Conheça os 5 tipos de freelancers


Se você é novo no universo freelancer, você pode se sentir um pouco confuso sobre os arranjos e tipos de trabalho que os freelancers fazem.

Se você já atua como nessa modalidade, talvez você goste muito, mas ainda assim, sinta-se um pouco solitário na sua escolha de carreira.

De qualquer forma, esse conjunto dos cinco tipos de freelancers pode ajudar a colocar a sua carreira em perspectiva.

Essa informação vem desse infográfico da Line2, que também inclui a estatística um pouco surpreendente de que há 53 milhões de trabalhadores freelancers nos Estados Unidos – um em cada três trabalhadores dos EUA!

Vamos conhecer os 5 perfis de freelancer?

Contratante independente
Essa modalidade enquadra qualquer trabalhador que não tenha um empregador específico.

Exemplo: um escritor que tenha um contrato para produzir planos de currículo para um site educacional e outro contrato com outra entidade para escrever um artigo por mês para uma revista local. Eles também podem ter outros projetos semelhantes de curto prazo. Este escritor acumula renda de vários contratos, projetos e fontes diferentes, e esses diferentes pagamentos são geralmente a extensão total de sua renda.

Freela
Esses freelancers têm um emprego estável (talvez um trabalho diário) e, em seguida, complementam sua renda com outro trabalho independente ao lado.

Exemplo: um professor que trabalha em uma escola durante todo o dia e produz planos curriculares à noite para uma editora educacional. Sua renda principal é de seu trabalho como professora, mas seu trabalho como freelancer a complementa.

Trabalhadores Diversificados
Esses trabalhadores têm um mix de renda. Eles diferem dos moonlighters em que a mistura é mais diversificada do que simplesmente um trabalho “regular” complementado por um projeto contratado.

Exemplo: Anna é uma professora substituta que trabalha de plantão. Ela também passa três pernoites por mês como cuidadora em um lar adotivo. Além disso, ela assume vários projetos de escrita, especializada em escrever para blogs de justiça social e de cuidados infantis.

Trabalhadores temporários
Esses trabalhadores têm projetos com um período de tempo finito.

Exemplo: Casey deixou seu emprego tradicional para se tornar escritora freelancer, mas imediatamente teve a oportunidade de contratar uma editora para escrever um livro-texto. Este foi um trabalho de um ano no qual ela foi paga como funcionária regularmente, mas não era esperado que ultrapassasse o período de um ano e, portanto, considerava o trabalho um pouco “freelance”.

Proprietários de empresas
O infográfico observa que esses trabalhadores se consideram freelancers, mas têm funcionários. Este é um arranjo um pouco mais formal de freelancing.

Exemplo: Eu trabalho como redatora e freelancer para pequenas empresas. Eu tenho duas pessoas que trabalham na criação de campanhas de email marketing e anúncios que eu pago regularmente, mas eu ainda me considero freelancer, já que não estou comprometida com nenhum empregador.

Fonte: https://www.thebalancesmb.com/types-of-freelancers-1360230

Tradução livre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s