Qualcomm apresenta processadores para PCs de entrada, mainstream e topo de linha


Rafael Rigues, editado por Maria Lutfi 05/12/2019 19h12
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Produtos prometem longa duração da bateria, maior desempenho em IA e conectividade rápida em máquinas finas, leves, sempre ligadas e conectadas

Qualcomm anunciou nesta quinta-feira (5), durante o Snapdragon Tech Summit, na ilha da Maui no Havaí, uma nova linha de processadores para computadores portáteis que promete levar aos notebooks características que são mais comuns em smartphones, como longa autonomia de bateria com baixo consumo de energia, gráficos poderosos e sofisticados recursos de inteligência artificial, em designs finos e leves.

Segundo Miguel Nunes, diretor sênior de produtos da Qualcomm, notebooks e híbridos atuais mal atendem à definição de “PCs portáteis”, pois são grossos, pesados, tem conectividade limitada (geralmente somente Wi-Fi), não tem recursos de IA e são quentes, exigindo ventiladores barulhentos (e nem sempre eficientes) para refrigeração.

Além disso, a autonomia de bateria de um portátil deveria ser medida em “dias”, e não “horas”. O objetivo da Qualcomm com seus novos produtos é “redefinir a computação móvel”, trazendo para o mercado PCs sempre ligados e conectados.

O portfolio é composto por três produtos, os SoC (System on a Chip – Sistema em um Chip) Snapdragon 7c, para portáteis de entrada, 8c para máquinas “mainstream” de maior apelo e o já existente 8cx, para sistemas de alto desempenho, que também conta com uma versão otimizada para as necessidades do mercado corporativo.

Reprodução

A plataforma Snapdragon 7c promete até o dobro da autonomia de bateria de plataformas concorrentes, com desempenho 25% superior e conectividade 4G integrada através do modem Snapdragon X15 LTE. Ela é baseada em uma CPU Octa-core Kryo 468 e GPU Adreno 618. A Qualcomm AI Engine integrada oferece recursos sofisticados de IA, com consumo de energia em operações de inteligência artificial até 50 vezes menor do que nas plataformas atuais.

Já o Snapdragon 8c, construído em um processo de 7 nm, promete desempenho até 30% superior ao do Snapdragon 850 em sistemas ultra-finos e sem ventiladores, otimizados para uso geral. A conectividade fica a cargo do modem LTE Snapdragon X24 integrado e a AI Engine é 20% mais rápida que a do 7c, chegando a 6 TOPS (Trilhões de Operações por Segundo).

Reprodução

Segundo a Qualcomm, suas novas plataformas são otimizadas para rodar o Windows 10 e tem solução LTE pré-certificada com operadoras de todo o mundo, o que reduz os custos de desenvolvimento de produtos e acelera sua comercialização.

Empresas como a Samsung, Lenovo e a própria Microsoft (com o Surface X) já tem máquinas baseadas em processadores Qualcomm, e devem adotar os novos chips em futuros produtos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s