Lançamento de um produto no mercado: Analise para investir!


Toda grande empresa começa com uma boa ideia. Porém, o lançamento de um produto no mercado vai além dessa ideia- análises e estudos são essenciais para garantir seu sucesso. Logo, um bom estudo antes de investir pode ser o diferencial entre perder muito dinheiro e conseguir um negócio de sucesso.

Segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), 1 a cada 4 empresas fecham antes de completar dois anos de existência no mercado. Essa estatística mostra a importância do planejamento e do conhecimento ao se lançar um produto. Existe muito material disponível na internet que pode o auxiliar nos estudos necessários, como esse, sobre o lançamento de produtos alimentícios. Quer saber o que é necessário para avaliar seu investimento? Então atente-se às informações desse texto.

Análise de riscos e oportunidades

O primeiro passo para avaliar se vale a pena lançar o produto no mercado é avaliar os riscos e oportunidades. Essa análise pode ser feita usando vários métodos, entre os quais a análise SWOT se destaca. Esse método consiste-se na análise das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças no contexto da empresa, de forma aumentar o conhecimento sobre a empresa.

Para fazer uma boa análise SWOT, deve-se saber o que é cada um dos pontos analisados por ela. Em primeiro lugar, as forças são os pontos que se destacam em relação aos concorrentes, como a não utilização de conservantes. Em segundo lugar, as fraquezas são os pontos que os concorrentes têm vantagens, por exemplo, se você quer lançar uma cerveja no mercado, a existência de grandes cervejarias, as quais dispõe de maquinário de ponta, é uma fraqueza da sua empresa.

Matriz SWOT

Além disso, as oportunidades são fatores externos que podem beneficiar o lançamento do seu produto, como o crescimento da demanda por cervejas artesanais, que pode impulsionar as vendas. Por fim, as ameaças são fatores externos que têm o potencial de atrapalhar a aceitação do seu produto no mercado. Um exemplo é a dificuldade de se conseguir um insumo para a produção com fornecedores.

Com todas essas informações,você terá uma noção bem mais clara sobre os riscos e oportunidades envolvidos no lançamento de um produto. Dessa forma, ao seguir o método, você conseguirá elencar vários pontos positivos e pontos de atenção sobre sua empresa. Tais informações serão imprescindíveis na avaliação do investimento.

Análise da concorrência

Ícone de Papel com lápis e símbolos escritos, representando estratégia

Depois de realizar uma análise SWOT, você já tem uma ideia sobre suas vantagens e desvantagens em relação à concorrência. Porém, para entender efetivamente o lugar do seu produto no mercado, é necessário fazer uma análise da concorrência. Para isso, são necessárias pesquisas sobre diversos aspectos das outras empresas do mercado.

A princípio, deve-se pesquisar outras empresas que vendem produtos semelhantes ao que você quer lançar no mercado. Com isso, você poderá extrair informações básicas sobre eles.  Como exemplo, o preço, vantagens e desvantagens em relação ao seu produto e o tamanho das empresas concorrentes. Em seguida, você deve estudar as informações obtidas, buscando entender qual seria seu espaço no mercado. Para isso, uma análise importante considerar o público alvo dos seus concorrentes. Dessa forma, você saberá se esse público coincide muito com o seu. Caso coincida, o porte do concorrente e as vantagens que ele apresenta sobre você são características a serem levadas em conta. Isso porque entrar em um mercado com empresas já estabelecidas sem grandes vantagens a se oferecer é quase impossível.

Por fim, um estudo dos preços do mercado deve ser feito. Com isso, você conseguirá saber se seu produto tem um preço competitivo. Se perceber que o preço que pretende vender é mais alto que a média sem um diferencial significativo, provavelmente seu produto não será bem aceito pelo mercado.

Portanto, conhecer a concorrência de seu produto é crucial para traçar estratégias adequadas para garantir sua inserção no mercado. Através dessa análise, você será apto a ter uma visão mais ampla sobre a validade do seu investimento.

Análise de custos e despesas

Toda empresa, independente do seu tamanho, tem despesas e custos. Porém, nem todas sabem manejá-los de forma a garantir a saúde financeira da empresa. Para isso, é necessário planejamento e muito conhecimento a respeito do mercado. Lembre-se que manejar bem os gastos é aumentar os lucros e a sua competitividade no mercado.

Ícone de calculadora ao lado de papel ,caneta e um símbolo de $.

Para isso, você deve ter claro a diferença entre custos e despesas. Enquanto os custos são gastos relacionados diretamente à produção, as despesas são desembolsos que não estão relacionados ao processo produtivo. Um exemplo de custo seria a matéria prima utilizada, enquanto uma despesa seria a contabilidade da empresa.

Tendo isso em mente, você deve elencar os custos e as despesas previstas para lançar um produto no mercado. A fim de ser mais assertivo nessa parte, é interessante dividir os custos em fixos e variáveis. Aqueles são os que não variam de acordo com o processo produtivo, como o aluguel da empresa. Já estes são os que ocorrem proporcionalmente à produção, por exemplo, a matéria prima. Para fazer esse estudo, é necessário pensar além do que é intuitivo, como salários e aluguel. Também deve-se considerar o preço da energia elétrica, a contabilidade da empresa, o maquinário necessário, por exemplo.

Apesar de ser uma etapa complexa, entender os gastos que seu produto exigiria para ser lançado é essencial. Caso essa análise não seja feita, você pode optar por investir em algo que só trará prejuízos.

Como usar as informações levantadas?

Após coletar todas essas informações, você será capaz de ter um entendimento bem maior sobre os frutos do investimento em seu novo produto. Apesar do mercado ser complexo, um estudo bem feito permite minimize os riscos do investimento.

Ícone de lâmpada com um cérebro humano dentro e uma engrenagem no exterior

Primordialmente, você deve considerar, baseado nas informações que levantou se o mercado tem espaço para o lançamento de um produto, o seu. Para isso, é necessário ser frio – mesmo que lançá-lo seja seu sonho, se as análises forem negativas, o investimento não é uma boa ideia. Também é importante levar em considerações todos os riscos e oportunidades levantados para entender seu lugar no mercado.  Então, deve-se considerar se os gastos elencados estão dentro do seu orçamento. Sonhar é muito importante para ter sucesso, mas ser realista quando se trata de dinheiro é imprescindível. Enfim, com todas essas informações, você será capaz de investir com segurança no seu produto.

Conclusão

O lançamento de um produto no mercado é uma tarefa complexa, a qual exige muito estudo. Além disso, um investimento errado pode ser muito custoso. Logo, o conhecimento e o sonho devem andar juntos ao tentar lançar um produto. Devido à delicadeza desse processo, contratar uma ajuda profissional pode ser a diferença entre um investimento bom ou ruim. Muitas vezes, o preço que se paga por uma consultoria especializada é inferior ao gasto com um dos equipamentos necessários à produção. Você tem um sonho de lançar um produto e está incerto sobre a aceitação dele pelo mercado? A Mult é uma empresa de consultoria com mais de 10 anos de experiência na área e que sonha sempre o sonho do cliente. Se interessou? Você pode entrar em contato conosco por aqui para que nós o ajudemos a investir no seu sonho de forma segura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s