Riscos dos Investimentos Financeiros


Conheça os 03 riscos mais comuns nas operações associadas aos investimentos financeiros.

Artigo publicado por Samira Souza nas categorias: AçõesFundos de Investimento

Os investimentos financeiros são operações que visam a obtenção de ganhos rentáveis acima da média, sobretudo quando comparados a fontes de rendimentos ditas tradicionais. Através de várias aplicações disponíveis no mercado atual, é possível que pessoas físicas e jurídicas empreendam pela multiplicação dos seus ativos e retirem daí uma renda mais elevada.

No entanto, a decisão de investimento não é isenta de riscos – que variam, naturalmente, de acordo com o tipo de aplicação pretendida, na medida em que o investimento realizado em uma caderneta de poupança apresenta um maior nível de segurança relativamente ao investimento face à aquisição de ações no âmbito da bolsa de valores nacional ou em um outro país.

Riscos dos Investimentos

Conheça os tipos de riscos existentes

Quando a temática versa os investimentos financeiros, são vários os riscos que se podem nomear como estando associados às operações que lhes assistem. Existem, no entanto, 03 riscos que se destacam pela sua prevalência e que devem ser alvo de atenção redobrada por parte do investidor, cabendo à entidade prestadora de serviço / vendedora alertar para os riscos associados às transações desejadas.

Risco de Mercado

Verificável através de flutuações de preços e taxas (sobretudo ao nível das taxas de juro vigentes) e nas perdas que resultam das variações dos derivativos. Um dos fatores que mais decisivamente contribui para a sua formação respeita ao fato de se verificarem, ao nível do mercado externo, variações na taxa de câmbio ou nos aspetos alocados à dimensão tributária e regulatória de um determinado país.

Risco de Liquidez

Ocorre em virtude da ausência de compradores para um ativo específico. Nessa lógica, o investidor tende a transformar ou a vender os seus ativos no espaço do mercado e encontra uma de duas situações: ou não existem entidades interessadas na aquisição desses mesmos ativos ou os valores pelos quais esses ativos pretendem ser comprados não correspondem ao seu valor real – situação que indicia uma baixa liquidez do investimento.

Risco de Crédito

Frequentemente associado a operações bancárias de diminuto grau de complexidade, o risco de crédito assenta no fato de uma das partes não se encontrar capacitada para cumprir com as obrigações contratadas (e, por conseguinte, assumidas no decurso do processo contratual celebrado entre ambas as partes). Esse descumprimento encontra-se alocado à inadimplência, que se caracteriza pelo atraso regular no pagamento dos valores previstos no âmbito dessa mesma operação.

Análise de Riscos

Mais Vale Prevenir que Remediar

O mercado de investimentos possui uma característica pouco abonatória em seu favor, a volatilidade, que contrasta significativamente com os ganhos atrativos que pode proporcionar (mediante, claro, o tipo de produto em que se aposte e as condições em que a transação é efetuada). Nesse sentido, é fundamental que o investidor esteja ciente dos riscos alocados ao seu investimento antes da validação do mesmo, quer por meio de pesquisa autônoma realizada em diferentes fontes e suportes – nomeadamente através da internet ou da consulta de bibliografia e publicações temáticas especializadas –, quer pela informação facultada pelas entidades competentes e intervenientes no processo de transação alocado ao investimento em causa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s