PASSO NÚMERO 11 EM DIREÇÃO À RIQUEZA: O SUBCONSCIENTE


Você verá como o subconsciente espera, qual gigante adormecido,
para apoiar todos os planos e propósitos. Finalmente você poderá encher o
subconsciente com pensamentos positivamente dirigidos, que lhe trarão
tudo o que deseja na vida.

O SUBCONSCIENTE é constituído de um campo de consciência, em que cada impulso
de pensamento que alcança o consciente, por qualquer dos cinco sentidos, e classificado e
arquivado, e do qual se rode consultar ou retirar como cartas de um fichário.

Recebe e arquiva impressões sensoriais ou pensamentos, de qualquer natureza. Você
pode plantar, voluntariamente, em seu subconsciente, qualquer plano, pensamento ou
propósito que deseje traduzir em seu equivalente físico ou monetário. O subconsciente age
primeiro nos desejos dominantes, que se misturaram aos sentimentos emotivos, como a fé.

Considere isso em conexão as instruções dadas no capítulo do Desejo, para dar os seis
passos ali indicados e as instruções

(p. 162)

constantes do capítulo sobre a criação e execução de planos – entenderá, então, a importância
do pensamento transmitido.

O subconsciente trabalha dia e noite. Por um método de procedimento desconhecido ao
homem, o subconsciente retira força da Inteligência Infinita, para ter o poder com que,
voluntariamente, transmuta desejos em seu equivalente físico, usando sempre os meios mais
práticos para conseguir esse objetivo.

Não se pode controlar, inteiramente, o subconsciente, mas pode-se, voluntariamente,
entregar-lhe qualquer plano, desejo ou propósito, que você deseja transformar em forma
concreta. Leia novamente as instruções para usar o subconsciente, no capítulo da auto-
sugestão.

Há provas em quantidade para apoiar a crença de que o subconsciente é o elo que liga
à mente finita do homem a Inteligência Infinita. E, o intermediário, por meio do qual
se pode utilizar as forças da Inteligência Infinita, a vontade. Só ele contém o processo secreto
pelo qual os impulsos mentais são modificados e transformados em seu equivalente espiritual.
Só ele e o meio pelo qual a oração pode ser transmitida a fonte capaz de responder a oração.

A Primeira Criação Deve Ser o Pensamento

As possibilidades de esforço criador, ligadas ao subconsciente, são estupendas e
imponderáveis. Inspiram-nos respeito.

Nunca abordo a discussão do subconsciente sem uma sensação de pequenez e
inferioridade, devidas, talvez, ao fato de que todo o estoque de conhecimentos humanos sobre
o assunto é tão lamentavelmente limitado.

Depois de aceitar como realidade a existência do subconsciente e compreender suas
possibilidades como meio de transmutação do desejo em seu equivalente físico ou monetário,
você compreenderá o significado total das instruções dadas no capítulo do desejo.

Compreenderá, também, porque foi repetidamente advertido a tomar seus desejos claros e a
escrevê-los.Entenderá, ainda, a necessidade de persistência, ao levar a termo as instruções.

Os treze princípios são os estímulos pelos quais você adquire a capacidade de alcançar
e influenciar o subconsciente. Não desanime se não o conseguir na primeira tentativa. Lembre-
se

(p. 163)

de que o subconsciente só poderá ser dirigido, voluntariamente, pelo hábito, sob a orientação
dada no capítulo sobre a fé. Você ainda não teve tempo de dominar a fé. Seja paciente, Seja
persistente.

Inúmeras afirmações, constantes dos capítulos sobre a fé e a auto-sugestão, serão aqui
repetidas em benefício do subconsciente. Lembre-se de que o subconsciente funciona
voluntariamente, quer você faça um esforço para influenciá-lo, quer não. Isso,
naturalmente, lhe sugere que pensamentos de medo e pobreza e todos os pensamentos
negativos servem de estímulo ao subconsciente, a não ser que você domine esses impulsos e
lhes forneça alimento mais apetecível para se banquetear.

O subconsciente não permanece ocioso! Se você deixar de plantar desejos no
subconsciente, ele se alimentará de pensamentos que lhe chegam por negligência. Já
explicamos que impulsos de pensamento, tanto negativos como positivos, estão continuamente
chegando ao subconsciente, das quatro fontes mencionadas no capítulo sobre a transmutação
sexual.

Por enquanto, basta lembrar que você vive diariamente em meio a todas as espécies
de impulsos de pensamento, que alcançam o subconsciente sem o seu conhecimento. Desses
impulsos, uns são negativos, outros positivos. Você está empenhado agora em tentar fechar o
fluxo de impulsos negativos e ajudar a influenciar, voluntariamente, o subconsciente, através de
impulsos positivos de desejo.

Quando você o conseguir, terá a chave que abre a porta do subconsciente. Além disso,
você controlará a porta tão completamente que nenhum pensamento indesejável poderá influir
no subconsciente.

Tudo o que o homem cria começa em forma de impulso de pensamento. O homem
nada cria, sem antes concebê-lo em pensamento. Com o auxílio da imaginação, os impulsos de
pensamento são reunidos em planos. A imaginação, estando sob controle, pode ser usada para
a criação de planos ou propósitos que levam ao sucesso, na ocupação escolhida.

Todos os impulsos de pensamento destilados a transmutação em seu equivalente físico,
plantados no subconsciente voluntariamente, devem passar pela imaginação e misturar-se a fé.
A “mistura” da fé com um plano ou propósito destinado a submissão ao subconsciente, só pode
ser feita através da imaginação.

Dessas observações, você concluirá, prontamente, que o usa voluntário do
subconsciente exige coordenação e aplicação de todos os princípios.

Como Sujeitar as Emoções Positivas

O subconsciente é mais suscetível a influência dos impulsos de pensamento,
misturados ao “sentimento” ou emoção, do que aos que se originam somente da parte racional
da mente. Na verdade, há muitas provas para apoiar a teoria de que apenas os
pensamentos emocionalizados têm qualquer influência de ação sobre o subconsciente. É fato
notório que a emoção e o sentimento governam a maioria das pessoas. Se é verdade que o
subconsciente reage com mais rapidez e é mais prontamente influenciado por impulsos de
pensamento bem misturados a emoções, é essencial familiarizar-se com a mais importante das
emoções. Há sete emoções positivas principais e sete emoções negativas principais. As
negativas se injetam por si mesmasnos impulsos de pensamento, o que assegura passagem
para o subconsciente. As positivas devem ser injetadas, pelo princípio da auto-sugestão, nos
impulsos de pensamento que o indivíduo quer passar ao subconsciente. (Foram dadas
instruções no capítulo da auto-sugestão.)

Essas emoções, ou impulsos dos sentimentos, podem ser comparadas ao fermento no
pão, pois constituem o elemento de ação que transforma impulsos de pensamento passivos em
ativos. Assim se pode compreender porque os impulsos de pensamento, misturados com
emoções, recebem ação, mais rápida que os impulsos de pensamento originários da “razão
fria”.

Você está se preparando para influenciar e controlar o “auditório interno” do
subconsciente, para entregar-lhe o desejo de dinheiro, que você quer transmutado em seu
equivalente monetário. É essencial, pois, que entenda o método de abordar o “auditório
interno”. É preciso falar-lhe a língua, ou ele não atenderá ao seu chamado. Compreende melhor
a linguagem da emoção e do sentimento. Vamos, pois, descrever aqui as sete emoções
positivas principais e as sete emoções negativas principais, de modo que você possa aproveitar
as positivas e evitar as negativas, ao dar instruções ao subconsciente.

AS SETE EMOÇÕES POSITIVAS PRINCIPAIS

Desejo

Amor
Sexo
Entusiasmo
Romance
Esperança

Existem outras emoções positivas, mas essas são as sete mais poderosas e as mais
comumente usadas no esforço criador. Domine essas sete emoções (só podem ser dominadas
pelo uso) e as outras emoções positivas estarão a seu dispor, quando delas precisar. Lembre-
se, quanto a isso, que você está estudando um livro destinado a auxiliá-lo a desenvolver a
“consciência do dinheiro”, enchendo a mente com emoções positivas.

AS SETE EMOÇÕES NEGATIVAS PRINCIPAIS

(A serem evitadas)

Medo
Ciúme
Ódio
Vingança
Ganância
Superstição
Raiva

Emoções positivas e negativas não podem ocupar a mente ao mesmo
tempo. Uma ou outra devem dominar. É responsabilidade sua assegurar-se de que as
emoções positivas constituem influência dominante em sua mente. A lei do hábito virá em seu
auxílio. Forme o hábito de aplicar e usar as emoções positivas! Acabarão por dominar-lhe a
mente tão completamente que as negativas não poderão entrar.

(p. 166)

Somente se seguir essas instruções literal e continuamente é que você poderá adquirir
controle sobre o subconsciente. A presença de uma única emoção negativa em seu consciente
é suficiente para destruir todas as transformações de auxílio construtivo, do subconsciente.

Oração e Subconsciente

Se você é tipo observador, deve ter notado que a maioria das pessoas só recorre à
oração, depois que tudo o mais falhou! Ou então, rezam por um ritual de palavras sem
significado. E, como é fato que a maior parte das pessoas reza porque tudo o mais falhou,
fazem a oração com a mente tomada pelo medo e a dúvida, emoções com as quais age o
subconsciente,passando-as a Inteligência Infinita. Do mesmo modo é essa a emoção com
que a Inteligência Infinita recebe e com a qual age.

Se você reza por algo, mas, ao rezar, teme não recebê-lo, ou que sua oração não será
atendida pela Inteligência Infinita, a oração terá sido em vão.

A oração resulta, às vezes, na realização daquilo pelo qual se reza. Se você já teve,
alguma vez, experiência de ter recebido aquilo pelo qual pediu, volte, na memória, e lembre-se
do seu verdadeiro estado de espírito ao rezar e saberá com certeza que a teoria aqui descrita é
mais que uma teoria.

O método pelo qual você se pode comunicar com a Inteligência Infinita é muito
semelhante aquele pelo qual a vibração do som se comunica pelo rádio. Se você compreende o
princípio de funcionamento do rádio, sabe naturalmente que o som não se comunica enquanto
não for transformado num grau de vibração capaz de ser detectado pelo ouvido humano. A
estação transmissora de rádio capta o som da voz humana e modifica-a, aumentando as
vibrações milhões de vezes. Somente assim pode a energia do som ser comunicada pelo
espaço. Após essa transformação, a energia (que originariamente tinha a forma de vibrações
sonoras) é levada aos receptores de rádio e esses aparelhos convertem novamente a energia
ao seu grau de vibração original, de modo que se reconheça o som.

O subconsciente e o intermediário que traduz nossas orações em termos que a
Inteligência Infinita possa reconhecer,
apresenta a mensagem e traz a resposta, em forma de plano ou ideia definidos, para encontrar
o objeto da oração. Compreenda esse princípio e saberá porque meras palavras, lidas num
livro de orações não podem e nem servirão como agente de comunicações entre a mente
humana e a Inteligência Infinita.

PONTOS A FIXAR:

O subconsciente pode se alimentar de pensamentos fortuitos – pensamentos derrotistas
– ou pensamentos de sucesso e riqueza. A escolha é sua; os resultados podem ajudá-lo a
realizar-se ou prejudicá-lo.

Reconheça sete emoções negativas principais e assegure-se de que não terão
possibilidade de criar raízes em sua mente. Ao mesmo tempo, reconheça e domine, com
firmeza, as emoções positivas importantes.

Além da mente jaz a Inteligência Infinita, para a qual sua mente pode ser
sintonizada, qual aparelho de rádio, tanto transmitindo como recebendo. A energia de todo o
universo pode ajudar suas orações a serem atendidas.

Dia a dia você forma o poder de usar seu poderoso subconsciente. Logo você
controlará os impulsos primários que estão atrás de cada plano e cada parte da obra.

O homem é tão grande quanto a medida de seu pensamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s