Entenda como funciona o aluguel de ações


Para quem investe em ações pensando no longo prazo e não pretende negociar seus ativos em breve, o aluguel de ações é uma alternativa para ganhar mais. Já quem precisa de ações para viabilizar alguma estratégia ou, por exemplo, para cobrir vendas realizadas a descoberto, pode alugar as ações em vez de comprá-las no mercado tornando-se um “tomador”.

Assim como é possível alugar um veículo ou um imóvel, também é possível alugar ações. A operação é simples: quem possui as ações pode disponibilizá-las para aluguel – tornando-se um chamado “doador”. Em troca, recebe uma taxa pré-determinada, negociada em mercado.

Além disso, durante esse período, mesmo com as ações alugadas, o doador continua recebendo todos os proventos pagos.

É importante, também, que o doador saiba que ele não pode vender suas ações durante o período em que elas estão disponibilizadas para o aluguel, mesmo que elas não estejam alugadas no momento. Caso o doador queira realizar qualquer operação com suas ações, é preciso, antes, comunicar a corretora.

A BM&FBovespa atua como reguladora e como contraparte central, garantindo as operações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s