Private


O serviço de Private, para fins deste Código, compreende:
I. A Distribuição de Produtos de Investimento para os investidores que tenham capacidade
financeira de, no mínimo, três milhões de reais, individual ou coletivamente;
II. A prestação dos seguintes serviços:
i. Proposta de portfólio de produtos e serviços exclusivos; e/ou
ii. Planejamento financeiro, incluindo, mas não se limitando a:
a. Análises e soluções financeiras e de investimentos específicas para cada
investidor, observada a Regulação aplicável;
b. Constituição de Veículos de Investimento, que podem ser exclusivos,
reservados e personalizados segundo as necessidades e o perfil de cada
investidor, em parceria com administradores fiduciários e/ou gestores
de recursos de terceiros.
As instituições Participantes podem oferecer a seus investidores:

As instituições Participantes podem oferecer a seus investidores:
I. Planejamento fiscal, tributário e sucessório, que deve ser desempenhado por profissional
tecnicamente capacitado para esse serviço;
II. Planejamento previdenciário e de seguros, que deve ser desempenhado em parceria
com sociedade seguradora para a constituição de Fundos Previdenciários
personalizados segundo as necessidades e o perfil de cada investidor, assim como
análises e propostas de seguros, de forma geral;
III. Elaboração de relatórios de consolidação de investimentos detidos em outras instituições,
que permitam uma análise crítica em relação às posições, concentração
de ativos, risco do portfólio, entre outros aspectos.

As Instituições Participantes, quando da prestação do serviço de Private, devem possuir
contrato contendo, no mínimo:
I. Descrição dos serviços contratados;
II. Descrição da forma de remuneração, incluindo os casos de múltipla remuneração
pela aquisição e manutenção dos investimentos;
III. Indicação de quem prestará o serviço (se a própria instituição ou terceiro por
ela contratado);
IV. Descrição da prestação de informações para o investidor, com a respectiva periodicidade;
V. Cláusula prevendo a responsabilidade do terceiro contratado para a prestação dos
serviços, quando for o caso.
A Instituição Participante que oferecer para seus investidores o serviço de Private deve
possuir em sua estrutura:

I. Setenta e cinco por cento (75%) de seus gerentes de relacionamento certificados
CFP®, devendo estes profissionais ser funcionários das Instituições Participantes
e exercerem suas funções exclusivamente para o Private;
II. Profissional ou área responsável pela atividade de Estrategista de Investimentos,
devendo o profissional que atue nesta atividade ser certificado pela Planejar –
Certified Financial Planner (“CFP®”), ou, pela ANBIMA – Certificação de Gestores
ANBIMA (“CGA”), ou, pelo CFA Institute – Chartered Financial Analyst (“CFA”), ou,
ainda, possuir autorização da Comissão de Valores Mobiliários para o exercício da
atividade de administração de carteira de valores mobiliários;
III. Profissional responsável pela análise de risco de mercado e de crédito dos Produtos
de Investimento recomendados aos investidores;
IV. Economista.

Não é necessária dedicação exclusiva dos profissionais citados anteriormente para o serviço
de Private, desde que as outras atividades ou funções desempenhadas não gerem
conflito de interesses com o referido serviço.
As Instituições Participantes que decidirem prestar o serviço de Private a seus investidores
devem, previamente ao início da prestação, informar à ANBIMA que passarão a prestar
esse serviço e demonstrar que cumpriram com as exigências previstas neste capítulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s