Perdas financeiras: 4 motivos para resolver isso ainda hoje


perdas financeiras

Toda empresa está sujeita a enfrentar situações financeiras difíceis. Quando o país está atravessando uma fase econômica mais delicada, abalada por grandes rombos e atuações políticas duvidosas, as finanças empresariais ficam mais vulneráveis ainda.

O importante é que as perdas financeiras sofridas pela empresa sejam compensadas o quanto antes. E toda medida que puder reduzir essas perdas deve ser implementada rapidamente. O gestor fiscal desempenha um importante papel nesse processo.

Descubra ao menos 4 bons motivos para você resolver problemas de perdas financeiras o mais rapidamente possível!

1. As perdas financeiras reduzem o potencial competitivo da empresa

Para manter-se em um mercado abalado por problemas financeiros, com um consumidor bem mais esclarecido e exigente, disputado por muitos concorrentes e em constante modificação, a empresa precisa manter um potencial competitivo à altura.

Naturalmente, perdas financeiras vão comprometer essa capacidade da organização em manter-se ativa. Quanto mais elevadas forem suas perdas financeiras, menos possibilidades ela tem de aderir às mudanças, de adotar certos diferenciais significativos.

Algumas empresas resolvem aumentar demais os preços dos produtos ou serviços para compensar seus prejuízos financeiros, o que pode ser uma tática quase suicida, reduzindo ainda mais seu potencial competitivo diante de outras empresas mais bem estruturadas, que oferecem preços melhores para o cliente.

2. As perdas financeiras aumentam os riscos do negócio

Sem capital de giro suficiente, a sobrevivência da empresa torna-se muito mais difícil. Como suprir as despesas e custos necessários para manter a empresa operante, com seu ciclo de produção/venda no ritmo adequado?

Para suprir a falta de dinheiro, algumas empresas recorrem a empréstimos. Entretanto, essa atitude pode ser ainda mais comprometedora, considerando-se os juros envolvidos e o baixo potencial da empresa para assumir dívidas.

Os riscos aumentam bastante diante das perdas financeiras, e a falta de controle mais rigoroso sobre o fluxo de caixa pode, efetivamente, levar a empresa a fechar as portas.perdas financeiras

3. As perdas financeiras comprometem o pagamento dos tributos

Na verdade, as perdas financeiras podem ser, pelos menos em parte, consequência de um planejamento tributário deficiente, que não identifica as melhores oportunidades para pagar menos impostos (principalmente escolhendo o regime tributário mais apropriado e recuperando créditos tributários).

Da mesma forma que a empresa deve proceder a uma redução e corte de custos e despesas, deve usar estratégias para pagar menos tributos — mas dentro da lei.

De qualquer modo, o comprometimento com a carga tributária se mantém. Assim, se as perdas financeiras forem realmente muito altas, a empresa poderá iniciar um processo de evasão fiscal, eximindo-se de pagar impostos devidos para economizar dinheiro.

Essa tática ilícita vai comprometer a empresa diante do fisco que, mais cedo ou mais tarde, irá autuá-la e penalizá-la com multas pesadas. A empresa corre o risco de abrir falência ou ser legalmente fechada.

4. As perdas financeiras significam redução na margem de lucro

As perdas financeiras podem afetar de forma negativa a margem de lucro da empresa. Quando a empresa está tendo prejuízos é sinal de que as despesas e os custos são maiores que a receita.

Para tentar superar as dificuldades e vender mais, a empresa pode mesmo ser obrigada a reduzir uma margem de lucro que já não é muito satisfatória, como um recurso de emergência.

Perdas financeiras muito elevadas, que superam os lucros, levam, não raro, a decisões radicais, como o fechamento do negócio ou sua venda precipitada a outra empresa.

Em alguns casos, a cisão, a incorporação, a fusão e a transformação societária são alternativas que a empresa encontra para compensar lucros baixos ou quase nulos e perdas financeiras altas.

A empresa em que trabalha está passando por muitas perdas financeiras? Já pensou na possibilidade de recuperar créditos tributários para melhorar as finanças? O planejamento tributário tem sido eficiente? Já usa um sistema de gestão fiscal? Deixe seu comentário!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: