Dicas Básicas Para Começar a Praticar Yoga


Dicas de Yoga para Iniciantes

É um ano novo, o que significa que cerca de 70% da população resolveu ficar saudável e começar uma prática de yoga. Mas para muitos, comprar um novo par de calças de yoga (ou como gosto de chamá-los, espartilhos de coxa) e o tapete da melhor marca é a parte fácil. Quando se trata de realmente sair do sofá e colocar-se no tapete, especialmente no inverno frio, muitas vezes preferimos continuar percorrendo fotos instigantes de yoginis esculpidas em uma praia fazendo as divisões em pé, em vez de nos movermos através da inércia inicial e começar nossa própria prática (sem julgamento – todos nós já estivemos lá).

Não é apenas a preguiça que nos impede de começar uma prática de yoga. Yoga é uma prática altamente pessoal, e com as dezenas de escolas de yoga para escolher, pode ser difícil identificar uma prática que atenda às nossas necessidades físicas, mentais e emocionais individuais. É difícil escolher uma cor de tapete de yoga, imagine uma prática!

Felizmente, você veio ao lugar certo! Aprender yoga começa com pisar em seu tapete. Basta seguir as dicas abaixo para começar sua prática de yoga.

 

#1 Libere expectativas:

Frequentemente, igualamos a yoga a posturas duras e com membros torcidos. No entanto, yoga não é sobre tocar os dedos dos pés ou alongamento de 98 graus para o nordeste. Yoga, literalmente, significa “unir” ou “união”. Yoga é um processo de união consigo mesmo, e deve ser fácil e sem esforço. Você está no yoga quando seu corpo, mente e respiração se alinham.

Então, jogue fora a idéia de que você já deve ser flexível, que você é muito velho para se aventurar no yoga aos 40 anos, ou que o yoga é a única coisa que vai te salvar dos seus pneuzinhos (embora o desaparecimento  do pneuzinho seja um efeito colateral comum de uma prática regular)! Lembre-se: yoga é um processo, não uma postura. Se você toca ou não os dedos dos pés é irrelevante – o que importa no final de uma prática é o estado de seu corpo, mente e emoções. Se você se sentir em paz e for capaz de prestar atenção em sua respiração por mais um segundo do que o habitual, então estará praticando ioga.

 

#2 Encontre um professor

É melhor começar a praticar yoga sob a orientação de um professor de yoga qualificado que pode orientá-lo nas sequências e no alinhamento corretos. Isso ajudará você a aprender corretamente diferentes posturas e evitar possíveis lesões. O ideal é encontrar um professor que goste e praticar com ele consistentemente, pois você poderá progredir com mais firmeza com a ajuda de um guia confiável.

Além disso, algumas das filosofias ou técnicas ensinadas no yoga podem ser novas para você, e ter a orientação de um professor ajuda na compreensão. Mantenha uma mente aberta, uma vez que ajudará a ampliar e melhorar sua experiência de yoga.

 

#3 Foque no yoga, não nas calças

O Yoga tornou-se moderno e indústrias inteiras agora giram em torno de calças de yoga de $ 120. Felizmente, para os 99% (não tinha a intenção de entrar em política …), você não precisa comprar a mais nova camisa regata de Ganesh para alcançar a iluminação. Basta usar roupas confortáveis ao ir a uma aula de yoga ou ao praticar yoga em casa. Ei, algumas das melhores práticas são feitas de pijama depois de acordar. Além disso, evite usar jóias excessivas, pois isso pode atrapalhar a prática da yoga.

 

#4 Acorde cedo

Idealmente, o yoga é praticado no início da manhã ao nascer do sol, quando a mente está mais clara e o mundo está quieto. Os tradicionais textos yogues afirmam que as horas entre as 4 e as 6 da manhã são as mais propícias para alcançar um estado meditativo. Praticar a primeira coisa de manhã permite que você evite distrações e comece o dia com saúde e intencionalidade, definindo o tom para o resto do dia. No entanto, se você não conseguir acordar cedo para praticar, não deixe de ser uma desculpa para pular! Você pode fazê-lo a qualquer hora do dia, conforme sua conveniência.

 

#5 Pratique com o estômago vazio

É melhor praticar com o estômago vazio ou pelo menos 2-3 horas após a sua última refeição, o que é outra razão pela qual praticar a primeira coisa de manhã é a mais ideal. Ao praticar yoga, você está muito mais sintonizado com os sentimentos sutis do seu corpo do que em qualquer outro ponto, e praticar com alimentos no estômago inevitavelmente leva ao desconforto. Comer antes de praticar pode levar a sensações de peso, e pode atrapalhar o processo de digestão. Também é aconselhável beber pelo menos três a quatro litros de água durante o dia, a fim de liberar as toxinas que são liberadas durante a prática fora do corpo.

 

#6 Comece com intenção

Antes de iniciar o aspecto físico de sua prática, criar uma intenção pode ajudar a definir o tom da sua prática e preparar sua mente para uma experiência introspectiva. Se sua intenção é “paz mundial” ou “aceite meu nariz”, centrar sua mente em torno desse pensamento ajudará a trazê-lo para o momento presente antes de começar. Além disso, exercícios de aquecimento suaves ajudam a soltar o corpo e a prepará-lo para as posturas de yoga que vêm à frente, funcionando como uma espécie de intenção física.

#7 Sério – fale com seu médico…e professor de yoga

Quase todo vídeo de yoga é aberto com instruções para conversar com um profissional de saúde antes de começar a praticar yoga. A maioria das pessoas, entretanto, desconsidera essas instruções. Enquanto o yoga é acessível a todos os corpos, muitas pessoas se machucam enquanto praticam, porque se esforçam demais. No mínimo, informe ao seu médico que você está praticando e esteja ciente de suas próprias limitações físicas. Se você tiver uma condição médica, informe seu instrutor de ioga antes do início da aula. Isso ajuda o professor a personalizar sua sequência.

 

#8 Lento e Firme

O antigo texto yogue, intitulado Patanjali Yoga Sutras, define postura de yoga (asana) como Sthira Sukham Asanam, que se traduz em “estável, confortável e meditativo”. Vivemos em uma cultura competitiva, onde podemos ser competitivos com nós mesmos e com os outros, muitas vezes nos levando além de nossos limites para sermos os melhores. No entanto, o vencedor em yoga é aquele que pode alcançar a maior facilidade dentro de uma postura. Faça o máximo que puder e depois estique um pouco mais (para melhorar a flexibilidade do corpo). Se você está tendo dificuldade em discernir os limites do seu corpo, use sua respiração como um ponto de referência; quando é leve e longa, os músculos começam a relaxar, mas quando está irregular, significa que você se excedeu demais. Ir um pouco além de sua zona de conforto manterá a prática de yoga interessante e adicionará uma faísca de desafio à medida que você progride e adota novas posturas. No entanto, certifique-se de compreender a diferença entre ir além da sua zona de conforto e esforço.

 

#9 Esteja onde você está

Enquanto todos nós gostaríamos de poder envolver nossa perna esquerda em volta do pescoço, isso simplesmente não é possível para todos. Essa é a beleza do yoga: ele se encontra onde você está. Onde quer que você esteja em uma postura de yoga é exatamente onde você deveria estar, então evite se comparar com outros estudantes em uma aula de yoga. Lembre-se de que cada tipo de corpo é único e que pessoas diferentes estão em diferentes níveis de especialização. Alguns podem facilmente executar um asana em particular, enquanto outros podem precisar de um pouco mais de tempo e prática para chegar lá. O Yoga nos ensina a aceitar o momento presente como ele é e, portanto, a aceitar a nós mesmos (e aos corpos!) Exatamente como estamos no momento.

 

#10 Saboreie o fim

Ao concluir sua prática de yoga, não tenha pressa em se levantar e começar a se movimentar com as tarefas programadas para o dia. Muitas vezes, se você assistir a uma aula de yoga, os alunos vão pular na primeira oportunidade para deixar a postura do cadáver. No entanto, aprenda a saborear o momento e permita que seu corpo receba o descanso que merece depois de uma longa prática. Se você tiver tempo, dê-se um amor extra e deite-se em Yoga Nidra por alguns minutos, pois isso ajuda a resfriar o corpo e a relaxar completamente a mente e o corpo após a sessão.

Yoga, como qualquer outra coisa na vida, requer prática regular para experimentar benefícios sustentados. A prática regular não apenas o aproximará do seu objetivo de tocar os dedos dos pés ou fazer uma bananeira, mas a prática regular também irá cultivar seu corpo sutil, resultando em um estado mental tranquilo que se estende à vida além do tapete. Yoga engloba posturas, filosofia antiga atemporal, pranayamas (técnicas de respiração) e meditações, que o levam além do nível do corpo, oferecendo uma experiência espiritual mais profunda.

Então, dê bastante tempo e seja paciente! As recompensas da prática regular se desdobrarão de formas inesperadas.

Não se assuste se você sentir dor durante os primeiros dias de sua prática de yoga. No entanto, se houver dor, informe imediatamente o seu instrutor.

Então, estenda esse tapete, defina sua intenção e vá!

 

Se você procura uma experiência holística de yoga, entre em contato com a sede da Arte de \viver mais próxima e conheça as aulas do Sri Sri Yoga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s