Falsidade – Mantenha a distância


Na maioria dos conflitos, o diálogo é uma solução. Quando alguém faz algo que o magoa ou o decepciona, por exemplo, é válido conversar para tentar entender os motivos e o que pode ser feito para melhorar. Com a falsidade, entretanto, essa ação se parece com um desperdício de energia, uma perda de tempo.O motivo é que as relações, inclusive profissionais, são altamente baseadas na confiança. Quando alguém se revela falso, ainda que em atitudes que parecem inofensivas, esse laço é rompido. Depois de uma situação como essa, é comum se sentir traído e, como resultado, é muito difícil retomar ao mesmo nível de relacionamento. Além disso, pessoas falsas ainda podem ser extremamente persuasivas.Portanto, a recomendação é manter a distância após identificar alguém falso. Não seja grosso ou mal-educado, mas limite as interações. Converse apenas o básico, como realizar cumprimentos por mera educação. Assim, é possível diminuir o raio de atuação do interlocutor.


2. Não comente nada importante

Perdoar é um processo fundamental para ser feliz. Não guardar mágoas até de quem o chateou deixa a vida mais leve e ajuda a preservar as boas energias. Na hora de lidar com pessoas falsas, entretanto, o perdão não deve ser sinônimo de se esquecer completamente do que foi feito.Ainda que o indivíduo peça desculpas e prometa não fazer novamente, é fundamental não realizar comentários importantes na sua presença. Desse modo, não diga quais são os seus planos, em qual projeto está trabalhando ou o que pensa sobre outra pessoa.Abrir esse canal de novo só fará com que o falso tenha novas oportunidades de distorcer o que você disse ou fez — então, nesses casos, é melhor evitar.


3. Tenha cuidado com o que você ouve

Assim como é preciso ter cautela com o que será dito, é recomendado prestar atenção naquilo que escuta.O motivo é bem simples: mesmo com novos limites definidos, a convivência com alguém falso ainda pode trazer informações que não correspondem à realidade. Talvez você ouça a pessoa dizer que o chefe não gostou do seu trabalho ou que alguém falou mal de você em determinada oportunidade.Antes de acreditar em tudo o que sai da boca contaminada pela falsidade, pense duas vezes. Na maioria das situações, o melhor é apenas ignorar e assumir que se trata de uma inverdade. Caso fique na dúvida, apure os fatos, pergunte diretamente para quem mais estiver envolvido e tire a prova.


4. Evite o confronto

A sua energia diária é limitada. Ao tomar decisões, ter interações sociais ou entrar em discussões, o nível abaixa e você tem menos disponibilidade para encarar o restante do dia. Então, por que gastar energia com alguém cuja característica principal é a falsidade?

Evitar as disputas é uma dica importante sobre como lidar com pessoas falsas justamente para garantir a sua preservação. A discussão não valerá a pena e, provavelmente, será encerrada sem nenhuma conclusão ou mudança. Para piorar, a outra pessoa ainda terá a chance de distorcer os fatos e de colocá-lo como culpado, quando se é, na verdade, a vítima.Quando encarar uma situação em que a falsidade o prejudica, procure contornar o problema diretamente — seja com o seu chefe, seja com uma pessoa querida. Ao evitar o confronto, você demonstrará que não dá importância para as atitudes de quem tenta atingi-lo.


5. Não se envolva em fofocas

Outra dica de como lidar com pessoas falsas é não se meter em fofocas — afinal, esse é o mecanismo delas e não o seu. Mesmo que o objetivo seja deixar mais gente atenta, a conversa pode sair atravessada e ter a intenção inicial desviada.Imagine que, recentemente, você passou por uma situação em que alguém foi falso. Para tentar alertar outros membros da equipe, decide comentar o caso com gente de confiança. Em pouco tempo, é algo que se espalha e logo o centro da discussão toma ciência dos rumores. Em vez de assumir o que fez, é claro que o interlocutor inventa novos fatos e tenta virar o jogo a seu favor. O resultado? Uma guerra sem fim de fofocas e prejuízos para o clima organizacional.Acredite: as pessoas falsas sempre se revelam e o melhor que você pode fazer é não se meter em fofocas. Evite se queixar para quem estiver diretamente envolvido no assunto e siga a sua rotina da maneira ideal.


6. Limite o impacto da falsidade em sua vida

Quando os falsos sentem que não conseguem criar fofocas sobre você ou envolvê-lo em confusões, é comum que tentem afetar a sua realidade de todos os modos. Depois do afastamento, não é raro ver novas demonstrações de falsidade com grande intensidade. Ao se deixar atingir, dará o que o outro quer.Em vez disso, limite o impacto causado. Se o problema é um familiar que não se cansa de distorcer os fatos ou agir com duas caras, controle a sua irritação e não deixe que o afete. Você sabe a verdade e isso deve bastar para a sua paz interior. Quando o problema é no trabalho, não permita que ele chegue à sua vida pessoal.Ao tornar esse exercício uma constante é mais fácil manter o foco no que realmente importa: seus sonhos e objetivos. Assim, a sua felicidade não fica comprometida e o outro alguém deixa de ser uma ameaça ao seu bem-estar.Com essas dicas de como lidar com pessoas falsas, será muito menos complexo encarar a situação. Além de evitar desgastes desnecessários, você ainda diminuirá o poder de fogo de quem não tem a verdade como princípio.Para ter muitas outras dicas para a sua vida, acompanhe-nos no FacebookYouTubeInstagram e Twitter e não perca nada!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: igorkovalchuk / 123RF Imagens

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s