Como lidar com a frustração profissional?


 Publicado em: 01/07/2016  Por: Equipe SBie
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça este conteúdo0:0004:07AudimaAbrir menu de opções do player Audima.

A frustração profissional pode gerar sentimentos de tristeza e insatisfação, levando ao desenvolvimento de doenças psicológicas.

A frustração está relacionada à incapacidade de realizar um desejo ou atender a uma expectativa, e podemos nos sentir frustrados em qualquer área e momento da vida. Porém, quando a frustração é frequente e não conseguimos encontrar uma forma eficaz de enfrentar esse sentimento, ele pode acabar se tornando um grande problema.

A frustração profissional merece atenção especial, pois é no trabalho que passamos a maior parte do dia. Se nos sentimos frustrados na maior parte do tempo, estamos muito mais vulneráveis a desenvolver doenças físicas e psicológicas associadas a sintomas de tristeza, medo, insatisfação e baixa autoestima. Se você está passando por um momento de frustração profissional, é preciso sair desse ciclo e mudar sua realidade o mais rápido possível.

Identifique os motivos da frustração profissional

A frustração profissional pode surgir por diversos fatores, e o primeiro passo é identificar o que está acontecendo. Conheça algumas situações comuns que podem trazer frustração profissional:

Insatisfação salarial

Você sente que não é reconhecido financeiramente e que deveria ganhar mais pelas atividades que executa e por todo seu empenho. Essa falta de reconhecimento traz um sentimento de desvalorização.

Falta de identificação com as atividades realizadas

Você não gosta e não tem habilidades para desempenhar suas atividades, precisa fazer um grande esforço para atingir um resultado, sente que não nasceu para isso e que poderia ser muito mais útil e feliz fazendo qualquer outra coisa.

Falta de reconhecimento

Você só recebe críticas e, quando acerta, parece que não fez mais nada além da sua obrigação. Você se sente desvalorizado por não ser reconhecido por seus superiores.

Dificuldade de se relacionar

O ambiente de trabalho é ruim e você não gosta das pessoas que trabalham com você. Você sente que seus colegas e chefes não têm nada a ver com você e não se sente bem na presença deles.

Falta de propósito

Você sente que, caso seu trabalho não existisse, não faria diferença alguma para o mundo. Você não encontra um propósito por trás de suas atividades e da missão da empresa.

Perfeccionismo

Nada do que você faz parece suficiente, pois você quer ser perfeito e sempre sente que poderia ter feito mais. Em outras palavras, você se sente um fracasso.

Estresse

O trabalho consome todo o seu tempo, e você já não faz mais as coisas que trazem satisfação. As cobranças são excessivas e você se sente pressionado.

Falta de perspectiva

Você não vê oportunidades de crescimento e, por isso, não estabelece metas e objetivos dentro da empresa, vivendo um dia após o outro apenas fazendo a sua parte.

Como lidar com a frustração profissional

– Faça um planejamento e converse com seu chefe sobre suas pretensões salariais. Se não tiver perspectiva de melhoria, planeje algo novo;

– Descubra qual atividade traz mais satisfação para sua vida e quais são seus talentos e habilidades. Converse com seus gestores sobre isso e, se for o caso, avalie uma possível mudança de profissão;

– Reconheça seu valor, sem esperar por reconhecimento externo. Quando você sabe de seu próprio valor, não depende do reconhecimento dos outros;

– Encontre o propósito. Descubra qual a razão de existência da empresa, quantas pessoas ela ajuda e qual seu papel nesse contexto;

– Cobre-se menos e entenda que você não precisa ser o melhor de todos, embora precise sempre dar seu melhor;

 Desligue-se do trabalho quando estiver fora dele e desfrute momentos de descontração e lazer;

– Construa seu Plano de Carreira e apresente ao RH da empresa. Assim, é possível saber se os seus objetivos podem ser alcançados no seu emprego atual.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s