Vereador e filho são mortos a tiros dentro de casa em Maricá, RJ


Por Amaro Mota e Viviane Lopes, G1 — Maricá

 


Vereador Ismael Breve foi assassinado a tiros na madrugada desta quinta-feira (22) em Maricá — Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores de MaricáVereador Ismael Breve foi assassinado a tiros na madrugada desta quinta-feira (22) em Maricá — Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores de Maricá

Vereador Ismael Breve foi assassinado a tiros na madrugada desta quinta-feira (22) em Maricá — Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores de Maricá

O vereador Ismael Breve (DEM), de 59 anos, e o filho dele, Thiago Marins, de 31, foram assassinados a tiros dentro de casa na madrugada desta quinta-feira (22) em Maricá (RJ).

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 4h no bairro Zacarias. Ainda de acordo com a PM, a esposa e uma enteada do político também estavam em casa na hora dos assassinatos.

A PM informou também que, segundo a esposa do político, dois homens encapuzados entraram na casa, foram ao quarto do filho, arrombaram a porta e atiraram contra ele.

Ainda segundo a PM, a mulher disse também que o vereador ouviu o barulho e levantou para ver o que era. Ismael entrou em luta corporal com um dos homens e foi baleado pelo outro.

Nenhum suspeito foi preso até o momento e o caso é investigado na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). O G1 aguarda informações da Polícia Civil sobre a investigação do crime.

Pai e filho foram mortos a tiros dentro de casa  — Foto: Reprodução/FacebookPai e filho foram mortos a tiros dentro de casa  — Foto: Reprodução/Facebook

Pai e filho foram mortos a tiros dentro de casa — Foto: Reprodução/Facebook

Ismael foi eleito em 2016 com 1.443 votos e estava em seu primeiro mandato.

Em nota, a Câmara de Vereadores de Maricá informou quer lamenta profundamente a morte do vereador e do filho.

“Ambos foram brutalmente assassinados na madrugada desta quinta-feira. A Câmara decreta luto de três dias e por isso a Casa de Leis permanecerá fechada neste período”, diz parte da nota.

A Prefeitura também divulgou nota e decretou luto oficial.

“O vereador Ismael Breve era um agente público interessado e compromissado com a melhoria da qualidade de vida da população. Sua morte trágica, tanto quanto a de seu filho, Thiago Marins, enluta e revolta a todos os que, com eles, pensavam na vida parlamentar a serviço daqueles mais necessitados”, diz parte do texto divulgado pelo município.

A nota diz também que “Maricá não é o espaço da barbárie, mas da convivência pacífica e construtiva”.

Mortes na cidade

Maricá teve dois jornalistas assassinados a tiros em 2019.

Romário da Silva Barros, de 31 anos, do portal “Lei Seca Maricá (LSM)”,foi morto dentro de um carro em junho, e Robson Giorno, que era dono do jornal “O Maricá”, foi assassinado na porta de casa em maio.

Segundo sua página pessoal em uma rede social, Robson pretendia ser candidato a prefeito nas eleições municipais do ano que vem.

Veja outras notícias da região no G1 Região dos Lagos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s