Ecosia: Ajude a plantar árvores enquanto pesquisa na internet


São necessárias aproximadamente 45 buscas para plantar uma árvore.

1134

Um mecanismo de busca lançado por alemães está gerando interesse na internet. Trata-se do Ecosia, um buscador que usa seus lucros como empresa para promover o plantio. Não, você não leu errado: o ecosia realmente planta árvores.

Ao realizar suas pesquisas diárias usando o navegador, ao invés do Google, você também contribui. De acordo com a empresa, são necessárias aproximadamente 45 buscas para plantar uma árvore. Parece muito, mas atualmente são financiados o plantio de uma nova árvore a cada segundo por meio da ferramenta.

O grupo publica relatórios financeiros mensais e recibos de plantio de árvores,  mostrando quanto dinheiro é direcionado para a causa ambiental.

Mas como funciona?

Há um contador pessoal no canto superior direito que mostra o número de pesquisas realizadas. Ao clicar em anúncios é gerado receita para a Ecosia, que é paga pelo anunciante. Ao menos 80% dos lucros mensais vão para plantar árvores em países como Burkina Faso, Madagascar, Peru, Indonésia, Marrocos, Nicarágua, Etiópia, Tanzânia. Também há uma loja online. “Isso significa que podemos plantar 20 árvores toda vez que vendemos uma camiseta”, afirma a companhia.

É seguro?

Esta é uma pergunta difícil de responder. Afinal, quais serviços online você usa atualmente e confia de forma plena? A Ecosia garante que não armazena as pesquisas dos usuários permanentemente. Após uma semana de uso, os itens pesquisados ficam anônimos. Outro ponto é não vender os dados aos anunciantes, ao contrário do que é feito em muitos serviços na internet.

Além disso, a empresa não usa ferramentas de rastreamento externo e ainda é possível o usuário ativar “Não rastrear” nas configurações do navegador.

A questão talvez seja se questionar sobre o que é seguro na internet e o que é possível fazer para controlar os dados que não queremos compartilhar. Manuel Castells, sociólogo e importante teórico da comunicação, ressalta que hoje “tudo está digitalizado, conectado, tem um código e está registrado para sempre”. Em palestra realizada em 2015, ele afirmou que o Google é a maior “base de dados da história”.

Apesar de ter sido lançado em 2009, houve um grande aumento de pessoas usando o navegador nesta semana -, possivelmente motivados pelos focos de incêndio que vêm ocorrendo na Amazônia. Conheça aqui o Ecosia.

Avatar

Jornalista aparelhada para gostar de passarinhos. Tem interesse por mais assuntos do que é capaz de acompanhar. Aqui escreve sobre infinitas possibilidades de tornar o mundo um pouquinho melhor.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: