Aromaterapia no trabalho


Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça este conteúdo0:00100%AudimaAbrir menu de opções do player Audima.

 falamos muito sobre aromaterapia por aqui. Esta prática milenar usa óleos essenciais para proporcionar bem-estar físico e mental. Os óleos podem ser usados em aromatizadores de ambientes e em difusores elétricos. Quando inalados, o sistema límbico (responsável pelas emoções) é ativado e os sentimentos e funções orgânicas são regulados. Os óleos também podem ser aplicados na pele, mas é necessário diluir em água.

A técnica é bastante utilizada nas residências e clínicas de estética. Mas, o uso da aromaterapia no trabalho registra aumento. Nos ambientes profissionaiselaaumenta a produtividade, dentre outros benefícios. Nos ambientes corporativos, o recomendável são os aromatizadores para borrifar os óleos essenciais, de 2 a 3 vezes por dia. Caso haja impedimento por conta do ramo de atividade ou do chefe, o melhor é usar na pele ou no difusor pessoal.

Aromaterapia no ambiente de trabalho

Para a aromaterapia no trabalho dar certo, o ideal é procurar um aromaterapeuta para obter informações sobre efeitos colaterais. Mas, para adiantar, separamos os principais problemas e os óleos essenciais mais indicados:

  • Negatividade: óleos de laranja, limão, cravo e citronela fazem uma limpeza energética no local.
  • Relacionamento difícil entre colegas e chefes: a união dos óleos de patchouly e limão aumenta a tolerância entre todos no ambiente de trabalho.
  • Poucas vendas: para aumentar as vendas, óleos de alecrim, grapefruit e canela.
  • Produtividade baixa: invista no óleo essencial de limão siciliano, conhecido como “óleo essencial da clareza”. Os óleos de manjericão exótico e alecrim também são indicados.
  • Pouca concentração: cinco gotas do óleo de eucalipto ajudarão os profissionais nos cálculos e relatórios.
  • Clientes impacientes: coloque óleo de palmarosa ou lavanda na recepção para acalmar os clientes.

Viu só como usar a aromaterapia no trabalho pode mudar a rotina? Mas, antes de colocar em prática, consulte um aromaterapeuta. Quando começar o uso de óleos essenciais onde trabalha, fale para nós se notou alguma diferença.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s