D. Garantidas.
2. A prioridade no recebimento dos dividendos distribuídos por uma empresa é
característica das ações:
A. Preferenciais;
B. Ordinárias;
C. Subordinadas;
D. Garantidas.

3. Em uma companhia, os lucros retidos em exercícios anteriores podem ser
distribuídos por meio de:
A. Dividendos;
B. Bônus de subscrição;
C. Ações;
D. Juros sobre capital próprio.
4. Em uma operação com ações, os emolumentos são despesas cobradas:
A. Pelo agente fiduciário;
B. Pela corretora;
C. Pelo custodiante;
D. Pela bolsa de valores.

5. O rendimento obtido com ações nas operações no mercado à vista e nas operações
de day trade é tributado pelo imposto de renda às alíquotas, respectivamente, de:
A. 15% e 20%;
B. 17,5% e 22,5%;
C. 15% e 27,5%;
D. 17,5% e 25%.
6. Letras de Crédito Imobiliário (LCI) podem ser emitidas por:
A. Bancos comerciais e bancos múltiplos com carteira de crédito imobiliário;
B. Bancos comerciais e companhias securitizadoras;
C. Sociedades de crédito, financiamento e investimento e companhias hipotecárias;
D. Sociedades de crédito, financiamento e investimento e companhias securitizadoras.
7. Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) podem ser emitidas por:
A. Bancos de investimento;
B. Companhias securitizadoras;
C. Empresas do setor agropecuário;
D. Usinas de açúcar e álcool.

8. As perdas que o titular de uma opção está sujeito podem ser:
A. De até o valor máximo de uma ação, R$ 100,00;
B. O valor pago a título de prêmio da opção;
C. O titular não perde dinheiro na opção por está fazendo um hedge;
D. Não existe limite para um eventual prejuízo para o titular de uma opção.
9. O prazo mínimo de vencimento de Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de
Crédito do Agronegócio (LCA) é de:
A. 30 dias;
B. 60 dias;
C. 90 dias;
D. 120 dias.

10. São isentos do imposto de renda sobre os rendimentos das Letras de Crédito
Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) as:
A. Pessoas Físicas;
B. Pessoas Jurídicas;
C. Pessoas Físicas e Jurídicas;
D. Pessoas Físicas, Pessoas Jurídicas e instituições financeiras.
11. Certificado de Depósito Bancário (CDB) é:
A. Um depósito à vista que representa um ativo da instituição emissora;
B. Um depósito à vista que representa um passivo da instituição emissora;
C. Um depósito a prazo que representa um ativo da instituição emissora;
D. Um depósito a prazo que representa um passivo da instituição emissora.
12. O Fundo Garantidor de Créditos (FGC) oferece garantia para o investimento
em Certificados de Depósito Bancário (CDB) de um mesmo conglomerado
financeiro até o limite de:
A. R$ 250.000,00 por cada Pessoa Física, apenas;
B. R$ 250.000,00 por cada Pessoa Física ou Jurídica;
C. R$ 300.000,00 por cada Pessoa Física, apenas;
D. R$ 300.000,00 por cada Pessoa Física ou Jurídica

13. Um investidor investiu em um COE que aplica em ações de empresas americanas
com data de observação a cada semestre e vencimento em 2 anos. Na primeira
observação, em 180 dias, o resultado foi positivo, e o investidor obteve lucro de
R$ 1.000,00. Com base nessa informação, qual seria o IR a ser recolhido na fonte?
A. R$ 225,00;
B. R$ 175,00;
C. R$ 200,00;
D. R$ 150,00.

14. Um Certificado de Depósito Bancário (CDB) resgatado após 200 dias corridos de
aplicação terá seus rendimentos tributados à alíquota de:
A. 15,00%;
B. 17,50%;
C. 20,00%;
D. 22,50%.
15. Considerando os tipos de garantias e as espécies das debêntures, corre maior
risco de crédito o investidor que adquirir títulos:
A. Com garantia real;
B. Com garantia flutuante;
C. Da espécie quirografária;
D. Da espécie subordinada.
16. Uma Nota do Tesouro Nacional Série B (NTN-B) tem o seu valor nominal atualizado:
A. Pelo Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M);
B. Pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA);
C. Pela Taxa Selic;
D. Pela Taxa DI.
17. A Letra Financeira do Tesouro (LFT) remunera os investidores com juros:
A. Semestrais, com base na Taxa DI;
B. Semestrais, com base na Taxa Selic;
C. No vencimento, com base na Taxa DI;
D. No vencimento, com base na Taxa Selic.

18. No Tesouro Direto, desde que respeitada a regra do valor mínimo de R$ 30,00,
um investidor pode adquirir fração mínima igual a:
A. 0,01 título;
B. 0,05 título;
C. 0,10 título;
D. 0,20 título.
19. Uma empresa Brasileira compra uma opção de venda (PUT) de dólar com
vencimento em 90 dias. Nesse caso, o cenário mais provável é:
A. Que essa empresa tenha uma dívida em dólar para quitar em 90 dias;
B. Que essa empresa tenha um recebimento em dólar em 90 dias;
C. Que essa empresa está apostando na alta do dólar em 90 dias;
D. Que essa empresa precisa comprar uma máquina importada em 90 dias.
20. No Tesouro Direto, a Letra do Tesouro Nacional recebe a nomenclatura de:
A. Tesouro Selic;
B. Tesouro IPCA+;
C. Tesouro Prefixado;
D. Tesouro Prefixado com Juros Semestrais.

21. A caderneta de poupança oferece remuneração atrelada:
A. À uma taxa fixa;
B. À Taxa DI;
C. À Taxa Referencial;
D. À inflação.
22. Seu cliente, um investidor qualificado, quer investir em DPGE e questiona sobre
a garantia desse título. Você informa que:
A. O DPGE é um título que conta com garantia ilimitada do FGC;
B. O DPGE é um título que conta com garantia do FGC de até R$ 250.00,00 por CPF;
C. O DPGE é um título que conta com garantia do FGC de até R$ 20.000.000,00 por CPF;
D. O DPGE é um título que não conta com a garantia do FGC.

23. No processo de oferta pública de debêntures, a instituição nomeada para defender
os interesses dos debenturistas é:
A. Banco Coordenador;
B. Ofertante;
C. Agente Fiduciário;
D. CVM.
24. Essa característica presente nos mercados futuros não se aplica a outros
contratos de derivativos:
A. Possibilidade de fazer hedge de uma posição;
B. Ajustes diários;
C. Possibilidade de fazer uma alavancagem;
D. Registro da operação na clearing da B3.
25. Um cliente de uma distribuidora comprou CRI e tem dúvidas sobre as garantias
deste título. Você, como consultor financeiro, informa que:
A. O CRI é um título que tem garantia do FGC e garantia real;
B. O CRI é um título garantido pelo banco emissor;
C. O CRI tem garantia real que está vinculada a carteira de crédito imobiliário
que dá lastro ao certificado;
D. O CRI tem risco zero pois conta com a garantia real.

26. Em uma operação compromissada, a instituição financeira:
A. Compra um título do investidor, com o compromisso de revenda;
B. Vende um título para o investidor, com o compromisso de recompra;
C. Compra um título do investidor, com o compromisso de não revendê-lo;
D. Vende um título para o investidor, com o compromisso de não recomprá-lo.

27. Os rendimentos obtidos em uma operação compromissada com prazo de 500
dias corridos serão tributados pelo imposto de renda à alíquota de:
A. 15%;
B. 17,5%;
C. 20%;
D. 22,5%.
28. A análise técnica de precificação de ações utiliza como parâmetro para determinar
o preço de uma ação:
A. O comportamento histórico do preço desse ativo;
B. O balanço patrimonial da empresa;
C. Sua capacidade de geração de caixa para valorização;
D. A quantidade de negócios realizados no dia da negociação.

29. Seu cliente investiu em uma LF do seu banco que paga cupom semestral. Ao
questioná-lo sobre a dinâmica do IR neste título, sua resposta é:
A. O IR será retido somente no vencimento do título à alíquota de 15%;
B. O IR será retido na fonte a cada pagamento de cupom e a alíquota vai variar de
acordo com o prazo de pagamento de cada cupom;
C. O Investidor PF que investe em LF está isento de IR;
D. O IR varia conforme o prazo de permanência e é recolhido pelo próprio investidor via DARF.
30. O investidor que deseja se proteger da queda de preços do dólar e deseja fazer
um hedge com opções deve:
A. Comprar uma opção de compra de dólar;
B. Vender uma opção de compra de dólar;
C. Comprar uma opção de venda de dólar;
D. Vender uma opção de venda de dólar.

GABARITO
1. B. Justificativa: As ações ordinárias dão a seus detentores o direito a voto nas
assembleias de acionistas, diferentemente do que ocorre com as ações preferenciais.
2. A. Justificativa: As ações preferenciais têm prioridade no recebimento dos dividendos
distribuídos por uma companhia em relação às ações ordinárias.
3. D. Justificativa: Os juros sobre capital próprio são pagos pela companhia com base na
existência de lucros retidos em exercícios anteriores, diferentemente dos dividendos,
que são pagos com base na existência de lucro no exercício atual.
4. D. Justificativa: Os emolumentos são taxas cobradas pela bolsa de valores nas
operações que são registradas em seus sistemas, incluindo aquelas envolvendo ações.
5. A. Justificativa: No mercado à vista, o rendimento com ações é tributado à alíquota de
imposto de renda 15%. No caso de day trade, a alíquota de imposto de renda é de 20%.
6. A. Justificativa: As LCIs podem ser emitidas por bancos comerciais, bancos múltiplos
com carteira de crédito imobiliário, Caixa Econômica Federal, sociedades de crédito
imobiliário, associações de poupança e empréstimo, companhias hipotecárias e outras
instituições que venham a ser autorizadas pelo Banco Central do Brasil para isso.
7. A. Justificativa: Letras de Crédito do Agronegócio podem ser emitidas apenas por
instituições financeiras. Companhias securitizadoras, empresas do setor agropecuário
e usinas de açúcar e álcool não são instituições financeiras.

8. B. Justificativa: A perda máxima que o um titular de uma opção pode sofrer está
limitada ao valor do prêmio pago, pois, se a opção não for exercida, o valor que foi
pago de prêmio não retorna ao titular
9. C. Justificativa: De acordo com a norma vigente, o prazo mínimo de vencimento
para LCI e LCA é de 90 dias.
10. A. Justificativa: As Pessoas Físicas são isentas do imposto de renda sobre os
rendimentos auferidos com LCI e LCA.
11. D. Justificativa: O CDB é um depósito a prazo que representa uma dívida da instituição
emissora para com o investidor, ou seja, é um passivo do emissor (instituição financeira).
12. B. Justificativa: O FGC oferece garantia de até R$ 250.000,00 para Pessoas Físicas
e Jurídicas nas aplicações em papéis emitidos por um mesmo conglomerado
financeiro, até o limite global de R$ 1.000.000,00 para um mesmo investidor em
um período de quatro anos.

13. A. Justificativa: O COE apesar de poder investir em instrumentos de renda variável
é um instrumento que tem taxa e prazo previamente conhecido no momento da
contratação. Por isso, o IR do COE será sempre conforme a tabela regressiva de IR.
Neste caso, como o investidor ficou 180 dias vai pagar 22,5% de IR.
14. C. Justificativa: Conforme a tabela regressiva de imposto de renda sobre aplicações
de renda fixa, o prazo de 200 dias corridos encontra-se na segunda faixa de tributação
(181 a 360 dias), cuja alíquota é de 20%.
15. D. Justificativa: Em caso de inadimplência por parte de uma companhia emissora,
as debêntures da espécie subordinada somente recebem algum valor após a
distribuição de valores para as debêntures com garantia real e flutuante e as
debêntures da espécie quirografária (entre outros créditos). Assim, o risco de
crédito é maior para os títulos subordinados.
16. B. Justificativa: O valor nominal da NTN-B é atualizado pelo IPCA.
17. D. Justificativa: A LFT não faz pagamentos de juros periódicos, mas sim no vencimento,
com base na Taxa Selic do período.
18. A. Justificativa: O Tesouro Direto permite a aquisição de 0,01 título (ou seja, um
centésimo de título), desde que o valor seja igual ou superior a R$ 30,00.
19. B. Justificativa: Quando um investidor – nesse caso, uma empresa – procura vender
algo antecipadamente, é provável que esse player esteja apostando na queda do
preço desse ativo. Para uma empresa que tem um valor em dólar a receber, sua
preocupação é que o dólar se desvalorize frente ao Real. Para isso, é importante
fazer um hedge dessa posição vendendo antecipadamente os dólares, nesse caso,
comprando uma opção de venda de dólar.
20. C. Justificativa: No Tesouro Direto, a LTN recebe a nomenclatura de Tesouro Prefixado.
21. C. Justificativa: A remuneração da caderneta de poupança é atrelada à Taxa Referencial
(TR).
22. C. Justificativa: O DPGE é um título que conta com uma garantia especial do FGC.
Essa garantia é limitada a R$ 20.000,00 por CPF e depende da alienação fiduciária
de uma garantia oferecida pelo banco ao FGC.
23. C. Justificativa: O Agente Fiduciário é a instituição nomeada para representar os
interesses dos debenturistas junto ao emissor da debênture.
24. B. Justificativa: O contrato Futuro é o único contrato de derivativos cujo o ajuste das
diferenças de preço é feito diariamente via ajustes diários.

25. C. Justificativa: O CRI é um título que conta com garantia real (apenas). Essa garantia
é o lastro que é oferecido pelo banco que vende sua carteira para a securitizadora.
26. B. Justificativa: Em uma operação compromissada, a instituição financeira vende para
o investidor um título de renda fixa, com o compromisso de recomprá-lo a qualquer
momento ou ao final do prazo de aplicação acordado entre a instituição e o investidor.
27. B. Justificativa: Conforme a tabela regressiva de imposto de renda sobre aplicações
de renda fixa, o prazo de 500 dias corridos encontra-se na terceira faixa de tributação
(361 a 720 dias), cuja alíquota é de 17,5%.
28. A. Justificativa: A análise técnica de ações utiliza os gráficos com o histórico de preços
para prever o preço futuro do ativo.
29. B. Justificativa: Os títulos de renda fixa que pagam cupom aos investidores retém
o IR no pagamento do cupom, e a alíquota a ser recolhida vai depender do prazo de
pagamento dos cupons.
30. C. Justificativa: Se o investidor quer se proteger contra a queda de preços de um
ativo, deve vender esse ativo antecipadamente. Para o mercado de opções, ele precisa
ter o direito de vender esse ativo com um preço previamente acordado. Para ter o
direito, ele precisa adquirir – assim, precisa comprar uma opção de venda de dólar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s