Os pontos positivos de aprender empreendedorismo na escola


Ao incentivar essa prática desde cedo, escolas formam estudantes preparados para o mercado de trabalho e o mundo dos negócios

 Para ter sucesso no mundo dos negócios não basta apenas conhecer disciplinas básicas aprendidas desde criança, como português, matemática, história, geografia e ciências, ou mesmo na área de atuação escolhida, como engenharia, direito ou economia. O mercado de trabalho exige cada vez mais pessoas inovadoras e com habilidades como liderança, resiliência e capacidade de tomar decisões.Em vista desta capacitação importante e necessária, algumas escolas têm implantado em suas diversas matérias projetos de empreendedorismo, nos quais o estudante aprende na prática desde a criação até a gestão de uma pequena empresa, adquirindo atributos importantes para a vida adulta. É o caso do Colégio Poliedro, em São José dos Campos (SP), onde os alunos já estão engajados em iniciativas empreendedoras desde o Ensino Fundamental II. “Comportamentos como buscar oportunidades, ter iniciativa, estar atualizado, estabelecer metas, comprometer-se, aprimorar a habilidade de argumentação, organização e planejamento são fundamentais”, afirma a professora de Matemática (Aritmética) do 6º ano do Ensino Fundamental, Rosemeire Scudeler Cigagna de Godoy.No final de 2016, alguns professores do Poliedro fizeram uma capacitação profissional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), sobre “Jovens Empreendedores Primeiros Passos – 6º ao 9º ano”. Neste ano, eles levaram o que aprenderam para as salas de aula. “O professor, ao lançar questões e colocar os alunos desde cedo em situações em que eles deverão propor ideias, planejar e agir para realizá-las, está direcionando-os ao encontro do que chamamos hoje de empreendedorismo”, ressalta Rosemeire.

De acordo com ela, é possível incentivar o empreendedorismo na escola transformando as ideias dos estudantes em projetos factíveis em que eles são os protagonistas, contribuindo de alguma forma com a sociedade e/ou meio ambiente, como nas turmas em que ministra aulas.

Os alunos estão formatando a montagem de uma Eco Papelaria. Para isso, eles estão estudando e assimilando as características de um empreendedor, bem como executando o “passo a passo” de um plano de negócios. Na iniciativa multidisciplinar estão envolvidos professores de aritmética, geometria, ciências, laboratório, artes, educação para a cidadania e filosofia.

A empresa será inaugurada no mês de novembro durante a Mostra de Projetos Poliedro.  Na ocasião, os alunos venderão folhas de papel recicladas, confeccionadas por eles, e objetos feitos com essas folhas (marcadores de livros, cartões, “post it” etc). Após a Mostra, a Eco Papelaria continuará a funcionar oferecendo folhas recicladas, além de sobras de folhas de papeis diversos (cartolina, color set, dobradura, etc), doados pelos alunos, para reuso em trabalhos escolares.

Sobre o Colégio Poliedro

Com sedes em São José dos Campos, São Paulo e Campinas, o Colégio Poliedro trabalha dia a dia com a missão de formar e transformar jovens do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio em cidadãos atuantes, protagonistas e conscientes de seu papel e de sua responsabilidade na sociedade.

Para enfrentar o desafio de educar, o Colégio tem como proposta de formação a valorização do conhecimento em um ambiente estimulante, onde se destacam a dedicação, a autonomia e a tecnologia.

Para saber mais a respeito do Colégio Poliedro, acesse: www.colegiopoliedro.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s