GetNinjas foca em mercado feminino


Startup promoveu evento sobre a importância das mulheres no setor de serviços

Na manhã da terça-feira (21), a startup GetNinjas, marketplace que conecta clientes a prestadores de serviço, promoveu, em homenagem ao mês das mulheres, o primeiro encontro entre profissionais cadastradas na plataforma: “O poder feminino no setor de serviços”. Em tempos de luta pelo empoderamento feminino e pela igualdade de salários e cargos em todas as áreas de trabalho, o evento reforçou ainda mais a importância de dar voz às mulheres.

A iniciativa partiu da preocupação da empresa em, cada vez, mais atrair talentos e profissionais do sexo feminino em todos os tipos de serviços, não apenas naqueles considerados “trabalho de mulher”. “Eu fico muito feliz de ver que o GetNinjas consegue ajudar com a causa do empoderamento feminino. Nós temos orgulho de contribuir para a melhoria de vida de muitas parceiras que temos na nossa base do aplicativo e suas famílias”, explica Eduardo L’Hotellier, CEO e Fundador do GetNinjas.

Atualmente, 25% dos profissionais cadastrados no aplicativo são mulheres e esse número tende a aumentar. Nos últimos três anos, o GetNinjas registrou um crescimento de 26% para 41% nas mulheres cadastradas que oferecem seus serviços pela plataforma. As categorias de serviço em que as mulheres lideram o ranking são as aulas, com professoras de diversos temas, com presença de 42%, eventos, com 46%, serviços domésticos, com 76%, saúde, com 79%, e moda e beleza, com 83%.

O evento, que aconteceu no Hotel Excelsior, no Centro de São Paulo, contou com a presença das profissionais cadastradas no GetNinjas, do CEO, Eduardo L’Hotellier, do diretor de produtos, Luiz Fernando Diniz, e da equipe Ninja. A empreendedora do ramo de limpezas, Ivana Silva, subiu ao palco para contar toda sua trajetória de sucesso, de diarista a empreendedora, e como o GetNinjas foi importante durante todo o processo de sua liberdade financeira e na construção do seu sonho.

Hoje, além da empresa que administra diaristas, Ivana também conseguiu montar a sua lanchonete Retrô Consolação, em São Paulo. “O GetNinjas trouxe de volta a minha estabilidade financeira. Não foi fácil, mas eu consegui”, relembrou emocionada. Durante o debate, também foi falado sobre o preconceito que muitas mulheres que atuam em ramos considerados masculinos vivenciam.“Já chegaram a me perguntar onde estava o técnico e eu dizia que era eu”, conta Alexsandra Lopes, técnica em informática, cadastrada há dois meses no GetNinjas. “Nós precisamos nos impor. Fazemos o trabalho tão bem quanto os homens.” No final, o cantor Beto Moreno, que fez sucesso após se cadastrar no app, cantou para todos os presentes.

Uma curiosidade do tema é o perfil das mulheres cadastradas no GetNinjas. A maioria delas está em um relacionamento sério, apenas 20% estão solteiras. São profissionais de todas as idades que expõem os seus serviços na plataforma. A faixa etária varia entre 18 e 64 anos, sendo que 38% delas têm entre 25 e 34 anos. Cerca de 20% ainda possuem firma aberta e 72% têm diploma de graduação.

 

Sobre o GetNinjas:

Fundada em outubro de 2011, o GetNinjas é uma plataforma que conecta clientes a prestadores de serviços. Com 200 mil profissionais cadastrados em todo o Brasil, divididos em mais de 100 subcategorias, e uma média de 130 mil cotações por mês no site, a empresa já captou mais de R$ 47 milhões de investimento da Monashees Capital, Kaszek Ventures e Tiger Global.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s