Como Não Ficar Deprimido Devido à Solidão


3 Métodos:Amenizando a solidãoAumentando a conexão socialEvitando a depressão causada pela solidão

Quem nunca se sentiu solitário em algum momento da vida? Infelizmente, a solidão pode se tornar crônica e até causar depressão se não for tratada de um modo eficaz. Portanto, é fundamental lidar com essa questão de uma maneira saudável, diminuindo a probabilidade de desenvolver doenças em longo prazo. Há várias formas de evitar a depressão provocada pela solidão: você pode usar algumas estratégias de enfrentamento quando se sentir sozinho, expandir o seu círculo social e analisar os sentimentos que o afligem.

Método1

Amenizando a solidão

  1. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 1
    1

    Mude a maneira como encara a solidão. Os pensamentos podem mudar os sentimentos (de solidão ou depressão) e os comportamentos (a maneira como você lida com a situação). Se você achar que estar sozinho é algo negativo, provavelmente terá sentimentos negativos em relação ao fato. No entanto, ao aceitar essa verdade, é possível encarar melhor a situação e atenuar a solidão.

    • Use frases afirmativas. Por exemplo, diga a si mesmo que a solidão pode ser uma coisa boa. Fale: “É bom morar sozinho. Eu gosto da minha companhia.” Assim, é mais fácil tolerar essa condição cada vez mais.
    • Quando se flagrar lamentando a solidão e pensando: “Eu odeio estar sozinho. Sou tão só. Isso é muito ruim”, procure substituir esses pensamentos por versões mais realistas e úteis. Por exemplo: “Não vejo problema na solidão. Eu me sinto só, mas sou capaz de lidar com esse fato. Não é tão ruim assim. Estar sozinho pode ser positivo”.
  2. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 2
    2

    Controle os pensamentos sobre interações sociais. Estudos mostram que a sua autoimagem em comparação à de outras pessoas pode ter um impacto na solidão.[1]O medo da rejeição pode deixá-lo mais travado em ambientes de interação social, o que acaba gerando mais isolamento.

    • Se você acha que é inferior, pode ficar com receio de interações sociais. Lembre-se de que todas as pessoas são iguais nas suas diferenças. Você tem valor.
    • Ao conversar com outras pessoas, espere resultado positivos e não negativos.[2]Mentalize que tudo dará certo e que a pessoa talvez vá com a sua cara! Nem sempre tudo dá errado como você imagina.
  3. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 3
    3

    Cerque-se de animais de estimação. Os animais de estimação são as melhores companhias. É por isso que alguns tratamentos terapêuticos incluem cães ou atividades ligadas à natureza. Pesquisas indicam que viver em contato com a natureza ou cercado de animais pode proporcionar calma e diminuir a sensação de solidão.[3]

    • Adote um cão, um gato ou qualquer outro bicho de estimação (como um peixe, hamster, tartaruga). Entretanto, não encha a sua casa de animais, pois é difícil cuidar de tantas vidas sozinho. Antes de mais nada, tenha certeza de que você dá conta (é muito diferente cuidar de um peixe e de um cachorro). Nunca teve um pet? Comece com um pequeno.
    • Se não puder ter um bichinho, vá a um pet shop ou abrigo e passe um tempo com os animais. Você também pode ir ao zoológico ou se oferecer para cuidar do animal de estimação de algum amigo no final de semana.
  4. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 4
    4

    Leia. Nos momentos de solidão, a leitura pode dar a sensação de conexão social e ajudar a combater a tristeza.[4] Os livros também têm o poder de nos transportar para outros lugares e nos distrair da sensação de solidão por um tempo.[5] Leia o máximo possível, pois, além de ficar mais calmo, a sua mente também fica jovem e ativa.

    • Escolha um romance para ler por prazer.
    • Escolha um gênero literário que o agrade, como aventura, fantasia ou ficção científica.
    • Você também pode ler uma revista.
    • Existem muitos livros em domínio público disponíveis para baixar na internet.

Método2

Aumentando a conexão social

  1. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 5
    1

    Desenvolva relacionamentos saudáveis. Indivíduos com relacionamentos interpessoais satisfatórios têm menos depressão, uma visão mais positiva da vida e uma capacidade melhor de lidar com situações e sentimentos de modo geral.[6] O apoio dos outros pode ajudar a reduzir o estresse.[7]

    • Fazer terapia é ótimo para melhorar os relacionamentos.
    • Participe de atividades sociais que possam trazer amizades.
    • Fique longe de pessoas negativas que o coloquem para baixo.
    • Peça ajuda quando precisar.
  2. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 6
    2

    Tenha expectativas realistas ao se socializar. A rejeição pode ser mais preocupante quando nos sentimos solitários. Procure não se pressionar para fazer um novo melhor amigo ou ter uma conversa fantástica em uma interação social. Em vez disso, prefira aproveitar a sensação de estar conectado no momento.[8]

    • As redes sociais permitem que você se conecte sem se preocupar demais com a rejeição. Experimente fazer comentários nas postagens de alguém ou enviar mensagens curtas para uma pessoa.
    • Ao se relacionar pessoalmente, seja com um conhecido ou com um estranho, procure ter diálogos curtos. Você pode começar com uma pergunta amigável, do tipo: “Como está o seu dia”. Talvez esse não pareça o início de conversa mais promissor, mas dá para estabelecer uma conexão mínima. Se a pergunta conduzir a uma conversa mais profunda, ótimo; se não, você já compartilhou um momento com alguém.
  3. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 7
    3

    Esteja aberto para conhecer pessoas. Inscrever-se em um site de namoro, participar de um grupo, frequentar um clube, fazer trabalho voluntário ou fazer um curso são apenas alguns meios de se colocar em situações onde é possível ter novos contatos que compartilhem interesses em comum.

    • Se você tiver interesse em se conectar a uma pessoa, uma ideia é adicioná-la no Facebook, Instagram ou Twitter.
    • Lembre-se de que as amizades podem não ser muito profundas no primeiro momento e não há nenhum problema nesse fato. Por enquanto, concentre-se em se conectar a algumas pessoas.
  4. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 8
    4

    Tenha orgulho do seu progresso. Pode ser difícil sair e se socializar. Cada vez que você conseguir estabelecer uma conexão, seja jogando conversa fora com um estranho ou chamando alguém da sua sala para tomar um café, tenha orgulho de si mesmo por ter alcançado isso sozinho.

    • Essa positividade em relação aos progressos sociais pode ajudá-lo a continuar se esforçando para se conectar a outras pessoas.
    • À medida que sua necessidade de se socializar for sendo preenchida, você vai começar a se sentir menos solitário.[9]

Método3

Evitando a depressão causada pela solidão

  1. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 9
    1

    Participe de atividades legais. Fazer boas atividades pode ajudá-lo reduzir o risco de ter depressão, além de ser uma estratégia eficaz para regular as emoções. Pesquisas mostram que fazer atividades positivas pode desviar a atenção de pensamentos angustiantes.[10][11]

    • Faça uma caminhada leve no parque ou em um lugar tranquilo.
    • Assista a um filme engraçado. Rir pode ser o melhor remédio; o riso foi associado a melhorias na saúde e na felicidade.[12]
    • O apoio social é um componente fundamental para prevenir a depressão.[13] Se puder, procure passar um tempo ou falar com pessoas para evitar a depressão. Telefone para um amigo, colega de trabalho ou familiar.
  2. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 10
    2

    Pratique a atenção plena. Se você já sofreu de depressão no passado por conta da solidão, a atenção pode reduzir a probabilidade de uma recaída.[14][15] A consciência também tem se mostrado útil para pessoas que se sentem solitárias.[16] Tenha atenção plena nas atividades que estiver realizando no momento e nos sentimentos que elas suscitam. Muitas vezes, nos distraímos do presente com pensamentos sobre o passado (arrependimentos) ou sobre o futuro (preocupação com o que vai acontecer). Pratique atenção plena o máximo que puder, principalmente se estiver solitário ou deprimido.

    • Experimente a técnica durante uma caminhada. Basta dar um passeio pelas ruas e se concentrar no ato. Perceba os sons, as coisas que enxergar pelo caminho, os cheiros e as sensações. Está calor ou frio? Está uma brisa leve ou está abafado? Há pássaros voando no céu? Está um dia nublado ou ensolarado?
    • Outro exercício de atenção plena é a meditação guiada por imagens. Feche os olhos e imagine que você está em um lugar seguro. Pode ser numa praia, no seu quarto ou sentado sob a sombra da sua árvore favorita no parque. Imagine-se ali. Imagine esse local com todos os sentidos, incluindo o tato (ou seja, sentir a areia nos dedos), o olfato (o cheiro de maresia), a visão (observe o ambiente), o paladar (o gosto de algo que você comer ou beber) e audição (o som das ondas quebrando). Depois de passar um bom tempo nesse espaço seguro e se sentir mais relaxado, você já pode abrir os olhos.
    • É fácil praticar atenção plena em casa, prestando bastante atenção na atividade que estiver fazendo no momento.[17] Por exemplo, se estiver lavando a louça, concentre toda a sua atenção exclusivamente nisso. Observe o que sente nas mãos, a temperatura da água e também o que você vê. Muitas vezes, nossa mente divaga quando fazemos esse tipo de atividade corriqueira. Perceba todos os pensamentos que surgirem e, sem julgá-lo, deixe-os ir embora. Aceite os pensamentos e, em seguida, redirecione a sua atenção novamente para a atividade.
    • Você pode fazer uma pesquisa rápida no Google e descobrir muitos outros exercícios atenção plena.[18][19][20]
  3. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 11
    3

    Cuide da saúde. A depressão representa um risco significativo à saúde, pois ela pode piorar outros problemas.[21] Uma boa saúde em geral está relacionada ao bem-estar mental e físico.[22] Algumas doenças podem contribuir para gerar sentimentos depressivos. A fim de evitar a depressão causada pela solidão, você deve ter a saúde física como prioridade.

    • Melhore a alimentação, consumindo alimentos mais nutritivos, para reduzir as chances de ter transtornos mentais.[23] O corpo necessita dos nutrientes adequados para funcionar direito. Evite comer besteiras e prefira sempre alimentos ricos em proteína, vitaminas e carboidratos complexos, como frutas e legumes.
    • Tenha uma boa noite de sono de, pelo menos, oito horas. Tente ir para a cama e acordar sempre no mesmo horário todas as manhãs (inclusive nos finais de semana).
    • Faça exercícios sempre. Exercícios aeróbicos estão associados a uma incidência menor de depressão.[24] Caminhe, corra, ande de bicicleta ou faça qualquer coisa para colocar o corpo em movimento.
    • Se tiver uma doença (principalmente se ela afetar a depressão), vá ao médico com frequência.
  4. Imagem intitulada Not Get Depressed by Loneliness Step 12

    4

    Faça um tratamento. Se você achar que já fez de tudo o que podia e ainda assim se sentir sozinho ou até caminhando em direção à depressão, é importante buscar ajuda especializada. Um psiquiatra ou um psicólogo podem ajudá-lo a desenvolver um tratamento para reduzir a depressão ou a solidão com base no seu histórico e na sua situação. Terapias como a cognitivo-comportamental ou a interpessoal se mostraram úteis em prevenir casos recorrentes de depressão.[25]

    • Pesquise psicólogos que sigam essas linhas terapêuticas no seu plano de saúde ou procure um particular, pedindo a recomendação de conhecidos.
    • Se você não tiver plano de saúde, é possível procurar um atendimento de baixo custo em faculdades de psicologia ou fazer tratamento pelo SUS.
    • Um psiquiatra pode receitar um medicamento se você estiver aberto a essa abordagem. Peça um encaminhamento do clínico geral ou uma indicação do psicólogo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s