NÃO SE ACOSTUME COM RELAÇÕES TÓXICAS


Não se deixe levar por esse tipo de relação! Pessoas tóxicas nos enganam, culpam e, na primeira oportunidade, nos apunhalam pelas costas. Se você está em uma relação dessa, tome fôlego e saia já dela!

Sensação constante de inadequação

Relativo aos relacionamentos de caráter destrutivo, um dos males mais prementes diz respeito à sensação constante de inadequação de uma das partes envolvidas, fazendo com que ela se contente com “migalhas afetivas” e conviva com uma sensação contínua de amargura e frustração.

Sugam sua energia

Relacionamentos tóxicos se caracterizam por sugar sua energia, sua disposição e sua alegria. Você tende a se consumir excessivamente com as vivências e características desse relacionamento e, com isso, a priorizá-lo com relação a outras questões (emocionais e não emocionais) que também demandam seu tempo e sua atenção.

Sentimento de rejeição

Num relacionamento tóxico, o sentimento de rejeição é gritante, uma vez que a pessoa sente que o parceiro não a aceita como é e que, com vista a alimentar essa ligação, ela terá sempre que evidenciar esforços no sentido de agradá-lo.

Perda de identidade

Associada aos complexos de inferioridade abordados no ponto anterior, a perda de identidade é outro elemento negativo que caracteriza esse tipo de relacionamento, levando a parte visada a se anular em função da outra parte e do próprio relacionamento.

Favorecem o isolamento

Outro mal dos relacionamentos tóxicos é o fato de favorecerem o isolamento familiar e social, levando a pessoa a se dedicar quase que exclusivamente a ele em detrimento de seus compromissos e interesses em outras áreas da vida.

Não oferecem segurança

Quem se encontra em relacionamentos destrutivos não experiencia a sensação de segurança que envolve uma relação saudável, seja em termos de seu presente, seja em termos de sonhos e planos futuros conjuntos.

Impedem você de ser feliz

Resumidamente, relacionamentos tóxicos são veículos de negação, de refutamento do amor-próprio e das possibilidades que a vida lhe oferece de ser feliz. Elimine-os de sua vida, renove-se e enxergue as possibilidades que o futuro lhe reserva!

Geram dependência emocional

Um dos maiores males dos relacionamentos caracterizados como destrutivos é a dependência emocional de uma das partes em relação à outra, que fomenta o sentimento de que sem ela não existem possibilidades reais de se ser feliz.

Você é constantemente criticado

Um dos sinais mais óbvios de que você se encontra num relacionamento tóxico é o fato de ser alvo constante de críticas por parte de seu par. Esse excesso é especialmente observado em circunstâncias em que, aparentemente, você não teve nenhuma atitude ou executou qualquer ação que pudesse gerar esses descontentamentos.

DIA DE SANTA ELIANA

Conheça a história dessa importante figura do cristianismo

Desgaste psicológico

Tendo em vista os pontos anteriores, o desgaste psicológico proporcionado pela vivência intensa de uma relação destrutiva é considerado um dos primeiros sinais de que ela é nociva a seus elementos e, em casos extremos, pode conduzir a quadros clínicos sérios, com o surgimento de transtornos mentais como a depressão e a síndrome de pânico.

Contribuem para as somatizações a nível físico

Fisicamente, o corpo também se ressente com a vivência de relacionamentos não saudáveis e, portanto, as somatizações (dores de cabeça, perda de apetite, queda de cabelo, descamação de pele, entre outros) tendem a agravar-se.

Não enaltecem suas qualidades

Outro ponto negativo latente nos relacionamentos tóxicos é que tendem a minimizar suas qualidades e, com isso, a contribuir para a manutenção de uma baixa autoestima. Este fato, aliado a outras características deste tipo de relação e às experiências que o compõem, fazem com que haja lugar para um questionamento constante sobre o porquê de você permanecer nele, gerando uma insatisfação permanente.

 

Sabotam as possibilidades de crescimento individual

Este tipo de relacionamentos também leva a que as possibilidades de crescimento individual potenciadas pela expansão de horizontes e contato com outras realidades e pessoas sejam sabotadas, fazendo com que a pessoa viva quase que exclusivamente para o outro.

Medo da solidão

O medo de ficar sozinho também pauta os elementos envolvidos neste tipo de relação que, por suas características, desenvolvem intensos complexos de inferioridade e veem na possibilidade de rompimento o augúrio de infelicidade, alimentando a crença de que “é melhor estar infeliz acompanhado que sozinho”.

Destroem a autoestima

A destruição da autoestima é uma consequência muitíssimo negativa da vivência das relações tóxicas. À semelhança do ponto anterior, esta é uma condução que também favorece o surgimento e o agravamento de problemas de saúde físicos e psíquicos.

Anúncios

Um comentário em “NÃO SE ACOSTUME COM RELAÇÕES TÓXICAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s