Aprenda a fazer um minhocário e produza adubo em sua casa


20/03/2018 – 16H18/ ATUALIZADO 17H50 / POR FELIPE FLORESTI

Minhocário é um dos elementos para uma casa mais autossuficiente.  (Foto: Ilustração - Guilherme Henrique)MINHOCÁRIO É UM DOS ELEMENTOS PARA UMA CASA MAIS AUTOSSUFICIENTE. (FOTO: ILUSTRAÇÃO – GUILHERME HENRIQUE)

Compostar o lixo orgânico costuma ser o início da busca por uma vida mais equilibrada. Afinal, basta um par de baldes e meia dúzia de minhocas para transformar os restos de comida em adubo.

Pode parecer muito pouco, mas cada brasileiro produz em média 383 quilos de lixo todos os anos, sendo metade resíduos orgânicos. Uma redução poderia, inclusive, aliviar os cofres públicos. A cidade de São Paulo, por exemplo, gasta R$ 1,5 bilhão todos os anos somente na coleta e transporte.

“Lixo é o que as pessoas não decidiram o que fazer com ele”, diz o arquiteto Tomaz Lotufo. Se os restos de comida vão virar recurso, nem chamar de lixo faz sentido. “Crianças que nascem em uma casa com composteira, crescem sem relacionar o resíduo orgânico ao lixo. Culturalmente é muito poderoso.”

Se não tiver onde colocar o adubo e chorume depois, é só dar para alguém ou para as plantas de praça pública. Em uma tacada você cuida da terra, das pessoas e compartilha excedentes. Um belo início na permacultura.

Minhocário (Foto: Ilustração - Guilherme Henrique)MINHOCÁRIO (FOTO: ILUSTRAÇÃO – GUILHERME HENRIQUE)

Saiba como fazer a sua:
É preciso deixar claro: composteira, quando bem cuidada, não tem cheiro, não é nojenta. As minhocas ficam tranquilas dentro da caixa e o composto fica parecendo uma terra escura e fofa. Para quem mora em apartamentos ou em casas sem quintal, a melhor opção é o minhocário com caixas empilhadas. Na internet é fácil encontrar modelos que já vem prontos para começar a usar. Para os adeptos do faça você mesmo, no entanto, não é difícil montar a sua.

Dimensione sua composteira:
Tamanho e número de caixas dependem muito do número de pessoas. O resíduo da cozinha leva, em média, 45 dias para ser todo transformado em composto. Assim, você deve calcular ciclos de compostagem que compreenda não só a quantidade de restos de comida como a matéria seca.

É importante manter um equilíbrio. Em ambientes mais úmidos, a decomposição acontece mais rápido, porém há o risco de ocorrer mal cheiro. Em lugares muito secos, a decomposição demora muito mais. As minhocas sofrem com os dois extremos. O padrão é entre 20 e 30 partes de matéria seca, para uma de material úmido. Ao final, o volume diminui, com 10 para 1 de proporção no húmus.

São, no mínimo, três caixas. Uma, inferior, para coletar o chorume líquido, e outras duas para fazer o rodízio. Enquanto enche uma, as minhocas comem a outra. Quando a segunda encher, você esvazia a primeira. Use duas caixas de 45 litros para produção de 2 quilos de resíduos vegetais por dia, que é a média de uma família de quatro pessoas. Adeque a proporção para o tamanho de suas caixas e quantidade de lixo.

O que eu posso colocar ou não na composteira:
Tudo que você colocar na sua composteira e for orgânico, cedo ou tarde, vai acabar decompondo. Não há nada proibido. Mas lembre-se, equilíbrio é fundamental.

Minhocas não gostam de viver em um ambiente muito ácido, então é bom colocar com moderação compostos cítricos, como cascas de laranja e limão,

O mesmo serve para carnes, laticínios e comidas cozidas. Com decomposição muito lenta, podem originar mau cheiro e atrair insetos indesejáveis. Evite ao máximo.

Papel e papelão são bem vindos, mas que não tenham qualquer tipo de tinta ou verniz.

O que você vai precisar para montar sua composteira:
1- Caixas plásticas com tampa e que, quando empilhadas, encaixem de forma segura. Servem aquelas de organização, encontradas em lojas de artigos para a casa, ou baldes de conserva ou margarina, que podem ser encontrados em pizzarias e padarias.

2 – Torneira para filtro.

3 – Húmus de minhoca.

4 – Minhocas californianas. Se não encontrar minhocas vivas para comprar, o húmus é cheio de ovinhos de minhoca. Demora um pouco mais, mas logo elas começam a surgir na sua composteira.

5 – Material orgânico seco. Pode ser aparas de grama, folhas secas que coleta na praça perto da sua casa, serragem que pode ser adquirida em qualquer marcenaria (é importante que não contenham qualquer produto químico, como tinta ou verniz).

Como fazer:
1 – Faças furos diversos pequenos furos nas duas caixas destinadas à receber os resíduos. Eles tem que ser pequenos o bastante para que o húmus não escorra todo para as caixas abaixo, mas grandes o suficiente para que as minhocas transitem por lá. De 1 milímetro a 1,5 mm.

2 – Na caixa inferior, destinada à coleta do chorume, faça um furo na lateral de modo que comporte a torneira e a instale. É dali que vai sair seu fertilizante líquido. Para evitar entupimentos, pode colocar uma tela na parte interior.

3 – Faça uma cama com húmus de minhoca na primeira caixa digestora após a destinada ao chorume. Será a primeira a receber alimentos, dando um início no sistema. Caso tenha minhocas, você pode colocar elas ali também.

Pronto! Agora é só começar a compostar seus resíduos orgânicos. Acompanhe sempre a situação da composteira, adicionando matéria seca quando perceber que algo não anda bem por ali. Sempre que possível, misture o composto para que entre ar e estimule a decomposição aeróbia, realizada por bactérias que vão fazer boa parte do serviço para você..

Quando o material formado estiver uniforme e praticamente sem cheiro, ele estará pronto para servir suas plantas.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app da Globo Mais para ver reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, por R$ 4,90 e baixar o app da GALILEU.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s