O desenvolvimento pessoal 


Se está lendo esse blog, provavelmente é porque está interessado em saber mais sobre auto-estima ou está interessado em descobrir como aumentar a sua auto-estima e ser mais feliz.

Provavelmente também está interessado no desenvolvimento pessoal e tudo que pode ajudar a se sentir melhor.

Esse artigo, de Henri Juntila, trata de 7 verdades que deve conhecer, se quiser se mover tranquilamente nesse ambiente.

Sigo o desenvolvimento pessoal há muitos anos e posso te garantir que esse artigo é uma Bomba. Leia e tenha sempre presente esses 7 pontos.

Até

Giovanni

“POR QUÊ?”

Essa foi a pergunta que fiz a mim mesmo numa noite de inverno, sentado na cama, com a cabeça apoiada nas mãos.

desenvolvimento pessoal não parecia com o que as pessoas falavam. Cadê as mudanças? Cadê o espírito positivo?

Tudo o que via era mais daquilo que eu não gostava.

Minha estante estava cheia de livros sobre espiritualidade, autoaprimoramento, produtividade e até experiências extracorpóreas, mas nenhum deles parecia ter me trazido qualquer benefício – ou será que tinha?

Veja, o contrassenso (e a parte divertida) de embarcar numa jornada de crescimento pessoal é que nem tudo são rosas.

Algumas pessoas desistem quando a situação complica, mas os que perseveram descobrem que a questão não é alcançar o resultado final e se tornar perfeito, isento de problemas.

A questão é a jornada de crescimento, de se tornar mais da pessoa que você já é.

É por isso que neste artigo vou compartilhar algumas verdades desagradáveis sobre o crescimento pessoal. Não se preocupe: nem tudo é ruim, porque isso tudo nos leva ao lugar certo.

1. Resultados

Muitos (ou a maioria, me arrisco a dizer) que buscam o desenvolvimento pessoal estão com pressa de chegar a um ponto em que tudo é perfeito e não existem problemas.

E essa é uma reação normal, porque ainda não foram longe o suficiente em sua jornada para perceber que não é uma questão de se livrar dos problemas.

É uma questão de como se percebe os “problemas”.

Somos ensinados desde cedo na vida a valorizar realizações. É tudo uma questão de realizar algo. Embora não haja nada de errado com querer realizar algo, isso se torna um problema quando a pessoa só se concentra no resultado final.

Você nunca está no presente porque está sempre pensando no lugar aonde quer chegar. E quando chegar lá, estará com a mente em ainda outro lugar, sonhando com o próximo objetivo.

É um ciclo interminável, a menos que você pare e mude isso.

Bem, quando descobri o crescimento pessoal, eu queria resultados. Queria resultados imediatos e estava disposto a me empenhar para obtê-los.

É quase como uma miragem no deserto. O desenvolvimento pessoal se torna para você exatamente o que precisa naquele exato momento.

Pode ser uma experiência positiva ou uma experiência negativa. Desde que siga em frente, você crescerá, mesmo que acredite não estar no caminho certo.

2. Sofrimento

O caminho mais comumente trilhado pelas pessoas que não estão numa jornada de crescimento pessoal é o da evasão, conforto e familiaridade.

Faz sentido, porque pode ser doloroso quando você começa a se observar e pensar em como pode melhorar.

Há tantas coisas que precisam ser corrigidas, parece que nunca vai terminar; então, por que você iria sequer tentar?

Essa é uma excelente pergunta, para a qual você terá que encontrar a resposta sozinho. Somente você pode encontrar sua determinação interior para mudar e crescer.

E nada vai acontecer até que a encontre.

Provavelmente já tentou convencer amigos e parentes a ler um livro que teve impacto em você ou assistir a um workshop junto com você, mas isso simplesmente não dá certo.

Eles não estão na sua situação nem têm as mesmas experiências que você.

Você deve permitir que os outros encontrem seu próprio caminho e deve se permitir trilhar sua jornada exclusiva, sem se comparar com outros nem pensar como avançou pouco.

Haverá sofrimento, mas o fato de ter sentimentos negativos sobre algo significa que você tem consciência dessa coisa e que pode mudar.

Isso não é ruim; é bom.

Pode não parecer bom, mas quando tiver passado adiante dos obstáculos no caminho, saberá exatamente do que estou falando. Talvez até já saiba.

Existem muitas coisas que você não sabe que sabe.

3. Confusão

Você se sente confortável com confusão?

Não muito, não é?

O engraçado é que passamos a maior parte da vida tentando evitar a confusão e a incerteza.

Porém, se você se lembrar de um momento em que se apercebeu de algo, quando tudo de repente fez sentido, talvez se dê conta de que logo antes desse momento havia confusão.

Sempre que estiver aprendendo algo novo – o que fazemos quase o tempo inteiro – você vai se sentir ligeiramente confuso. Talvez até sinta medo.

A confusão se origina da assimilação de novas informações. Seu cérebro literalmente precisa se reestruturar, especialmente se você se depara com uma informação que “muda a sua vida”.

Por isso, no futuro, quando se sentir confuso ou incerto, saiba que isso acontece porque você está crescendo e aprendendo.

É apenas um sinal de que algo novo está acontecendo. Pode não ser agradável, mas sempre leva você a uma compreensão e lucidez superiores.

4. Diversão

O crescimento pessoal não é só dor e sofrimento. Haverá momentos em que fará incríveis descobertas.

Depois de um tempo, começará a perceber melhorias nas áreas mais surpreendentes da sua vida. Para cada pessoa acontece de modo diferente, mas ainda assim é fascinante.

Veja, quando você cresce em uma área da vida, isso causa um efeito dominó. Cada aspecto de você afeta todos os outros aspectos.

Você também vai perceber que não é uma questão de mudar as circunstâncias externas, mas mudar quem você é no íntimo.

Quando mudar sua operação interna, a externa seguirá naturalmente.

Por exemplo, quando iniciei esta jornada, eu reclamei, agonizei e praticamente odiei a vida como um todo; minha vida não era divertida.

No entanto, como trabalhei em mim mesmo e me livrei de várias crenças que não me beneficiavam, o exterior começou a se modificar.

Ao passo que aumentar em compreensão, passará a perceber que é uma questão de seguir seu coração e seguir o fluxo da vida.

Quando se resiste ao fluxo, você se sente mal e a vida o decepciona. É como tentar ficar de pé numa poderosa correnteza. Exige esforço, e não é agradável quando você começa a sentir seus músculos ficando exaustos.

5. Responsabilidade

Só você é responsável pelos resultados que obtém e por quem se torna. Ninguém pode tomar suas decisões por você.

Conforme passei a trabalhar cada vez mais com clientes, percebi que algumas pessoas querem a vida entregue a elas numa bandeja de prata.

E há os batalhadores, que só precisam de um empurrãozinho e deslancham. Qual dos dois tipos de pessoa é você?

Como será sua vida se continuar como está por mais 5, 10 ou 20 anos?

Se você se sente bem quando pensa no futuro, está no caminho certo. Se não, faça as mudanças necessárias.

Se estiver disposto a agir, verá o mundo se abrir para você. A incerteza se transformará em possibilidade, porque nunca se sabe o que pode acontecer.

E mesmo quando não souber as respostas, terá o poder de ir em frente e ver o que acontece. É assim que se passa a entender as coisas.

Se você tem procurado pelo segredo que fará sua vida dar certo, fique sabendo que ele não se encontra fora de você.

Você é o segredo da sua própria vida. Você é o ingrediente que falta. Só você tem o poder de criar a vida que deseja ter, mesmo que ainda não acredite nisso.

6. Não saber

A esta altura, você já sabe que a confusão é parte inerente do crescimento pessoal e que, quando está confuso, normalmente você vai querer encontrar algo familiar.

Você vai procurar por certeza. Vai querer que as pessoas lhe deem respostas. Vai procurar garantias e qualquer outra coisa que alivie a confusão.

Isso inclui vícios e estados negativos. Você vai tentar se agarrar a qualquer coisa familiar e confortável.

É de se esperar que se comporte assim. Mas saiba que quanto mais tentar resistir à confusão, pior ela se tornará.

Conforme continuar se deparando com a confusão e outros rostos conhecidos na sua jornada, passará a conhecê-los melhor.

Saberá quando estão prestes a surgir; saberá o que vem a seguir. Passará a se sentir mais confortável com todas essas situações.

A grande lição é que você não precisa saber de tudo. Essa foi uma grande lição na minha vida, mas, apesar disso, ainda quero saber de tudo imediatamente.

Isso vai e volta em ciclos. Às vezes, estou tranquilo com isso; às vezes, não.

Não é preciso saber de tudo para tomar ação. E, muitas vezes, quando você começa a agir, as peças se encaixam.

A melhor coisa a fazer quando se sentir confuso é respirar, aceitar a sua situação e pensar qual é o menor passo que pode tomar a seguir para se aproximar daquilo que deseja.

Pode ser qualquer coisa e, às vezes, pode parecer irrelevante. Pode ser ler um livro, assistir a um workshop ou apenas dar uma caminhada.

Nunca se sabe o que você vai descobrir naquele próximo passo.

7. Não conseguir

O que você quer agora nem sempre é o que você vai querer no futuro.

O melhor a fazer é olhar para o futuro a partir de sua situação atual. Quando começar a avançar e viver a vida, as coisas vão mudar e se transformar, e o seu coração vai levar você a lugares aonde nunca imaginou que queria ir.

Quando estabelece uma meta e se empenha por ela sem flexibilidade, você como que coloca uma venda e se impede de ver todas as possibilidades à sua volta.

Quando você sabe aonde quer ir, não precisa saber como chegar lá – embora seja útil se você conhecer o caminho.

O que quero dizer é que você não precisa necessariamente de um conjunto rígido de passos para chegar a algum lugar, porque não sabe qual caminho acabará escolhendo.

É por isso que recomendo que você siga sua paixão e siga seu coração, porque isso vai levá-lo aonde precisa chegar.

É difícil se desprender, porque parece que você está perdendo o controle; mas não está.

Dê margem tanto ao positivo quanto ao negativo em sua vida. Às vezes, pode parecer que não está progredindo, mas você sempre está.

Descobri que é quando estou enfrentando uma tempestade de negativismo que mais cresço.

Isso me dá a oportunidade de me desprender e permitir que qualquer coisa que aconteça seja aceitável.

Não é fácil, mas é mais fácil do que resistir.

Artigo Original :

http://www.wakeupcloud.com/truths-about-personal-growth/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s