O Que é Swing Trade e Como Operar Com Sucesso


by Rico.com.vc on Abril 19, 2017

swing trade

E se fosse possível ganhar dinheiro na bolsa sem gastar muito tempo operando?

O swing trade, diferente do day trade e do position, é uma estratégia de operação na bolsa de valores mais versátil, operando a curto e médio prazo. Com certeza é a forma de trabalho com melhor relação retorno e tempo.

Neste texto, você saberá finalmente o que é swing trade, suas vantagens, desafios, táticas e dicas para que você se torne um trader mais capacitado. Também falaremos sobre o perfil do swing trader de sucesso.

Se quiser saber tudo sobre day trade, preparamos um guia completo para você neste link.

Caso tenha qualquer tipo de dúvida, não deixe de escrever o seu comentário no final dessa página.

Boa leitura!


Afinal, O Que é Swing Trade?

swing trade o que e

Essa estratégia é uma das favoritas entre os traders que possuem outras profissões.

O swing trade é uma das principais metodologias de trabalho no mercado de capitais. Ele é uma forma de trading de curto prazo.

Quem opta por esse modo de operação, aposta em tendências de mercado para ganhar dinheiro com ações, futurosopções e etc.

Essa é uma forma de trade com menos risco e maior possibilidade de ganhos. Por isso, é mais tranquilo que o day trade. Todavia, nunca descarta-se fazer alguma operação de day trade (comprar e vender papéis no mesmo dia) para aproveitar oportunidades.

O período que o swing trader mantém os papéis depende de sua estratégia e momento de mercado. No entanto, varia entre 3 dias a algumas semanas, de acordo com a posição desejada.

Afinal, o swing do mercado se apresenta em diversas ondas. Ao observar um gráfico semanal, você verá movimentos que levam semanas para se completarem. E ao checar um diário, perceberá movimentos de dias.

Assim, operando swing trade, o investidor precisa saber especular, valendo-se dos gráficos. Neste caso, utiliza-se majoritariamente o gráfico diário, 60 minutos e intraday para ler o mercado e responder de forma reativa, e não proativa.

Essa é uma das vantagens de trabalhar swing trade, você pode tentar ganhar no curto prazo, mas não precisa acompanhar o mercado ponto a ponto. Isso permite com que você leve a vida de trader em paralelo com outra atividade profissional.

Esse ritmo menos acelerado torna a vida do swing trader mais tranquila em relação aos scalpers e day traders que realizam muitas operações por dia e, asssim, precisam gerenciar muito mais risco do que operando em swing trade.

escola técnica é a principal forma de análise de ativos. E como em todas estratégias de trade, você deve respeitar os stops de entrada e saída.

Em mercados com tendência, o swing trade possui muito mais terreno para lucros.

No entanto, quando está consolidado, dificilmente se aproveita toda a alta ou toda a baixa.

Os Riscos Que Precisam Ser Gerenciados

Assim como em outras formas de operação, o swing trader não pode ir contra suas próprias estratégias. Como dito, os stops são programados para serem respeitados.

Eles servem para frear quedas e ganhos, mas também para controlar o ímpeto do operador que muitas vezes não aceita perdas, mantendo ou vendendo papéis no ‘calor do momento’.

Lembre-se que o swing trader tem mais tempo para recuperações. Por isso, não pode guardar mágoas do mercado. Ele deve ser mais paciente que o day trader, projetando os papéis a médio prazo.

Para minimizar os prejuízos do swing trade, o operador deve configurar stops de acordo com o período da acão e expectativa de retorno. Ou seja, quanto mais curta uma operação for, menor deve ser o seu stop.

Mas caso queira aproveitar uma subida mais longa, basta alterar o stop no seu home broker. O custo disso é comprometer o que já foi ganho com uma eventual oscilação negativa.

A lei da diversificação de investimentos também vale aqui. Não aposte todas as suas fichas nos mesmos papéis.


Qual a Diferença entre Day Trade, Swing Trade e Position

swing trade day position

A principal diferença está em quanto tempo a ação é mantida.

No Day trade, o gráfico utilizado é o de minutos. Não interessam os movimentos dos dias, afinal, o operador não dorme posicionado em nenhum papel. Todo dia ele zera suas posições.

Já no position, ou buy n hold, compra-se as ações sem data para venda com base em fundamentos, pois está investindo e não especulando.

Os gráficos podem ser usados para avaliar o melhor timing, mas espera-se ganhar com o passar dos anos.

Nesse caso, lucra-se com os dividendos (lucro das empresas dividido entre os acionistas).

E caso as ações tenham uma cotação negativa (abaixo do valor médio), o investidor compra mais papéis, pois considera isso como uma oportunidade.

Lembre-se que quanto menor o período com um papel, menor os lucros e riscos. Quanto mais tempo com ele, melhor são os ganhos. Desse modo, o swing trader é o operador que fica entre o day trade e o buy n hold.

O swing trade não visa o maior ganho em cada operação, nesse sentido ele zera suas posições nas longas subidas. Isso ocorre porque o trader precisa focar em pequenos ganhos, apostando no volume de operações.

Quando o gráfico oscila três vezes em direção ascendente, a chance dele cair é grande, por isso deve-se garantir o lucro.

Se você ainda tem dúvidas, assista ao vídeo abaixo que explica de maneira clara sobre as estratégias de operações:

 

 

Maiores Vantagens do Swing Trade

Uma das vantagens de trabalhar com swing trade é não precisar antecipar os movimentos do mercado para ganhar dinheiro. Pode-se esperar a tendência se confirmar para ter mais certeza de suas ações.

Em comparação ao day trade, essa o swing implica em custos menores, pois opera-se bem menos, algo em torno de 70 trades por ano.

E em relação ao position, o operador de swing trade pode aproveitar todos os movimentos do mercado.

Essa é a melhor estratégia para novos traders, que ainda estão estudando e praticando suas habilidades no mercado de ações.

Como não é preciso ativididade constante, o aprendiz pode continuar em seu emprego, sem a necessidade de tirar o seu sustento do mercado.


Quem Deve Operar No Swing Trade?

swing trade perfil

Para operar swing trades, você deve ser ótimo com os gráficos e suas tendências.

Isso depende muito do seu estilo de vida, tempo disponível para operacão e gosto ao risco. O seu capital disponível também vai falar se está na hora de operar ou continuar praticando em simuladores.

Lembre-se da lei do mercado de variável: não coloque em risco o que não está disposto a perder.

Pré-requisitos

O swing trader precisa ter um ótimo conhecimento do mercado de capitais. Ele deve dominar a análise técnica e fundamentalista (sim, esse tipo de técnica ajuda a filtrar a compra de ativos).

Ao optar pelo swing trade, é possível complementar a renda com uma atividade profissional flexível, onde as suas posições na bolsa que definirão quanto tempo você gastará semanalmente operando.

A Rotina De Um Swing Trader 

Primeiro é preciso ter uma visão geral do mercado identificando a confiança geral na bolsa, depois no setor e nas suas posições atuais.

Então, parte-se para a análise técnica para comprar logo após uma ruptura ou vender próximo ao nível de resistência da ação.

O certo é que ser trader é uma atividade que traz riscos sérios a amadores, então é recomendado que os investidores comecem com calma até ganharem mais experiência e conhecimento técnico.

Nossa recomendação é que você ouça os especialistas. Caso seja um cliente Rico, você tem um time à sua disposição em todos os pregões nas salas de aula ao vivo.

Comece operando valores pequenos para você, em torno R$ 10.000, buscando ganhos por operação de 1%.

Você pode operar 20 minutos por dia, dependendo da sua estratégia e papéis comprados. O ideal é que você seja consciente de suas ações e momentos de mercado.

Isso dará mais tranquilidade para que você não adote o comportamento de day trader com posições de swing. Isso pode ser perigoso.


Como Identificar Ações Apropriadas Para o Swing Trade?

swing trade acoes

Não basta saber escolher a ação. É vital também saber o tempo certo de compra ou venda.

Você deve desenvolver um método de identificação, fazer o seu set up e testá-lo antes de colocar em prática. A criação da sua configuração deve ser feita com a análise técnica.

Análise Técnica ou gráfica

A principal forma de análise das ações é a análise técnica. Consiste no estudo da dinâmica do mercado por meio dos sinais extraídos do passado e presente, utilizando gráficos com preços principalmente e volume de negociações.

Todas as informações estão nos gráficos e, combinadas, indicam tendências de mercado. Eles devem ser interpretados dentro de estratégias, incluindo fatores de oferta e procura e psicologia das massas que afetam a cotação de uma ação.

Enfim, esses dados mostram o comportamento da ação em relação ao mercado, apresentando rupturas gráficas e oportunidades de compra ou venda, efetivando lucros com as valorizações.

O grande desafio da análise técnica é identificar as tendências para saber qual a direção do mercado.

Em resumo, o mercado é movida por três tipos de tendências: alta, baixa e neutra.Essas tendências são divididas em longo, médio e curto prazo.

Dessa forma, a análise técnica não é prever o futuro, mas monitorar o presente.

Melhores Indicadores

IFR – Índice de Força Relativa (calibragem indicada: 14 períodos) – para identificar níveis de sobrecompra e sobrevenda, sempre ajustados, e principalmente as divergências, além das lts traçadas no próprio indicador que alertam o “advanced breakdown”.

 

Bandas de Bollinger (calibragem indicada: desvio de 2 e 20 períodos) – acompanhar as fugas, principalmente de longos candles.

Médias Móveis Exponenciais:

As médias móveis ajudam a orientar as tendências da acão.

  • Curto prazo (tendência terciária): Calibragem indicada de 09 períodos. Ótimo como stop para operações de swing trade
  • Médio prazo (tendência secundária): Calibragem indicada de 21 períodos
  • Longo prazo (tendência primária): Calibragem indicada de 200 períodos

Principais candle sticks de reversão:

  • Martelo e suas variações (martelo invertido, enforcado e estrela cadente)
  • Doji e suas variações (long doji, spinning-top, 4 preços, lápide e dragão)

Conclusão Sobre Swing Trade

conclusao swing trade

O Swing Trade é uma ótima forma de operar na bolsa. Mas é para você?

Não recomendamos o Swing Trade se você quer enriquecer da noite para o dia. Como em todos os investimentos, a não ser que tenha muito capital para alocar, dificilmente você conseguirá obter muito dinheiro em pouco tempo.

Mesmo que tenha o patrimônio disponível, é preciso dominar as técnicas e formas de operar na bolsa. Afinal, você não resolve tornar-se um lutador profissional sem muito estudo e prática, certo?

Dessa mesma forma, prepare-se para o mercado, praticando em simuladores e depois colocando dinheiro de forma gradativa. Não existem atalhos no mercado financeiro. Esse é um ambiente de profissionais.

Conte com o nosso apoio para preparar você para as lutas no mercado de valores:

Então, seja paciente para obter pequenos ganhos de forma contínua, esse é o melhor jeito de aumentar o seu patrimônio. Como em todas operações na bolsa, é preciso ganhar bastante e perder pouco.

Afinal, as perdas ocorrerão. Ninguém acerta 100% do tempo. Mas como você lida com a derrota e a proporção que ela tem é o que diferencia um swing trader de sucesso e um amador.

Nesse sentido, evite os principais erros de todo iniciante na bolsa. Nunca traga um dinheiro economizado a duras penas para o mercado, montando uma carteira de ações logo no primeiro dia de operação.

Assim, você venderá o que está ganhando para garantir o lucro e manterá o que está perdendo. Com o lucro das vendas, compra outros papéis, repetindo o ciclo anteior e garantindo o lucro enquanto não assume as perdas.

Essa estratégia está fadada ao fracasso, pois parte de uma mentalidade de longo prazo, montando uma carteira de investidor com dinheiro poupado. Mas ao fazer trade com ações vencedoras, mistura-se position e swing trade.

Escolha a sua forma de trabalhar na bolsa e se atenha a ela: swing trade, day trade ou position.

Caso queira migrar, tudo bem. Mas mude de sistema pensando em todas as variáveis e suas implicações.

Gostou do texto? Então deixe um comentário com o seu feedback para podermos ajudá-lo com possíveis dúvidas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s