Falta de carinho: como salvar o meu casamento que está em crise


 Publicado em: 19/10/2016  Por: Equipe SBie
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça este conteúdo0:0003:20AudimaAbrir menu de opções do player Audima.

As crises e dificuldades fazem parte do casamento, e é essencial superar esses problemas para que a relação não acabe.

Toda relação passa por momentos de conflito e problemas, inclusive o casamento. Por mais as pessoas busquem a felicidade a todo momento, um relacionamento não envolve apenas situações prazerosas: as crises e dificuldades fazem parte do matrimônio, e é preciso superar os obstáculos de forma que eles não desgastem a relação.

Identificar o que está causando desequilíbrio e prejudicando a relação é o primeiro passo para salvar seu casamento: rotina, falta de diálogo, dependência emocional, desencontros, problemas financeiros, falta de carinho, ciúmes excessivo e insegurança são os principais fatores que abalam uma relação.

Como salvar um casamento que está em crise

Caminhem de mãos dadas

O casamento faz com que todas as coisas sejam duplicadas: os questionamentos, os sonhos, as consequências das escolhas, a influência do passado, as inseguranças, o medo do futuro, as emoções e os impulsos. Quando essas questões são vividas separadamente, o casal acaba se desconectando e se distanciando. O compartilhamento dessas questões é o que dá sentido aos relacionamentos.

Sonhem juntos

Tenham pelo menos três sonhos em comum. A busca pela concretização deles fará com que vocês se unam, enfrentem as diferenças, superem as dificuldades e caminhem na mesma direção.

Abrace seu parceiro

Abraços que duram mais de 20 segundos aumentam o nível de hormônios que aproximam pessoas e desperta o amor, como a oxitocina — conhecida como o hormônio do amor. Abuse da terapia do abraço!

Aprofundem a intimidade

Tomem banho, escovem os dentes e cozinhem juntos. Esse grau de aproximação faz com que vocês aprofundem a intimidade e a troca de afeto, criando um clima de companheirismo e amizade.

Tenham momentos a dois

Se esforcem para, pelo menos uma vez por mês, fazer um passeio ou atividade sozinhos. Arrumem-se e saiam para conhecer um lugar, um restaurante, uma casa de shows ou um motel. Todo casal precisa de tempo a sós, longe dos filhos, amigos, família, trabalho e estresse.

Conheça seu parceiro

Em uma relação, é fundamental que as pessoas se compreendam. Conheça a história de vida do seu parceiro, bem como a educação que ele recebeu, suas dores, seus medos, alegrias, tristezas, traumas, sua infância e sua família. Conversem sobre tudo isso e permita que ele conheça sua vida também. Quando conhecemos e acolhemos a história de alguém, passamos a entender muitas coisas sobre esta pessoa.

Controle suas emoções

Sempre que perceber que seu estado emocional foi afetado, afaste-se, respire e acalme-se. Conte até dez, deixe a raiva passar, entenda o que aconteceu e, somente quando estiver consciente, aproxime-se e fale sobre o assunto.

Lembre-se: explosões, ataques de raiva e discussões desnecessárias só desgastam a relação, e são consequência do descontrole emocional — que pode ser evitado ao pararmos e nos recompor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s