Escala de Atividades Básicas da Vida Diária


Escala de Atividades Básicas da Vida Diária

ENFERMAGEM

As Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVD’s) são de ser capaz de: atender ou discar o telefone; conseguir deslocar-se a outros locais sem necessidade de planejamento especial; de preparar as refeições; de arrumar o domicílio; de realizar trabalhos manuais ou pequenos reparos; tomar seus medicamentos na dose e horário correto; e de cuidar de suas finanças.

Escala de Atividades Instrumentais da Vida Diária
O declínio da capacidade funcional geralmente conduz a pessoa idosa à limitação ou perda total na realização de atividades básicas e instrumentais da vida diária. Geralmente, as atividades instrumentais da vida diária (AIVD’s) são atingidas primeiramente, sendo essas utilizadas como marcadores para detectar a capacidade funcional. A partir de incapacidades instaladas nas AIVD’s, as outras atividades básicas da vida diária (AVD’s) também poderão estar comprometidas.

A condição de dependência severa para as AIVD’s foi constatada em 50,0% dos 80 idosos em condição de alta hospitalar, em 2002, num hospital universitário, do município de Porto Alegre (PAZINATTO, 2003). Em 2003, realizou-se, em outro hospital universitário, da mesma localidade, um estudo com 164 pessoas idosas em condição de alta hospitalar, sendo constatado que 78,0% tinham dependência para as AIVD’s (PAZ, 2004).

Diante dessa realidade, associada às transformações no campo econômico, social e epidemiológico faz-se necessária à implantação de políticas sociais e de saúde relativas à população idosa, a fim de suprir as necessidades, garantindo um envelhecimento com qualidade. Tal fenômeno é suprido pela criação e implementação de políticas de atenção integral à saúde do idoso que deve ter o entendimento de “que o envelhecer não é sinônimo do adoecer”.
(BRASIL, 2003, p. 6).

Portanto, ao perder alguma capacidade o idoso necessita de um cuidador formal ou informal, de acordo com sua cultura, religião, condição socioeconômica e doença. Segundo Saldanha e Caldas (2004), o cuidador de um idoso dependente em situação paliativa, terá um papel de canalizador das dificuldades enfrentadas por essa pessoa. (SALDANHA e CALDAS, 2004).

Para aprimorar o atendimento na área da saúde do idoso, cabem as instituições de saúde propor capacitações de profissionais que atendam a população idosa, com o intuito de formular medidas educativas e resolutivas que visem diminuição das perdas físicas e cognitivas do idoso.

Entretanto, na busca da qualidade dos serviços de saúde e da assistência à saúde, torna-se evidente a necessidade de avaliar as competências dos profissionais para atuarem nesse espaço social e de saúde, de forma generalista e de identificação com a área de saúde da família e do idoso.

As universidades e os órgãos públicos devem estimular a produção científica de trabalhos na área do idoso e da família, contribuindo para conhecimento da realidade.

O conhecimento da realidade facilita a elaboração de metas do serviço de saúde por meio de medidas educativas, conforme a realidade de cada local. Silva et al. (2006) mencionam que os serviços de saúde e os profissionais precisam avaliar o grau de comprometimento do idoso e de sua família com o propósito de maximizar a capacidade funcional.

Corrobora-se que a dependência é maior para as atividades mais complexas, para qual necessita de um cuidador. Cabe ressaltar sempre aos membros familiares e aos profissionais de preservar a auto-estima e autonomia diante do cenário social e de saúde, do qual vivencia o idoso.

Desta forma, cabe ao enfermeiro realizar a avaliação do grau de dependência, mas também, desenvolver um plano de cuidados dirigido ao autocuidado. Indubitavelmente, o enfermeiro deve estimular as pessoas idosas, os familiares e a comunidade para desenvolverem iniciativas que visem uma melhor qualidade de vida diante das mudanças e perdas tão visíveis nessa etapa do ciclo vital.

Por sua vez, as políticas enfatizam a necessidade da criação de ações voltadas para atenção do idoso em nível local, respeitando as diversidades regionais e individuais presentes na sociedade. Portanto, é necessária a formulação de práticas assistenciais condizentes com as reais necessidades de saúde da população local.

Toda pessoa independente de sua idade deve superar os preconceitos da velhice, envelhecer com dignidade, garantir uma velhice plena e satisfatória com apoio e respeito de todos os cidadãos, pois possibilita o enfrentamento de perdas funcionais e/ou psicológicas presentes nesta etapa do ciclo vital. Assim, a assistência ao idoso dependente é de extrema importância para a promoção da saúde e qualidade de vida, bem como na adaptação das mudanças presentes nesta etapa.

A pessoa idosa em condição de dependência tem necessidades de um cuidador, sendo indiscutível que o profissional de enfermagem desenvolva um plano de cuidados junto do idoso e cuidador que contemplem a recuperação e a reabilitação de sua dependência. Portanto, torna-se evidente a atuação da equipe de saúde da família que seja responsável e comprometida com ações que qualifiquem a assistência à saúde e promova o envelhecimento digno e bem-sucedido das famílias, entre os membros a pessoa idosa.

Colunista Portal - Educação

por COLUNISTA PORTAL – EDUCAÇÃO

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s