Sofrimento, aprendizado e enfim Felicidade


https://www.somostodosum.com.br/artigos/almas-gemeas/sofrimento-aprendizado-e-enfim-felicidade-16983.html

Depois de um grande sofrimento e do indispensável aprendizado, enfim a felicidade!

Primeiro, Bárbara amargou várias semanas de muitos sentimentos dolorosos. Culpa, tristeza, saudades, medo e até solidão, sabendo que nunca mais poderia desfrutar da companhia e da luz daquele homem que fazia parte da vida dela há 12 anos…

Depois, especialmente quando começou a namorar com Pedro, sem compreender por que razão, os sentimentos se transformaram em vergonha e arrependimento. Começou a questionar sua lealdade e já não sabia o que fazer com aquele segredo. Terminou guardando seu amor em algum lugar dentro dela mesma, como se fosse numa caixinha de música trancada dentro do seu coração.

Agora, lá estava a caixinha aberta. A música que tocava era a mesma que ele tinha colocando na noite em que ela havia preparado o jantar – “Ne me quitte pas”, de Jacques Brel. Instintivamente, ela pegou o celular e selecionou a música no aplicativo, apertando o play.

Enquanto ouvia aquela maravilhosa canção, sentia-se invadida por uma energia feminina e poderosa que há muito não reconhecia em si.

“Que bom que me permiti viver essa história. Agora, depois de tudo o que passei durante todos esses anos, arriscaria fantasiar que aquela foi uma experiência repleta de presença, verdade e alegria na vida dele, tanto quanto foi na minha”, concluiu Bárbara, sorrindo e chorando ao mesmo tempo.

Parou diante do espelho, olhando para si mesma e imaginando como ele estaria agora. E, de repente, como um relâmpago cheio de luz e vida, Bárbara se lembrou!

_ Claro! Meu Deus! Como pude esquecer??? – falou mais alto do que percebeu e torceu para que ninguém tivesse escutado.

Quando Samantha havia questionado o que aconteceu dentro dela para que conseguisse colocar Pedro para fora e acabar com aquela relação que estava destruindo sua autoestima e seu amor-próprio, ela não soube responder. E o mais incrível é que Samantha garantiu que ela se lembraria. Ela tinha dito exatamente essas palavras – e Bárbara repetia agora em sua mente:

“Não se preocupe! Em algum momento, querida, você vai se lembrar!”.

E ela se lembrou. Queria pular de alegria, mas como ainda não podia fazer estripulias com o tornozelo, pulou com um pé só até a cama, se sentou e pulou sentada, sorrindo e ardendo de amor por aquele homem e pelo final de semana que passaram juntos.

Antes de voltar para casa, naquele domingo que passaram juntos, ele havia segurado o rosto dela com as duas mãos, beijado seus lábios com muita delicadeza, olhado no fundo dos olhos dela, como quem queria falar com sua alma, e dito:

_ Bárbara, você é uma mulher maravilhosa, linda, inteligente, sensível, dona de um espírito único e de muita luz. Sorte do homem que souber reconhecer isso. Promete para mim, agora, que você jamais vai deixar um bocó qualquer te magoar, te ferir, te tratar com menos respeito e menos amor do que você merece? – e esperou que ela respondesse.

Como ela apenas sorriu, ele insistiu.

_ Promete para mim, agora, Bárbara! Eu quero ouvir você prometer! Nunca, jamais, você vai deixar um homem maltratar você!

E então ela respondeu:

_ Prometo, meu amor! Eu prometo! – e o abraçou demoradamente, desejando nunca mais se soltar daqueles braços, onde ela tinha certeza de que estaria sempre protegida.

Mas o telefone tocou e ela aproveitou para se soltar e sair correndo. Não queria chorar na frente dele. Sabia que isso o deixaria arrasado e muito preocupado com ela.

“Sim, como pude esquecer? Foi essa promessa que fiz a ele e a mim mesma que me deu força e coragem para colocar Pedro para fora de casa!”.

E foi invadida por uma indescritível sensação de alegria e a certeza de estar em sintonia com seu coração. Do alto de suas certezas, sabia-se pronta para viver algo que ela ainda não conseguia entender ou saber.

>> Trecho do livro OUTONO NA GRÉCIA. Adquira seu exemplar nas melhores livrarias ou pelo site da autora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s