QUATRO DICAS PARA PRATICAR A ESPIRITUALIDADE NO FERIADO


Se você quer fugir da agitação e mergulhar num processo de autoconhecimento, opte por um retiro fora da cidade ou num cantinho de paz em casa mesmo

Quatro dicas para praticar a espiritualidade no feriado
Com tanto feriado por ano – temos mais de 12 no Brasil – dispomos de excelentes oportunidades para buscar a interiorização, a tranquilidade e a paz em um retiro espiritual. Seja em um grupo, afastado das metrópoles, sozinho ou num cômodo especial do lar, é possível praticar a espiritualidade.

Retiros são uma pausa longe de nossas atividades normais para passarmos algum tempo nos relacionando conosco, examinando as prioridades da vida e tomando resoluções concretas e práticas de melhoria. Participar de um retiropode ser um passo poderoso em direção ao autodesenvolvimento e ao encontro com o divino.

Já feriados costumam ser vistos como sinônimo de miniférias. Uma pressa que busca satisfazer os sentidos pelo excesso: muito prazer, muita comida e muita diversão. Os feriados, contudo, acabam envolvendo também muito estresse, principalmente antes do começo e próximo ao fim dessa aventura de um final de semana prolongado.

DESACELERAR PARA RESGATAR A AUTOCONFIANÇA

As pessoas que cansaram desses extremos de euforia antecipados e precedidos por pequenas depressões (“Ah, o feriado nunca chega… Ah, o feriado já acabou”) buscam desacelerar, fazer uma conexão espiritual. E é nesse ponto que retiro e feriado não só combinam, como são a mistura perfeita para encontrar a serenidade e resgatar a sua autoconfiança. E a autoconfiança é um dos ingredientes mais importantes para a receita do sucesso em todas as áreas da vida, seja para conquistar abundância de saúde e dinheiro, moderar seus prazeres, aprender a equilibrar descanso com atividades, melhorar relacionamentos, descobrir sua vocação, seu propósito e ficar uno com o universo.

Retirar-se ou isolar-se é uma técnica para se conectar com o seu íntimo

Retirar-se ou isolar-se é uma técnica para se conectar com o seu íntimo. É muito simples e, por isso, deve ser vivenciada. O que traz paz à vida é a moralidade. Ser moral, para os pensadores antigos, sobretudo os da Grécia, era o mesmo que descobrir os meios para se alcançar, por meio da razão, o máximo de felicidade. Mas você só percebe a importância da moralidade quando recolhe os sentidos, ou seja, quando as distrações externas estão distantes.

Seguindo seus preceitos éticos, parte-se para domar a mente. Nessa etapa, o que você precisa fazer é basicamente observar sua respiração normal do dia a dia. Não dê atenção para seus pensamentos, eles estão em looping infinito de repetição. Focado na respiração e no momento presente, você começa o processo de purificação da mente. O trabalho é passar das sensações grosseiras para as sutis, em estado de observação, o que exige disciplina, perseverança, paciência e muito amor a si mesmo.

Se você está entre os que decidiram pela moderação em dias de folga, seguem algumas dicas para praticar a espiritualidade em feriados:

1 – VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO

Não se sinta um alienígena! Tem muitas pessoas na mesma vibração que a sua e, com a tecnologia à disposição, é cada vez mais fácil encontrar meditadores, yogins e buscadores da verdade interior em redes sociais e aplicativos. Se você gosta da energia compartilhada entre várias pessoas, você pode buscar por eventos ou até mesmo criar o seu.

2 – RETIRE-SE… OU NÃO!

Se possível, tente se afastar do seu ritmo normal de vida e, obviamente, da agitação comum do feriado. Retiros no campo normalmente trazem essa quietude, o que facilita bastante o despertar da consciência. Mas a busca por autoconhecimento em um cantinho da casa, a leitura de um livro espiritual, saboreando uma alimentação simples e natural, tem o mesmo efeito.

3 – RESPIRE

Espiritualização é entrar em contato consigo mesmo. Então, você não precisa de nada muito elaborado. Se tiver dificuldade de encontrar silêncio, use uma playlist de mantras ou músicas relaxantes e feche os olhos. Respire pelo diafragma e vá descobrindo todo o universo interior que habita dentro de você. Mente e respiração estão unidas. Quando permitimos que a respiração relaxe, a mente se acalma de modo natural.

4 – PRATIQUE O NÃO JULGAMENTO

Como você está buscando por energias positivas, observe se você fica incomodado com quem está curtindo o feriado. Se percebeu algum sentimento negativo, apenas agradeça por identificar esses sentimentos dentro de si e saiba que pode, calma e sabiamente, dissolver essas energias densas que não tem utilidade e só impedem a fluidez do amor em seu coração. Não se preocupe. Ocupe-se de você.

Ricardo Ricchini

RICARDO RICCHINI

Professor de Meditação e Mindfulness, é sócio da Pandora Treinamentos e treinador de Alta Performance há 3 anos. 

Pandora

PANDORA

A Pandora Treinamentos é uma empresa de construção de Hábitos de Sucesso que leva as pessoas a se desafiarem em seis pontos estratégicos da vida para alcançarem sucesso duradouro e autorrealização. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s