Mercado de opções


É um contrato que dá a seu detentor ou comprador o direito, mas não o dever, de comprar,
se for uma opção de compra, ou vender, se for uma opção de venda, determinado ativo
objeto pelo preço de exercício.
O lançador da opção (ou vendedor) tem a obrigação de vender – no caso de uma opção
de compra – ou de comprar – no caso de opção de venda – o ativo objeto do contrato pelo
preço de exercício se solicitado pelo titular da opção.
Vamos entender, primeiro, alguns termos do mercado de opções

⯀ Ativo objeto: ativo que dá origem à negociação de opção;
⯀ Call: opção de compra;
⯀ Put: opção de venda;
⯀ Lançador: player que vende a opção no mercado financeiro;
⯀ Titular de opção: player que compra a opção no mercado e, portanto, tem o
direito de exercer a operação;
⯀ Prêmio: preço de negociação, por ação objeto, de uma opção de compra ou venda
pago pelo comprador de uma opção;
⯀ Exercício de opções: operação pela qual o titular de uma operação exerce seu direito
de comprar o lote de ações objeto, ao preço de exercício;
⯀ Opção Americana: opção que pode ser liquidada durante a vigência do contrato,
a qualquer momento;
⯀ Opção Européia: opção que pode ser liquidada apenas na data de vencimento
do contrato de opções;
⯀ Strike: preço de exercício da opção;
⯀ In the Money: situação onde exercer uma opção representa lucro para seu titular;
⯀ Out the Money: situação onde exercer uma opção representa prejuízo do seu titular;
⯀ At the Money: situação onde exercer uma opção não representa lucro nem prejuízo.
Agora que vimos todos os termos desse mercado, vamos “montar” uma operação com
opções para facilitar seu aprendizado.

Imagine que seu cliente tenha, em sua carteira, ações da T2 Educação que foram compradas
por R$ 20,00. Ele gostaria de “travar” o preço de sua ação a R$ 21,00 para que não perca
dinheiro em caso de desvalorização do papel. O que esse cliente precisa fazer? Comprar
uma call? Uma put? Pagar ou receber o prêmio?
Esse cliente quer ter a opção de vender sua ação da T2 a R$ 21,00 daqui a 3 meses. Se ele
quer vender, então ele deve comprar uma put (opção de venda) que lhe conferirá o direito
de vender essa ação a R$ 21,00.
Por essa opção, ele pagará um prêmio, que é considerado a perda máxima nesse mercado.
Vamos assumir que o prêmio pago por essa opção seja de um R$ 1,00. Assim, teremos no
quadro abaixo o resultado da operação, conforme os cenários:

Strike (a) Prêmio (b) Preço de
Mercado (c)
Exerce (d) Resultado (e)
1 R$ 21,00 R$ 1,00 – Sim R$ 20,00
2 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 1,00 Sim R$ 19,00
3 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 15,00 Sim R$ 5,00
4 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 20,00 Sim –
5 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 21,00 Sim/Não R$ (1,00)
6 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 22,00 Não R$ (1,00)
7 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 25,00 Não R$ 1,00
8 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 30,00 Não R$ (1,00)

Antes explicar o cenário, vamos entender cada uma das colunas:
⯀ Coluna a: indica o preço de exercício da opção de venda;
⯀ Coluna b: indica o valor que foi pago de prêmio pelo titular da opção;
⯀ Coluna c: indica o preço que o ativo objeto está sendo cotado no mercado à vista
no dia do vencimento da opção;
⯀ Coluna d: indica se o titular vai exercer ou não a opção com base no valor de negociação;
⯀ Coluna e: indica o resultado financeiro que o titular terá a depender do preço de mercado.
Agora, vamos entender melhor esse quadro. O investidor que comprou essa opção pagou R$ 1,00
para ter o direito (opção) de vender a ação da T2 por R$ 21,00, independente do preço de mercado.

Na primeira linha, as ações da empresa desvalorizam e chegaram ao mercado com preço
zerado. Pergunto: você venderia por R$ 21,00 algo que vale nada? Creio que sim, certo? Desse
modo, você teria de lucro R$ 20,00 (o valor da venda menos o valor pago como prêmio).
Na segunda linha, as ações da empresa desvalorizam e chegaram ao mercado com preço
de R$ 1,00. Pergunto: você venderia por R$ 21,00 algo que vale R$ 1,00? Creio que sim. Desse
jeito, você teria de lucro R$ 19,00. (o valor da venda menos o valor pago como prêmio).
Se seguirmos essa análise, linha após linha, vamos notar que sempre que o preço do ativo
objeto no mercado estiver cotado a um preço abaixo do strike, será vantajoso para o titular
exercer a opção. Quando o preço estiver acima do preço de exercício, não será vantajoso
exercer a opção e o investidor terá um prejuízo de R$ 1,00 (o valor pago pelo prêmio).
Se faz necessário observarmos algo importante na linha 5: nesse ponto, o ativo estava custando
R$ 21,00 no mercado. Se o investidor exercer ou não exercer, terá prejuízo de R$ 1,00.

Em resumo: o investidor que compra uma opção de venda está apostando na
queda do preço do ativo.
Agora imaginemos que você, de olho na valorização eminente das ações da T2, queira
comprar opções para ter um lucro com a compra. Nesse caso, você compraria uma call
(opção de compra). Assim, teremos o quadro abaixo com os seguintes cenários:

Strike (a) Prêmio (b) Preço de Mercado (c) Exerce (d) Resultado (e)
1 R$ 21,00 R$ 1,00 – Sim R$ (1,00)
2 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 1,00 Sim R$ (1,00)
3 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 15,00 Sim R$ (1,00)
4 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 20,00 Sim R$ (1,00)
5 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 21,00 Sim/Não R$ (1,00)
6 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 22,00 Não –
7 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 25,00 Não R$ 3,00
8 R$ 21,00 R$ 1,00 R$ 30,00 Não R$ 8,00

Se você comparar as duas tabelas, vai notar que, quando o preço da ação cai no mercado,
não vale comprar por R$ 21,00 algo que vale mais do que isso.
Vamos analisar a linha 3: você compraria por R$ 21,00 algo que vale, no mercado, R$
15,00? Provavelmente não. Assim, você teria um prejuízo de R$ 1,00, que é o valor que
você pagou de prêmio.
Agora, se analisarmos a linha 8, temos o seguinte: você compraria por R$ 21,00 algo que
vale R$ 30,00 no mercado? Provavelmente sim. Nesse caso, seu lucro seria de R$ 8,00.
Alguns pontos importantes sobre o mercado de opções:
⯀ O titular de uma opção tem, como perda máxima da operação, o prêmio que
ele pagou pela opção;
⯀ O lançador de uma opção tem, como lucro máximo da operação, o prêmio que
ele recebeu pela opção;
⯀ O titular pagou o prêmio e, por isso, tem o direito de exercer a opção;
⯀ O lançador recebeu o prêmio e, por isso, tem obrigação de comprar ou vender, se for exercido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s