Mandioca: propriedades, benefícios e como consumir sem engordar


24 DE JULHO DE 2018

POR VINÍCIUS DE VITA

A mandioca tem diversos nomes que variam de acordo com as regiões do Brasil: alguns a chamam de aipim, outros de macaxeira, mas todos se referem à raiz riquíssima em carboidratos que faz parte da culinária mundial.

Extremamente versátil, a mandioca pode ser consumida frita, cozida ou até mesmo em sopas.

Seus benefícios são inúmeros, mas é necessário ter cuidado ao consumi-la, já que sua raiz crua pode ser venenosa.

Abaixo, conheça um pouco mais sobre as diferentes formas de se utilizar mandioca, benefícios, malefícios e cuidados necessários na hora de comer:

Propriedades da mandioca

Além da elevada quantidade de carboidratos – característica que a levou a ser um dos principais alimentos responsáveis pela nutrição mundial -, a mandioca também é rica em fibras, potássio, vitamina C e folato (composto conhecido como vitamina B9 e cuja forma sintética é o ácido fólico).

Benefícios da mandioca para a saúde

 

Mandioca cozida

rocharibeiro/Shutterstock

Combate a artrite

A mandioca apresenta quantidades significativas de duas substâncias que têm ação anti-inflamatória e analgésica, chamadas de saponinos e polifenóis, portanto pode ser usada como complemento ao tratamento de algumas doenças osteoarticulares, principalmente a artrite reumatoide e a osteoartrose.

Tem ação antioxidante

Um dos polifenóis presentes na mandioca é o resveratrol, que tem poderosa ação antioxidante e, por isso, ajuda a combater os radicais livres que oxidam células e podem levar ao surgimento de diversos tipos de câncer.

Mais do que isso, a vitamina C – que também atua como antioxidante – retarda o envelhecimento do corpo. Combinada ainda ao folato, que combate a acne e auxilia o crescimento das unhas, este polifenol melhora consideravelmente a saúde geral da pele e até dos cabelos.

Auxilia no tratamento de diabetes

Por conter fibras, a mandioca é um alimento bastante recomendado para pessoas que sofrem de diabetes. Isso porque as fibras, além de contribuírem para melhor digestão e controle do peso, também prolongam o processo digestivo e ajudam, desta forma, o organismo a regular as quantidades de açúcar no sangue.

Contribui para a saúde dos ossos

As folhas da mandioca são fontes de proteína e vitamina K, que desempenham importante papel na reconstrução óssea. Além disso, a vitamina C também impulsiona a produção de colágeno – substância capaz de melhorar significativamente a saúde dos ossos, cartilagens, tecidos e músculos.

Fonte de energia

O alto volume de carboidratos da mandioca é interessante para praticantes de atividade física de alta intensidade, que precisam de muita energia para completar seus treinos.

Bloqueia a ação dos raios solares

Não é como se fosse um protetor solar, mas o resveratrol – presente no alimento – ajuda a prevenir os danos provocados pela ação dos raios ultravioletas.

A substância fornece uma camada de proteção extra à pele, fortalecendo os tecidos da derme e aumentando, assim, a resistência das células aos raios emitidos pelo sol.

Não contém glúten

Boa notícia para quem tem intolerância ao glúten: toda e qualquer variação da mandioca não contém esta substância e, potanto, pode ser consumida até mesmo por quem sofre de doença celíaca.

Protege o coração

Este é um dos principais benefícios da mandioca. Ela possui uma série de nutrientes que fortalecem o coração e previnem doenças cardiovasculares – principalmente aterosclerose e infartos.

Por melhorar a saúde dos tecidos sanguíneos, este alimento tipicamente brasileiro pode ajudar ainda na prevenção de acidente vascular cerebral (AVC).

Para grávidas

Graças à grande quantidade de ácido fólico presente em sua composição, a mandioca é um alimento permitido, e até bastante recomendado, para grávidas, pois o nutriente auxilia na formação do tubo neural do feto.

Engorda ou emagrece?

 

emagrecer-com-saúde

macaxeira pode ser um ingrediente muito interessante para quem precisa perder alguns quilinhos extras. Isso ocorre porque as fibras, além de contribuírem para a regularização do intestino, prolongam a sensação de saciedade, ou seja, afastam a fome por mais tempo.

Contudo, é importante ficar atento porque, ao mesmo tempo em que é uma ótima amiga de quem está de dieta, a mandioca também pode ser uma armadilha, já que é altamente calórica, sendo indicado consumo moderado.

Malefícios

Poucas pessoas sabem que a mandioca pode causar intoxicação por conter cianeto de hidrogênio. Contudo, esta substância só está presente em quantidades significantes na espécie chamada de “mandioca brava”, que deve ser bem cozida para o potencial maligno ser neutralizado.

Como consumir?

É possível preparar a mandioca para consumir de diversas maneiras. Em todas elas – algumas mais, outras menos -, você poderá usufruir de seus benefícios para a saúde.

A recomendação, porém, é não comer a mandioca frita. Prefira a versão assada ou cozida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s