Saiba o que são organizações exponenciais e o seu processo de gestão


27/10/2017

Entenda como elas estão mudando o mundo e conheça suas características

Quando pensamos em organização exponencial (também chamada de ExOs), logo a associamos com sua alta taxa de crescimento. Apesar de esta ser sua característica mais marcante, as organizações exponenciais vão muito além dos impressionantes números. Elas estão mudando o mundo e a forma de se fazer gestão de empresas. Quer saber como e quais são suas características?

Definição
De acordo com os autores do livro “Organizações Exponenciais”, Salim Ismail, Michael S. Malone e Yuri Van Geest, uma organização exponencial “é aquela cujo impacto (ou resultado) é desproporcionalmente grande – pelo menos dez vezes maior – comparado aos seus pares, devido ao uso de novas técnicas organizacionais que alavancam as tecnologias aceleradas”.

Outra característica desse tipo de organização, tão importante quanto seu desenvolvimento, é que todas elas têm um Propósito Transformador Massivo, ou seja, causa algum tipo de disruptura, seja tecnológica, seja no modelo de negócios ou mesmo inventando um produto completamente novo que irá transformar nossos hábitos e costumes, como foi o caso do smartphone.

Organizações lineares x exponenciais
Por que as organizações exponenciais têm se destacado no mundo dos negócios? Como vimos acima, elas inovam rápido, adaptam-se facilmente às mudanças e seu modelo de negócio e resultados são altamente escaláveis.

Este modelo se contrapõe às organizações clássicas, conhecidas como lineares, que têm forte estrutura hierárquica, investem em ativos físicos, empregam um número regular de funcionários, têm objetivos e metas baseados em resultados passados e, principalmente, têm aversão a mudanças e evitam qualquer tipo de risco. Esse modelo de negócios se mostra cada dia mais ultrapassado, não sendo capaz de acompanhar as mudanças na sociedade moderna, que acontecem cada vez mais rápido.

Uma estrutura matricial tem dificuldade em inovar e responde lentamente às necessidades do mercado. As áreas dentro da organização linear comunicam-se pouco e tendem a priorizar projetos ou metas dentro da própria área em vez de colaborar entre si, porque sentem a necessidade de seguir processos rígidos e pré-estabelecidos e temem os imprevistos ou alterações que precisam de rápida aprovação.

Características da ExOs
Também por definição, as ExOs têm dez atributos, sendo cinco de ordem interna (SCALE) e cinco de ordem externa (IDEAS).

SCALE

  1. Equipe sob demanda (staff on demand): garante funcionalidade, flexibilidade e velocidade nas operações, um contingente fixo pode ser uma âncora para os negócios.
  2. Comunidade e multidão (community and crowd): é importante cultivar uma rede de pessoas engajadas e entusiastas que possam contribuir com o desenvolvimento do seu negócio.
  3. Algoritmos (algorithms): desenvolver e proteger seu próprio algoritmo de modo que o coloque em destaque no mercado.
  4. Ativos alavancados (leveraged assets): alugar, compartilhar ou alavancar ativos mantém a flexibilidade e a capacidade de responder rápido a mudanças.
  5. Engajamento (engagement): por meio de diversos recursos interativos, como sistemas digitais de reputação, jogos e prêmios de incentivo, criando um vínculo forte com a empresa e um canal de feedback.

IDEAS

  1. Interfaces: costumam ser as características mais distintivas da ExOs. São processos de filtragem e comparação obtidos por algoritmos e fluxos de trabalho automatizados que ilustram o output das externalidades de SCALE para as pessoas certas, no momento certo, internamente.
  2. Dashboards: uma maneira ágil, flexível e disponível para toda a organização de gerenciar a organização e medir resultados (um recurso recorrente da gestão a vista)
  3. Experimentação (Experimentation): seguindo o lema de “falhe rápido, aprenda rápido, tenha sucesso mais cedo”, a experimentação é a melhor maneira de evitar desperdícios e diminuir riscos.
  4. Autonomia (Autonomy): equipes multidisciplinares, autoorganizáveis, com autoridade descentralizada.
  5. Sociais (Social): tecnologias sociais que promovem engajamento, interação e transparência, reduzindo a distância entre a obtenção e o processamento da informação da tomada de decisões.

Se interessou pelo tema? Saiba mais no livro “Organizações Exponenciais”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s