Desapego Emocional


Você conhece uma pessoa que seja desapegada, do tipo que não se sente presa nem a bens materiais e nem aos outros? Saiba que esse tipo de atitude pode ser um sinal bastante positivo de maturidade e de equilíbrio. Afinal, é perfeitamente possível ter bons relacionamentos e valorizar o que se tem sem manter uma relação de dependência. Continue acompanhando e saiba mais a respeito do desapego emocional e dos comportamentos que o definem.

O Que é o Desapego Emocional?

Existem pessoas que veem os chamados desapegados como seres que não dão valor ao que possuem. A verdade é que não se trata de não valorizar, mas sim de não tornar algo uma condição para a própria felicidade. Imagine que um indivíduo apenas consiga se sentir bem quando o seu par também está, como se precisasse de uma aprovação do outro. Acredita que isso seja saudável? É claro que em uma relação é natural compartilhar certos sentimentos, mas a essência de cada um deve ser sempre individual.

Em se tratando de coisas materiais, aquele que é desapegado sofre muito menos ao experimentar uma perda ou se precisar se desfazer de algo, porque não tem uma relação de dependência emocional com os seus bens. Por tudo isso, um indivíduo que é desapegado consegue viver de forma mais leve, sem cobranças, mantendo o foco nas coisas que realmente importam.

Se você tem a oportunidade de conviver com alguém assim, agradeça, pois não há nada melhor do que ter um relacionamento com uma pessoa que consegue demonstrar carinho sem ser pegajosa, amar sem se tornar dependente. Veja sempre isso como algo positivo e não como falta de amor, porque esse sentimento poderoso pode ser percebido de outras maneiras e excesso de apego definitivamente não é uma delas.

Características Comuns do Desapego Emocional

Para entender melhor o comportamento de uma pessoa que é desapegada emocionalmente, confira as principais características desse perfil.

  • Ciúme é o algo que raramente sente;
  • É alguém que está sempre disposto a ajudar;
  • Recupera-se de perdas com maior facilidade;
  • Vive o presente sem remoer o passado;
  • Assume sua responsabilidade ao invés de buscar culpados para os seus problemas;
  • Demonstra o que sente de maneira leve, sem cobrar que o outro retribua;
  • As experiências são mais valorizadas do que os bens materiais.

7 Passos Para o Desapego Emocional

Depois de entender melhor esse comportamento, confira dicas de como se tornar uma pessoa desapegada, para que consiga experimentar o melhor da vida com leveza e sem cobranças.

1 – Assuma Suas Responsabilidades

Quando você sente ciúme ou raiva, por exemplo, costuma colocar a culpa nas pessoas que geraram isso em seu interior? Se sua resposta for sim, é importante que repense. Afinal, se essas emoções aconteceram dentro de você, não há como terceirizar essa responsabilidade. Então, sempre que sentir algo que lhe causa incômodo, pense no que pode fazer para resolver essa questão consigo mesmo, para que comece a se desapegar emocionalmente e evite se chatear com coisas desnecessárias.

2 – Confie nas Pessoas

Se você está em um relacionamento com alguém é porque existe um sentimento que os une e, além de amor, é fundamental que haja confiança. Se aceitou viver essa relação, confie no seu par e evite querer controlar todos os passos dele. Lembre-se que estão juntos por livre e espontânea vontade, então não faz sentido transformar a liberdade em uma prisão. Caso não consiga confiar, por conta do comportamento do outro, o melhor a fazer é refletir e verificar se realmente é possível manter algo dessa maneira.

3 – Entenda as Suas Emoções

Quando queremos conhecer algo, costumamos fazer perguntas para obter mais informações, certo? Quando se trata das suas emoções é importante que faça o mesmo e se questione para entender a razão pela qual se sente dessa ou daquela forma. Assim, poderá descobrir o porquê de sofrer quando determinada situação acontece, de se sentir inseguro, com raiva, com ciúme, feliz. Então, irá descobrir todos os pontos do seu comportamento que precisa trabalhar para que possa realmente desapegar.

4 – Permita-se Mudar

Grande parte dos seres humanos tem problema com coisas novas e, por isso, insiste em manter situações, mesmo quando elas estão ruins. Um emprego, um relacionamento, um estilo de vida, independente do que esteja te causando desgaste, permita-se mudar e ir em busca do novo. Só se vive uma vez, por isso, dê o seu melhor para desfrutar dessa oportunidade fantástica com o máximo de qualidade possível.

5 – Desapegue de Querer Estar Sempre Com a Razão

O ego é capaz de fazer com que o desejo de ter sempre razão se torne mais importante do que a própria felicidade. Então, eu te pergunto: você quer ter razão ou ser feliz? Reflita sobre isso, faça a sua escolha e lembre-se sempre dela quando estiver em uma situação de conflito. Não vale a pena comprometer a sua tranquilidade apenas para mostrar aos outros que está certo, pois o importante é o que você mesmo acredita.

6 – Liberte-se de Tudo o Que Não Agrega

Desapegar também é sinônimo de libertação, de eliminar da sua vida tudo aquilo que não agrega e não contribui com a sua felicidade. Nesse sentido, procure fazer uma análise geral, incluindo sentimentos, amizades e outros relacionamentos, despesas, objetos, roupas. Faça uma verdadeira faxina, interna e externa, e mantenha consigo apenas o que for positivo e fizer sentido para você.

7 – Mantenha o Foco nas Oportunidades

Se você foi demitido ou viu um relacionamento chegar ao fim, por exemplo, ao invés de se lamentar, alegre-se por ter tido aquela oportunidade, afinal todas as experiências são capazes de nos trazer lições poderosas. Ao invés de manter o foco no fim, mantenha na chance que teve de aprender coisas novas naquela empresa ou ao se relacionar com uma pessoa e seja grato por isso. Esse pensamento irá permitir que se torne mais forte e possa recomeçar.

Você pode se envolver sem se tornar dependente e é esse detalhe que diferencia uma relação saudável. Lembre-se sempre que o verdadeiro desapego não precisa ser sinônimo de distância, mas sim de se sentir completamente livre para se aproximar e se relacionar de maneira leve e equilibrada. Pense nisso!

 

 

Copyright: 1039921906 – https://www.shutterstock.com/pt/g/goodstudio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s