Bolsa de Valores: B3 S.A. (Brasil, Bolsa e Balcão)


Bolsa de Valores: B3 S.A.
A B3 (Brasil, Bolsa e Balcão, fusão da BM&FBovespa com a Cetip) é uma das principais
empresas de infraestrutura de mercado financeiro no mundo, com atuação em
ambiente de bolsa e de balcão.
Suas atividades incluem criação e administração de sistemas de negociação, compensação,
liquidação, depósito e registro para todas as principais classes de ativos, desde
ações e títulos de renda fixa corporativa até derivativos de moedas, operações estruturadas
e taxas de juro e de commodities.
A B3 também opera como contraparte central garantidora para a maior parte das operações
realizadas em seus mercados e oferta serviços de central depositária e de central de registro.
As negociações na bolsa de valores são feitas por meio de instituições habilitadas, ou seja,
o investidor não pode acessar o ambiente de negociação da bolsa a não ser por meio de
uma instituição financeira habilitada.

Na B3 negocia-se, entre outras coisas:
⯀ ações de empresas sociedades anônimas;
⯀ derivativos (contratos que derivam de um outro ativo, podendo ser esse outro ativo
ações, commodities, moedas e taxas);
⯀ cotas de fundos de investimentos;

Vamos falar agora sobre as instituições habilitadas para operar no ambiente da bolsa, as
sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários.
Corretoras e Distribuidoras
As Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários (CTVMs) e as Distribuidoras de Títulos e
Valores Mobiliários (DTVMs) são instituições financeiras que têm como atividade principal
ou acessória a intermediação de operações nos mercados regulamentados de valores
mobiliários, como é o caso dos mercados de bolsa e de balcão (organizado ou não).
Esse serviço consiste na execução de ordens de compra e de venda de valores mobiliários
para seus clientes, mas também podem se incluir, entre as atividades por elas oferecidas:
⯀ a disponibilização de informações de análise de investimentos;
⯀ a administração de carteiras de valores mobiliários (inclusive fundos de investimentos); e
⯀ a prestação de serviços de custódia e outras (algumas dessas atividades dependem
de autorizações específicas).
É importante destacar que a competência da CVM em relação às CTVMs e DTVMs está
limitada ao que prevê a Lei 6.385/76, ou seja, às operações com valores mobiliários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s