4 sinais que entregam que você se sente sozinho (e como dar um jeito nisso)


3. Estar sozinho não é o mesmo que estar sem atividade – parece mais solidão.

Pode ser por causa de uma mudança para uma nova cidade ou escola, por causa de um rompimento ou até uma fase difícil sem muitos motivos, o fato é que todos nos sentimos sozinhos de vez em quando. Isso é bem normal, mas muita solidão pode desgastar a nossa saúde física e mental.

De fato, um estudo recente descobriu que a solidão aumenta o risco de mortalidade em 26%.

Está aí uma estatística bem alarmante. Por isso, é importante entender bem os fatores que levam à solidão e fazer algo se você está se sentindo só. Eis o que você deve saber:

Você se sente sozinho?

1. Você assiste maratona de séries em tempo recorde.

Você acabou todas as dez temporadas de “Friends” de uma só vez quando foi lançado no Netflix? Pode ser que talvez você não se sinta sozinho, mas um estudo da Universidade do Texas descobriu que as pessoas que são mais sozinhas e deprimidas são mais propensas à compulsão por assistir seriados. Nós não estamos tentando tirar de você os simples prazeres da vida, apenas queremos que você passe tempo suficiente com as pessoas.

2. Você sabe como deveria se comportar em uma situação social, mas você sente dificuldade de fazer isso.

Através de uma série de quatro experimentos, a professora Megan L. Knowles, do Franklin & Marshall College, descobriu que os mais solitários podem ter uma melhor compreensão das habilidades sociais do que os não-solitários, mas eles se sufocam ao ficarem sob pressão quando precisam agir na vida real. Então se você sente dificuldade de conversar em situações sociais, lembre-se, você é provavelmente muito melhor nisso do que pensa.

3. Estar sozinho não é o mesmo que estar sem atividade – parece mais solidão.

Sentir solidão é bem diferente de querer “dar um tempo só pra mim”. Passar um tempo sozinho por escolha, na verdade, traz muitos benefícios à saúde.

Um artigo da Revista Scientific American afirma:

tempo que passamos inativos reabastece o centro de atenção e de motivação do cérebro, incentiva a produtividade e a criatividade e é essencial tanto para alcançar os nossos mais altos níveis de desempenho como simplesmente formar memórias mais estáveis na vida cotidiana.

A solidão, por outro lado, é um pouco diferente. Se você está tendo problemas para dormir, se está ansioso ou deprimido e busca as redes sociais ou a TV quando está sozinho, você provavelmente está muito sozinho.

4. Você é viciado no Facebook.

Um estudo da Universidade de Michigan descobriu que estamos mais propensos a usar o Facebook quando estamos nos sentindo sozinhos. Embora o Facebook não nos faça sentir necessariamente assim, observar a vida das pessoas no nosso feed de notícias pode criar sentimentos de infelicidade. Então, ao invés de entrar no Facebook da próxima vez que você estiver se sentindo só, tente interagir face a face e/ou dar um telefonema para alguém que você ama.

Como dar um jeito nisso:

O primeiro passo é reconhecer que você se sente sozinho.

Como com qualquer outra coisa, se você quer mudar a solidão na sua vida você precisa admitir o que está sentindo.

“Depois de identificar isso pense de que forma você está se sentindo só ou meio fora de lugar”, disse a psicóloga clínica Lauren Kachorek ao HerCampus sobre sentir-se sozinhona faculdade.” A pessoa tem que entender mais sobre o que [a solidão] significa para ela e o porquê e como ela se sente dessa forma. Explorar mais isso é realmente a melhor forma de fazer com que o sentimento desapareça”.

Participar de um clube ou um grupo pode ajudar.

Quer se trate de um clube do livro ou uma equipe esportiva, participe de grupos em suas áreas de interesse. Dessa forma você entrará na situação sabendo que você tem algo em comum com as pessoas com quem você está interagindo.

“Se você participa de um grupo onde a atividade tem algum significado para você e você curte é bem provável que isso mostre o melhor de você”, disse a psicoterapeuta de Toronto, Lesli Musicar, ao Best Health. “E se você se sente bem enquanto está engajado nessa atividade, isso irá ajudá-lo a se sentir mais conectado com as pessoas ao seu redor, porque vocês têm algo em comum.”

Mas se isso não soa muito atraente, tente cuidar de alguém.

Assim como os atos de bondade podem ajudar com a ansiedade social, ser gentil ou cuidar de outras pessoas pode aliviar a solidão – mesmo se esse “outro” for um bichinho de estimação. “Criar os filhos, ensinar, cuidar de animais … ajuda a aliviar a solidão,” escreveu o autor do Happiness ProjectGretchen Rubinem, em seu blog.

Não tenha medo de pedir ajuda.

Uma grande forma de quebrar o ciclo da solidão é procurar ajuda profissional. Em um estudo sobre a solidão, o psicólogo John Cacioppo, da Universidade de Chicago, e seus colegas concluíram que a terapia individual era provavelmente a maneira mais eficaz de mudar padrões de pensamento e crenças em torno da solidão, tais como vergonha e baixa autoestima.

“Como primeiro passo, há a necessidade de aumentar a conscientização das pessoas – e dos profissionais de saúde – de que a solidão é uma condição que, como a dor crônica, pode tornar-se uma aflição para quase todas as pessoas”, escreveram os autores do estudo.

A solidão é algo sério. Felizmente há muitas coisas que você pode fazer para mudar – então aja o quanto antes.

(Tradução: Simone Palma)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s