Amor depois dos 60 anos


 

Eu recebi um email de uma leitora do blog que dizia assim: “Anselmo, estou com 67 anos e nunca tive tanto desejo sexual e tanta tesão, estou me sentindo uma tarada… o que devo fazer?”

E eu respondi: AME INTENSAMENTE SEM MEDO DE VIVER E MUITO MENOS DE SER FELIZ…

Não existe idade para o amor, e o coração é o órgão de nosso corpo que mais demora a envelhecer, assim como a alma imortal o amor não tem idade, tempo de duração, regras, formatos apenas ama.

Poucos são aqueles privilegiados que podem amar, e quando amam não incluem como pré requisito a idade ou coisa desse tipo. O amor ama intensamente e de forma total, não importando se o alvo ou fonte desse amor seja: jovem, velho, branco ou preto, feio ou bonito, perfeito ou deficiente, homem ou mulher.
O amor como já disse tantas vezes aqui e vou dizer de novo SÓ AMA.
No mundo moderno da internet, dos sites de relacionamento a solidão esta relegada a segundo plano. É fato, e normal que ainda existem milhares de pessoas cheias de conceitos e preconceitos, regras e fórmulas ultrapassadas que só conseguem se afastar cada vez mais da oportunidade de ser e fazer feliz.
Não existe idade para o amor. O que é comum é a falta de ousadia de grande parte das mulheres depois dos 60, oriundas de uma geração que eram educadas para serem mães e esposas e que não podiam de formar nenhuma ter desejos ou sonhos.
Não podiam estudar, não podiam pedir ou desejar determinados carinhos ou atos sexuais porque “isso não é coisa de mulher séria.” Sempre submissas, sempre prontas a se dedicarem aos filhos, ao marido e a casa, essas mulheres não tinham o direito de ter prazer ou de realizar suas fantasias ou vontades como mulher.
Tenho várias leitoras nessa faixa etária e elas são taxativas em dizer: “que não podiam fazer nada.” Poucas conheciam alguma coisa sobre sexualidade, muitas delas nunca conseguiram ter um orgasmo porque seus homens, seus maridos ou melhor seus donos não permitiam.
Falar com outras mulheres sobre orgasmo, sexo oral, anal e outras alternativas de prazer era no mínimo doloroso porque elas em sua grande maioria nunca conseguiram chegar a lugar nenhuma e uma dessas mulheres me comentou que fingia, fingia, fingia ter prazer.
Hoje para nossa alegria e felicidade, a realidade é bem diferente. A mulher pode, deve e sabe buscar o que quer como mulher.
Uma dessas chegou quase se auto destruir por ser menosprezada e desvalorizada pelo marido, que tinha uma ejuculação precoce e ela nem sabia o que significava amar.
Acredite voces que essa mulher vamos chama-la aqui de Claudete, viveu 32 anos com esse marido que a achava feia, e que proporcionava todo tipo de agressão verbal e as vezes até agressão física.
Pasmem voces que ele disse para Claudete que estava impotente e não podia mas fazer amor com ela mas, fazia com outras. Ela na sua insegurança e falta de conhecimento em vez de buscar um médico especialista aceitou a vontade dele e em vez de se tornar mais bonita para criar um novo ambiente ou clima para o amor até com outra pessoa, se entregou a sua frustação e insegurança buscando na comida uma saida. Deixou de se cuidar e chegou a ficar com quase 120 quilos.
Imagine o que aconteceu, esse marido estava cada vez mais distante.
De repente uma mudança inesperada, mais real acontece. Esse marido morre.

E essa mulher começa a se olhar mais, faz um operação de redução de estomago e fica mais bonita pra ela mesma, conhece um homem quinze anos mais jovem que ela e que a faz viver tudo aquilo que ela só imaginava em sonhos ou em romances e contos de fada.
Hoje com 68 anos de idade, é mulher, fêmea em toda a intensidade e sentido etmológico do ser MULHER. TEve a ousadia de buscar aquilo que queria porque enquanto estivermos vivos e o corpo responder aos nossos estípulos podemos tudo.
Tem prazer, satisfaz o seu homem de todas as formas e principalmente a si mesma.
O que isso tudo representa?
Uma verdade simples e normal:Qualquer pessoa pode amar e ser amada independente da idade. O fato de estar com mais de 60 anos e ter vontade sexual, desejo de ser mulher é um privilégio e não um problema, defeito ou aberração.
Eu sou do tempo que ter 60 anos era esta velho em fim de carreira em fim de vida. Me lembro de quando menino quantas pessoas da minha familia deixaram de produzir de ser feliz de amar e ser amada por estar “VELHO” na concepção antiga e ultrapassada.
Hoje tudo é diferente, faço esse ano 59 e o ano que vem 60 anos de idade e me sinto um menino.
A juventude esta no espírito, na alma imortal e na nossa vontade de querer ser feliz.
Essa felicidade pode ter mais intensidade no viver porque existe conteudo, respeito, cumplicidade, carinho, amor, atenção consigo mesmo e com o outro. Juntos com certeza encontrarão e viverão momentos e inesquecíveis independente da idade de cada um.
Saindo um pouco do foco, acho tão engraçado quando entra uma nova leitora no blog, hoje temos 936 pessoas que nos visitam e fico super feliz com tamanha repercussão, e a primeira coisa que me falam é que é UMA MULHER SÉRIA.
Ai eu pergunto prá ela ou elas o que é ser uma MULHER SÉRIA?
Na maioria das vezes elas respondem quero um relacionamento verdadeiro, duradouro e fiel e não aventuras.
Quem não quer?
Só não podemos e não devemos nunca começar um relacionamento já criando regras ou obstáculos para algo que voce não sabe se o outro é a pessoa esperada ou desejada.
Ser uma MULHER SÉRIA prá mim, é aquela que independente da idade é capaz de buscar seus sonhos, seus desejos, suas vontades de mulher.
Não importa se de forma virtual, real, imaginária ou ficticia.
O tempo não para, a vida não espera e temos que viver, aproveitar o AGORA, o JÁ, porque não sabemos quanto tempo temos por aqui.
A idade mais certa para o amor é aquela quando a gente ama a si mesmo, e sendo assim podemos amar ao outro.
A mulher é um ser tão magnifico, tão incrível, tão maravilhoso que não precisa ser bonita, ter seios duros, bundinha empinada, isso ou aquilo tão divulgado e propagado pela televisão, rádio, jornais e revistas.
Toda mulher é capaz de fazer um homem feliz…
A mulher só precisa olhar pra ela mesma e perceber o seu poder de ser feliz de produzir vida e assim mostrar que amar não é uma questão de idade, de beleza, ou coisas do gênero. Qualquer mulher é capaz de criar desejo, ser sensual para alguém, para o seu homem para o seu amor.
Amar é um estado da alma, que nos faz feliz fazendo o outro feliz. Que eu seja feliz em mim mesma e assim possa com certeza ser no outro. Me dar, sem esperar nada receber e receber sem preciso nada dar.
Concluido o amor não cobra, não pede, não exige nada. O amor só AMA.
O amor é imortal e não tem idade, pense nisso e ame, ame de todas as formas e assim sua vida terá mais sentido e razão.
Ai voce vai ver como tudo se torna mais bonito, e mesmo que o outro não te veja em toda a sua intensidade, beleza e exuberância, mesmo que o teu homem ou teu amor não consiga te ver, não penetre na tua alma, no teu universo feminino é melhor do que ver o tempo passar sozinha.
Ser feliz é tudo que se quer…
E todos nós podemos ser quando queremos realmente.
Um carnaval maravilhoso para todas.
Vou terminar com versos lindos de um poeta chamado Gonzaguinha.
Viver e não ter a vergonha de ser feliz… Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz…
Beijos no coração e até breve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s