Por que dói tanto quando uma amizade acaba


A psicóloga Irene Levine explica por que é tão ruim perder um amigo e o que podemos fazer para superar isso.

Foto via Etsy.

Esta matéria foi originalmente publicada na VICE US .

Já é esperado que o fim de um romance te deixe acabado emocionalmente. Discos de pé na bunda são abundantes e até um clichê, e existem aproximadamente um bilhão de livros e filmes sobre o assunto.

Mas pouca arte foi feita com o tema: perder amigos. O que é uma surpresa, considerando a frequência com que isso acontece. Segundo pesquisadores da Holanda que estudaram os relacionamentos de 604 pessoas, mais da metade das amizades acabam depois de sete anos.

Leia também: “Como terminar uma amizade ruim”

E perder um amigo é um saco. Seja resultado de uma briga, mudança para outro lugar ou aquela gradual perda de contato. Sorte daqueles — são poucos — que jamais tiveram que lidar com o coração partido e a ansiedade que vêm quando uma relação platônica termina.

Você antecipa um longo período de desordem emocional quando termina um relacionamento romântico, mas a experiência de romper laços com um amigo geralmente é varrida para baixo do tapete.

Falei com Irene Levine, psicóloga e autora de Best Friends Forever: Surviving a Breakup with Your Best Friend, sobre por que é tão ruim perder um amigo e o que podemos fazer para superar isso.

VICE: Por que as pessoas geralmente não falam sobre amizades que acabam?
Irene Levine: A cultura pop mitificou as amizades, sugerindo que elas devem durar para sempre. Então mulheres, especialmente, são julgadas pela capacidade de fazer e manter amigas, e ficam envergonhadas que outros vejam o término de uma amizade como um fracasso pessoal. Os homens acreditam num estereótipo e desconsideram separações de amigas como coisa de mulher. Esses rompimentos são trivializados porque é difícil para alguém de fora entender a profundidade dos sentimentos envolvidos numa amizade próxima.

Por que é importante ter amizades? O que tiramos dessas relações?
Nossas amizades são muito importantes durante a vida. Elas nos fazem sentir valorizados, compreendidos e conectados a algo maior que nós mesmos. Nossos amigos nos apresentam a novas experiências e maneiras de ser. Bons amigos estão lá para comemorar seus sucessos e te consolar quando as coisas vão mal.

Diferente de [relações familiares], esses laços começam por vontade. Essas pessoas são escolhidas porque essa relação é mutuamente satisfatória.

Qual a diferença da dor ao perder uma amizade e perder um amante?
Quem está fora dessa amizade pode não entender o significado da perda, ou oferecer muita simpatia. Quando alguém termina com um amante ou se divorcia, todo mundo apoia. O mesmo não vale para amizades que terminam.

Uma amizade é tóxica quando é unilateral, não fornece apoio e é prejudicial.

Na sua opinião, por que tendemos a ter menos amigos conforme vamos envelhecendo?
Não é a idade, em si, que torna mais difícil achar e ter amigos. Isso tem mais relação com as circunstâncias. Por exemplo, quando estamos na escola e na faculdade, somos jogados com pessoas no mesmo estágio da vida, na mesma localização física, com interesses similares, que estão ansiosas para fazer amigos.

Depois disso as pessoas vão para direções diferentes enquanto continuam sua educação ou buscam uma carreira e relacionamentos românticos. Isso pode significar mudanças geográficas que encerram (ou alteram dramaticamente) amizades passadas. Quando as pessoas estão lidando com responsabilidades e abrindo um caminho para o futuro, é menos conveniente e mais difícil separar um tempo para os amigos.

Com a idade vêm mais responsabilidades, e muitas pessoas veem amizades como indulgência.

Como as amizades se tornam tóxicas?
Uma amizade é tóxica quando é unilateral, não fornece apoio e é prejudicial. Isso não é necessariamente culpa de uma ou das duas pessoas, mas uma amizade tóxica não é mais recíproca. Ela parece cansativa e não satisfaz.

Como saber qual é hora de sair de uma amizade?
A decisão de sair — e como sair — de uma amizade deve ser considerada cuidadosamente. Terminar amizades abre portas para efeitos colaterais. Seu amigo pode saber segredos seus que você não quer que se espalhem. Vocês podem ter amigos em comum que vão ficar desconfortáveis com o término. Vocês podem ser colegas de trabalho e o fim da amizade pode prejudicar suas relações de trabalho. Seu ex-amigo pode ser tornar agressivo e rancoroso.

Não sucumba ao mito de que todas as amizades são para sempre. A maioria das amizades acabam, mesmo as boas.

Se você fica com o fardo do rompimento de amizade, você deve levar para o lado pessoal?
Se você fez ou disse algo errado, ou não disse ou fez algo que deveria, claro, você deve se desculpar com a pessoa e aprender com a experiência.

Mas na maioria das circunstâncias, esses rompimentos não são culpa de ninguém. Nenhuma das pessoas têm interesse ou motivação suficiente para sustentar a amizade. Tenha em mente que isso pode ter mais a ver com a outra pessoa e a vida dela do que com você.

Qual um bom mecanismo para lidar com o fim de uma amizade?
Lembrar que leva tempo para superar qualquer perda. Além disso, lembre que você provavelmente vai romantizar aspectos da amizade e repassar as razões para a relação ter terminado. Tente preencher as horas vagas revendo outras pessoas ou fazendo atividades que você perdeu. Não sucumba ao mito de que todas as amizades são para sempre. A maioria das amizades acabam, mesmo as boas. O final de uma amizade não invalida experiências positivas anteriores. Use seu aprendizado para ser um amigo melhor e fazer escolhas melhores no futuro.

Tradução: Marina Schnoor

Siga a VICE Brasil no FacebookTwitter e Instagram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s