Concurso Público é divulgado pela Polícia Civil – ES – Delegado


Profissionais devem atuar em jornada de 40h semanais e farão jus à remuneração equivalente a R$ 10 mil, podendo ser acrescida de demais benefícios.

Sexta-feira, 22 de março de 2019 às 12h03

Concurso Público é divulgado pela Polícia Civil - ESNo Estado do Espírito Santo, a Polícia Civil (PC – ES) anuncia a realização de Concurso Público, destinado ao preenchimento de 33 vagas no cargo de Delegado de Polícia, sendo que duas das oportunidades serão destinadas a profissionais que se enquadrem nos itens especificados no edital.

Cabe ao Delegado instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

A jornada de trabalho dos novos servidores é de 40h semanais, em regime de tempo integral com dedicação exclusiva e remuneração equivalente a R$ 10.058,56. Vale ressaltar que o Delegado pode receber outras vantagens financeiras decorres de promoção, progressão, serviço extraordinário, indenização suplementar de escala operacional, indenização para aquisição de uniforme, gratificação de acúmulo de titularidade, gratificação de chefia, gratificação de função e bônus pecuniário.

Para se inscrever neste certame o candidato precisa atender alguns requisitos, dentre eles: ter diploma de conclusão de curso superior de Bacharel em Direito, três anos de prática forense, após a conclusão do Curso, ou três anos de atividade policial, em qualquer instituição de segurança pública, estar com situação regular junto à Secretaria da Receita Federal, ter saúde física, psiquiátrica e aptidão psicológica adequada ao exercício das atividades.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet no endereço eletrônicowww.institutoacesso.org.br, entre os dias 22 de março de 2019 a 24 de abril de 2019. É preciso efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 138,00, bem como após preencher a ficha, o candidato deve anexar uma foto recente de frente.

Este Concurso disponibiliza isenção da taxa de inscrição para os profissionais que estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, até a data da inscrição, se declarar isento de apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda de Pessoa Física e comprovar a soma da renda familiar mensal de até dois salários mínimos, e também aos Doadores de Medula Óssea devidamente cadastrados.

Neste caso o candidato deve solicitar o pedido entre os dias 22 de março de 2019 a 10 de abril de 2019, seguindo os critérios e procedimentos indicados no edital de abertura disponível em nosso site.

Como forma de classificar os inscritos neste Concurso serão realizadas Provas Objetivas provavelmente no dia 14 de julho de 2019, na Região Metropolitana de Vitória. E também Prova Escrita e Discursiva, Exame de Aptidão Física, Exame de Sanidade Física e Mental, Exame Psicotécnico, Prova Oral, Avaliação de Títulos, Sindicância da Vida Pregressa e Aprovação em Curso de Formação Profissional ministrado pela Academia de Polícia Civil.

A primeira Prova Objetiva é composta de 120 questões sobre temas de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Administrativo, Criminologia, Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Civil, Medicina Legal Judiciária e Legislação Estadual. O conteúdo programático encontra-se discriminado no edital de abertura em nosso site.

Fique preparado para a primeira etapa de classificação adquirindo em nosso site a Apostila Digital específica deste certame, que foi elaborada de acordo com o conteúdo programático exigido.

A nomeação do candidato ao cargo fica condicionada ao atendimento dos requisitos básicos a posse constantes no edital e legislação vigente, estando sujeita à disponibilidade e conveniência orçamentária da Administração Pública, prazo de validade definido no edital e sem criação de qualquer direito consumado.

O candidato tem o prazo de 30 dias para tomar posse no cargo e 15 dias para entrar em efetivo exercício, sendo que após a nomeação o mesmo deve permanecer por dois anos no local de sua primeira localização, exceto em caso de atendimento à necessidade de interesse público.

Este Concurso Público é válido por dois anos, podendo ser renovado por igual período, a critério e conveniência da Administração Pública.

Jornalista: Karina Felício
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s