Conheça o projeto Hai África e ajude a construir uma escola no Quênia


Última atualização: 

Quando falamos em ajudar, pensamos em sacrifício, perda de dinheiro e prejuízo. Mas não é assim. Dá para apoiar sem sofrimento. E muitas vezes não sabemos como, onde, quem ajudar. Também não é raro da gente desconfiar de instituições sociais de caráter duvidoso. Aí abrimos mão de tentar contribuir. É normal. Por essas e outras, sempre — sempre mesmo — deixamos para depois. Mas ao mesmo tempo exigimos e torcemos para um mundo melhor, não é mesmo? Temos que mudar isso, temos que nos mexer. E por isso quero te apresentar o Hai África: um projeto social muito sério, honesto e que precisa de ajuda.

Para você entender melhor: Há algum tempo, rolou aqui no blog uma entrevista com Mariana Fischer, uma garota que foi morar na África, mais precisamente em Nairóbi, Quênia, e por lá fundou o Hai África: uma escola de educação infantil. Aí o resto você consegue saber lendo a entrevista — veja aqui.

Agora, o projeto pretende comprar o terreno próprio, triplicar o número de crianças atendidas e construir uma escola.

Saiba mais neste link: http://www.kickante.com.br/campanhas/hai-construir-com-amor

 

Projeto Hai África

O Hai Africa é um projeto social que beneficia crianças da comunidade de Kabiria, em Nairobi, no Quênia. Oferece também educação escolar de qualidade, alimentação e nutrição balanceadas, atendimento médico regular e, claro, toda a atenção que uma criança merece. No dialeto suahili “HAI” significa “viva”, e para as 27 crianças atendidas, o projeto significa uma nova chance.

Com o dinheiro arrecadado na campanha, o Hai África comprará o próprio terreno — atualmente é alugado — e aumentará o auxílio às crianças, com a meta de triplicar o número de babies atendidos. Mais do que isso, o projeto visa a construção de uma escola, um local sustentável que proporcionará a educação dos pequeninos.

hai-africa

 

O terreno que estamos morrendo de amores na comunidade custa 157 mil reais. É muito dinheiro levando em conta o país e a comunidade, mas é meio hectare de terra. Isso significa muito pra gente! É um espaço gigante em que vamos poder ter nossa horta orgânica, colocar nossas crianças para brincar na terra e triplicar o número de babies atendidos. Além de parar de pagar aluguel. Estamos fazendo várias ações há quase dois meses. Diante de tanto trabalho e com ajuda de voluntários, conseguimos atingir 30% desse valor. 

Mariana Fischer, idealizadora do projeto Hai África

meta-hai-africa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s