Trabalho cooperativo, elemento indispensável nas salas de aula


·  novembro 23, 2018

O trabalho cooperativo deveria estar presente em todos os centros educativos, tanto no ensino fundamental quanto no ensino médio. O que se busca com essa metodologia é realizar trabalhos em grupo para que os alunos desenvolvam determinadas habilidades sociais e tomem consciência da importância do esforço individual de cada um dos membros do grupo para alcançar os objetivos propostos pela equipe.

Há muitas outras vantagens de aplicar o trabalho cooperativo nas salas de aula. Contudo, devido às exigências dos currículos escolares e à rigidez das unidades didáticas, costuma-se deixar essa prática de lado por falta de tempo. Isso limita a aprendizagem dos jovens, que veem sua educação reduzida à assimilação de várias ideias teóricas cuja aplicabilidade muitas vezes é desconhecida.

O método Montessori é a estratégia que mais se preocupou em aplicar o trabalho cooperativo nas salas de aulas. E não como um complemento, mas como a forma “ideal” de aprender. Atualmente, embora existam muitas escolas que utilizam esse método, a grande maioria se volta a crianças que frequentam o ensino fundamental, já que Montessori não teve tempo para desenvolver um método destinado a estudantes mais velhos.

Trabalho em grupo na escola infantil

Os valores transmitidos no trabalho cooperativo

O trabalho cooperativo é essencial para que os alunos possam adquirir valores que irão ajudá-los a ter um desenvolvimento e crescimento pessoal muito enriquecedor. Além disso, essa forma de trabalhar lhes permitirá desenvolver algumas habilidades que serão muito úteis no futuro. Vamos ver, a seguir, alguns dos valores que os estudantes podem adquirir com essa metodologia de trabalho.

  • Responsabilidade individual e grupal. Se um membro do grupo não fizer sua parte do projeto, ao final a equipe não conseguirá atingir a meta proposta. Por isso, o trabalho cooperativo ajuda os estudantes a desenvolver tanto sua responsabilidade individual quanto grupal.
  • Humildade. O trabalho cooperativo permite que todos os membros de um grupo se sintam iguais. Todos vão receber uma parte da tarefa proposta, mas ninguém estará acima do outro. Não estão competindo entre si. Podemos pensar em um barco no qual um de seus integrantes quer remar mais rápido que os demais. O barco pode acabar virando se todos não remarem de forma coordenada.
  • Assertividade. Realizar um projeto em grupo é muito importante para desenvolver a assertividade. Saber administrar as diferenças de opiniões, dizer “não” a uma ideia maluca e fazer com que cada um dos membros possa sentir que suas opiniões são levadas em consideração são aspectos importantes. Além disso, junto com esse valor, pode-se desenvolver o respeito.

 “A união faz a força… quando há trabalho em equipe e colaboração, pode-se obter resultados maravilhosos”.
-Mattie Stepanek-

Como aplicar o trabalho cooperativo em sala de aula?

Para ter sucesso com o trabalho cooperativo, os professores precisam mudar a metodologia que até o momento estavam colocando em prática para trabalhar com os alunos. Isso pode parecer muito difícil no início, mas é bastante simples se os passos necessários forem bem conhecidos. Vamos ver quais são.

Formação das equipes

Uma boa escolha das equipes fará com que os grupos estejam equilibrados e que a cooperação seja adequada. Para poder fazer isso, é necessário saber como cada aluno trabalha de maneira individual.

Por isso, antes de dar o passo de iniciar o trabalho cooperativo em sala de aula, é imprescindível que o professor tenha um tempo para conhecer cada aluno, a menos que já tenha trabalhado com eles em anos anteriores.

Atividade em grupo na escola

Caso outro professor, que dê uma matéria diferente, também queira aplicar essa metodologia, seria adequado conversar com aquele que já conhece os alunos. Manter os mesmos grupos em disciplinas diferentes é adequado para que o trabalho em equipe tenha sucesso. Caso contrário, as dinâmicas de trabalho podem ser alteradas.

Realizar dinâmicas de grupo

Antes de colocar em prática o trabalho cooperativo, é importante fazer dinâmicas de grupo. Ou seja, pequenos trabalhos ou atividades nos quais os estudantes tenham que realizar um trabalho em equipe.Dessa forma, eles irão se acostumar a cooperar e começarão a desenvolver a consciência de grupo.

As aulas de tutoria são um momento ideal para fazer essas dinâmicas.Além disso, podem ser trabalhados aspectos relacionados à motivação e às comemorações perante uma meta alcançada, por menor que ela seja.

“Um professor que sabe estimular seus alunos e dá a cada um deles sua confiança obterá bons resultados com mais facilidade do que um professor frio, distante e mais crítico, que não sabe transmitir um espírito de luta e esforço aos alunos”.
-Enrique Rojas-

Trabalho cooperativo em sala de aula

A cooperação nas aulas tem um objetivo fundamental: conseguir fazer com que os alunos se tornem mais autônomos, mas que, ao mesmo tempo, saibam se ajudar mutuamente para atingir um objetivo comum.

O trabalho cooperativo ajuda a aprender com mais facilidade e desenvolver habilidades indispensáveis para o dia a dia. Portanto, dar atenção a essa forma de trabalhar em sala de aula, que pode ser aplicada em todas as disciplinas, ajudará os estudantes a não ficarem entediados e a aprenderem habilidades e estratégias úteis para a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s