Profissões que chegarão e deseparecerão


As profissões estão sempre se atualizando. Enquanto algumas tendem a se tornar cada vez mais fortes com o passar do tempo, outras enfrentam um destino inevitável: a extinção. Foi realizado neste ano o Relatório de Trabalhos do Futuro 2018, e ele prevê que, com o aumento da automatização de milhões de profissões, cerca de 75 milhões de empregos se extinguirão em até 4 anos. Mas não precisa se desesperar que isso não levará a uma onda de desemprego global. Espera-se que enquanto milhões de profissões deixem de existir, outras milhões sejam criadas e colocadas no lugar para deixar a balança equilibrada.

Existe uma tendência de acharmos que todas as profissões que irão surgir estejam envolvidas com alta tecnologia. Apesar de grande parte estar ligada com robôs e afins, existem outras que não tem nada a ver com esses campos mas que irão crescer devido a várias circunstâncias sociais e ambientais. Quais são as profissões que você acha que entrarão em uma crescente sem fim? E quais você acha que irão acabar de vez? Veja então quais são as 4 profissões que vão acabar e as 4 profissões que se tornarão populares nos próximos anos.

1 – Irá acabar: operador de telemarketing

A primeira profissão da nossa lista que está com o prazo de validade quase vencendo é a de operador de telemarketing. Apesar de ainda existir ativamente o atendimento por telefone, hoje já temos disponível o atendimento online. Ele dispensa uma pessoa física para fazer o papel de interlocutor e simplifica o processo que, na maioria das vezes, é estressante. Já há alguns anos disponível através da internet, a tendência é que, até 2025, a função de operador de telemarketing seja totalmente extinta do mercado profissional.

2 – Irá crescer: engenharia ambiental

Talvez vocês pensassem que a primeira profissão a configurar nesse tópico fosse uma bem tecnológica, como fazer robôs ou algo parecido. E a verdade é que a engenharia ambiental com certeza estará em alta nos próximos anos. Isso é uma consequência de um mundo que tende a se preocupar cada vez com o meio ambiente e a natureza, que está sofrendo as custas da irresponsabilidade humana.

3 – Irá acabar: piloto de avião

Existe uma previsão que mostra que, de 2025 até 2030, a profissão de piloto de avião será totalmente automatizada. Atualmente nós já temos o piloto automático no sistema, e a tendência é que tal facilidade tome o lugar da pessoa física que assume a função nos aviões. Os especialistas afirmam que a participação do piloto no voo hoje em dia acontece quase que exclusivamente na subida e na descida do avião, porém, já existem empresas trabalhando em cima de máquinas 100% automáticas.

4 – Irá crescer: designer

Não é de se estranhar que o designer seja uma profissão que cresça bastante nos próximos anos. Se analisarmos a nossa comunidade contemporânea, iremos perceber que vivemos em uma sociedade de consumo que só pensa nisso: consumismo. Ter profissionais que trabalhem basicamente só para vender algum produto é o que mais teremos em um futuro próximo.

5 – Irá acabar: anestesista

A função de anestesista parece tão humana, aliás, processos cirúrgicos são feitos por médicos tentando ajudar ou mesmo salvando a vida humana. Porém, os anestesistas precisarão procurar outra profissão até o ano de 2025, como prevê alguns especialistas. Um bom exemplo que deixa essa profecia mais clara é um dos novos projetos da empresa Johnson & Johnson, que está desenvolvendo o robô Sedasys, que aplica anestesias em pacientes que serão submetidos a tratamentos mais simples em clínicas e hospitais.

6 – Irá crescer: gestor de qualidade de vida

Um gestor de qualidade de vida é alguém que busca mapear os riscos no dia a dia de um funcionário de determinada empresa. A partir da observação, ele consegue notar as mudanças que precisam ser feitas para melhorar a vida do funcionário no local de trabalho e levar isso até os superiores responsáveis. Essa previsão tende a crescer cada vez mais, uma vez que mais empresas ascendam. Para tal profissão, é necessário uma formação prévia em RH, que será mais buscada futuramente.

7 – Irá acabar: jornalistas

Alguns especialistas preveem o fim da profissão de jornalista muito antes do que se imaginava. A justificativa desses especialistas seria a de que máquinas já conseguem escrever perfeitamente, não existindo mais necessidade nenhuma de ter interferência humana na hora de reportar os acontecimentos importantes para a comunidade.

8 – Irá crescer: Coaching

A profissão de coaching já está em alta no período em que vivemos. Eles são basicamente gurus que aconselham um grupo de pessoas em qualquer assunto existente que você possa imaginar. Porém o campo em que existe mais proliferação é a de coaching profissional, que orienta pessoas em suas respectivas carreiras profissionais. A tendência é que com o mundo moderno, eles cresçam cada vez mais.

O que você achou das profissões que irão crescer e decair? Já vai basear sua carreira profissional nesses dados? Então comenta aqui com a gente a sua opinião e compartilhe essa lista nas suas redes sociais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s