Coaching: uma metodologia de autoconhecimento


Falar de algo tão importante, é desafiante e ao mesmo instigante, pois nos conduze a querer viver intensamente a filosofia coaching a cada dia de forma prazerosa.

O que podemos afirmar que sobre o universo coaching é uma metodologia, um processo de autoconhecimento para potencializar as habilidades de um indivíduo, grupo ou empresa que buscam resultados positivos no seu desempenho ou na performance tanto pessoal como profissional.

Esclarecendo o que é coaching

Coaching é uma palavra em inglês que indica uma atividade pessoal em que um instrutor (coach) ajuda o seu cliente (coachee) a evoluir em alguma área da sua vida.

O conceito de coaching surgiu nas universidades norte-americanas para definir um tutor particular. O coaching preparava os alunos para exames de determinada matéria. Com o tempo passou a ser usada também para se referir a um instrutor ou treinador de cantores, atletas ou atores. A palavra coaching vem da palavra inglesa “coach” e significa treinador. Esse treinador tem o objetivo de encorajar e motivar o seu cliente a atingir um objetivo, ensinando novas técnicas que facilitem seu aprendizado.

O termo coaching apareceu pela primeira vez na era medieval, com a figura do cocheiro, o homem que conduzia a carruagem (cochee) para algum lado. Os cocheiros também eram especialistas em treinar os cavalos, para que estes puxassem os coches. O trabalho de coaching inicia-se criando uma meta desejada pelo cliente, e essa meta pode abranger as mais diversas áreas e normalmente não existe um tempo determinado para esse objetivo ser atingido. Tem como objetivo ajudar profissionais de qualquer área a maximizar seu potencial e trazer mais resultados para sua empresa ou para o próprio desenvolvimento do seu trabalho.

Um tipo de coaching bastante procurado é o “coaching de liderança”, uma qualidade cada vez mais valorizada. No coaching de liderança, o gestor procura orientar seu colaborador no seu desempenho, usando metas claras para criar alvos mensuráveis, além de reconhecer potenciais e desenvolver competências da sua equipe. Também envolve-se na aprendizagem da sua equipe, encaminhando e recebendo comunicações para resultados excelentes.

Esclarecendo o processo de coaching

A essência do coaching é ajudar o indivíduo a resolver seus problemas e a transformar o que aprendeu em resultados positivos para si e para a equipe a qual lidera. Dessa forma, seu aprendizado é ampliado para seu grupo de trabalho e, daí, para a coletividade organizacional (O’NEIL, 2001, p. 35).

Ser um coach significa ser um profissional qualificado a ajudar uma pessoa a expandir suas competências, levando-o de um posicionamento a outro, sustentado por seus princípios e valores, enquanto a expressão coaching é utilizada para designar esse processo de ajuda. A utilização do coaching como forma de desenvolvimento dos executivos é mais uma evolução do conceito que tem se ampliado através dos anos.

Existem vários elementos envolvidos no coaching, por exemplo: foco, ação, sentimento/ sensação, evolução continua e resultados. Ou seja, o Coaching é considerado como uma grande e poderosa metodologia direcionada ou focada em ações do cliente ( coachee ) para realização de metas e de desejos.

Sendo assim, requer dessa metodologia tanto no desenvolvimento como o aprimoramento de suas próprias competências, habilidades, atitudes e conhecimento que o coachee já dispõe, só que ainda não direcionou um olhar mais especial focado na descoberta de seus talentos inatos e profissionais.

Os aspectos envolvidos no coaching

Vale lembrar que o Coaching envolve os seguintes aspectos:
• O processo de investigação, reflexão e conscientização;
• Descoberta pessoal dos pontos fracos e das qualidades;
• Aumento da consciência de si mesmo;
• Aumento da capacidade de se responsabilizar pela própria vida;
• Estrutura e foco;
• Feedback realista;
• Apoio.

O que os teóricos falam sobre coaching

De acordo Weiss( 2012, p. 93),“ o coaching deve ser visto como um negócio, não é uma vocação, a menos que você queira fazê-lo de graça”. Por outro lado, Paula ( 2011, p. 25) afirma que ser coach é algo espetacular pois engloba três importantes itens que são: “ enorme responsabilidade, retorno muito gratificante e oportunidade única de aprendizado”.

Vale destacar que o coaching é a prática de auxiliar o indivíduo por meio de um processo de conquista de um objetivo ou resolução de problemas. Hoje em dia, muitas organizações estão levando muito a sério o poder do coaching e designando muitas pessoas para cumprir a função específica de coach ( SOMERS, 2012, p.10).

No processo de coaching existe um profissional que se utiliza da metodologia coaching que se chama coach, que utiliza de técnicas, ferramentas e metodologias para ser utilizado com seu cliente denominado coachee, o que é estabelecido por meio de um contrato que deve ser honrado por ambas as partes. Dentro desse contrato deve ser trabalhado necessidades, desejos, metas, desafios do coachee. Então tudo será trabalhado a partir de uma perspectiva temporal do tempo presente com visão de prepará-lo dentro de 10 a 12 sessões com foco trabalhar as competências para o tempo futuro mais próximo.

Conforme Dinsmore e Soares ( 2014, p. 82) , o coaching dentro do contexto corporativo “ visa facilitar a dar apoio a questões específicas e busca facilitar o processo decisório do seu coachee no que diz respeito a questões estratégicas e específicas”.

Cabe mencionar que o coaching é uma forma de arte, já que mais que a técnica, o método e os conceitos, o coach precisa buscar dentro de si uma inspiração única para entender o outro e conseguir fazer o outro conseguir fazer uma conexão necessária para que algo novo nasça ( PAULA, 2011, p. 25).

Segundo o site do Instituto Brasileiro de Coaching-IBC, Coaching é a maior e melhor metodologia de desenvolvimento e capacitação existente na atualidade e a carreira que mais cresce no mundo. Além dessas atribuições, o Coaching oferece múltiplos benefícios em diversas áreas da vida. Confira alguns deles:

Benefícios Pessoais

• Desenvolvimento pessoal e profissional;
• Elevação da felicidade e realização;
• Conquista do autoconhecimento e autodesenvolvimento;
• Evolução e melhoria contínua;
• Melhora na qualidade de vida e equilíbrio interior;
• Equilíbrio e inteligência emocional;
• Quebra de crenças limitantes;
• Alinhamento de valores e missão de vida;
• Novas competências e aprimoramento de habilidades;
• Melhora na qualidade de vida e bem estar;
• Diminuição de estresse e cargas negativas;
• Melhora nos relacionamentos pessoais;
• Aumento da congruência interna e externa;
• Melhoria da autoestima e autoconfiança;
• Melhoria no controle das emoções;
• Aumento da flexibilidade e adaptação a mudanças.

Benefícios Profissionais

• Desenvolvimento de habilidades e competências;
• Motivação e trabalho em equipe;
• Delegação e feedbacks assertivos;
• Melhora nos relacionamentos interpessoais;
• Conquista de inteligência competitiva e visão sistêmica;
• Cumprimento de metas e prazos;
• Comunicação eficaz e assertiva;
• Minimização de conflitos;
• Maximização e aceleração de resultados;
• Retenção e desenvolvimento de talentos;
• Redução do turnover e rotatividade;
• Implantação de uma cultura de alta performance;
• Melhor gestão do tempo;
• Planejamento estratégico;
• Desenvolvimento de futuros líderes;
• Planejamento efetivo da força de trabalho.

O coaching também é indicado para:

• Mudança de emprego ou de função exercida;
• Desmotivação na profissão;
• Melhora de desempenho e produtividade;
• Aumento de resultados;
• Desejo por uma promoção dentro da empresa;
• Desenvolvimento de novas habilidades;
• Quebra de comportamentos e crenças limitantes;
• Crescimento pessoal e profissional;
• Busca por novos desafios;
• Desejo de uma nova profissão, a de Coach;
• Desenvolvimento de liderança e equipes;
• Busca por reconhecimento profissional;
• Mudança ou criação do próprio negócio;
• Melhoria nos relacionamentos amorosos ou sociais;
• Melhoria e melhor controle da vida financeira;
• Auxílio no processo de emagrecimento;
• Métodos para auxiliar nos estudos para concursos.

Coaching, uma filosofia de vida

Coaching é uma nova realidade de vida, significa ressignificar memórias e vivências do passado para potencializar novas competências comportamentais com foco na realização pessoal e profissional. O processo de coaching visa o desenvolvimento e aprimoramento de habilidades e competências que são exigidas pelo mercado de trabalho.

Vale lembrar que o coaching é uma metodologia de transformação, de autoconhecimento e evolução contínua do coachee. Para o coaching acontecer é feito um contrato com o indivíduo, grupo ou empresa. Falar em Coaching é falar em processos de transformação, de mudança de uma pessoa, de um grupo, de uma organização.

O Coaching é um facilitador de processos de desenvolvimento da pessoa e da organização; é um propulsor de mudanças e exige um coach ( profissional) que conhece o seu papel (ele não dirige, não aconselha, não determina). O coach é alguém que ajuda a iluminar caminhos, fazer crescer a reflexão, avaliar possibilidades; promove o surgimento de um coachee que ocupará a posição de sujeito de seu crescimento, de suas ações e de sua transformação

Concluindo…

O Coach é alguém que está sempre cuidando de seu desenvolvimento pessoal para atuar, profissionalmente, como um instrumento de desenvolvimento dos que necessitam do seu trabalho. Ele busca crescimento contínuo, interiorizando e assumindo posturas específicas exigidas pelo seu papel.

Falar em Coaching é falar na possibilidade do Ser Humano usar, numa escala muito maior e amparado pela força da cooperação dos grupos aos quais pertence, seus recursos pessoais, sua capacidade de criar e produzir com maior qualidade. E isto é, sem dúvida, uma vitória do nosso tempo. Conduzir um processo de Coaching é proporcionar um espaço que facilita ao outro ( coachee) ver além do que ele é hoje, com olhos no que deseja ser e realizar num futuro próximo ou distante.

Referências

DINSMORE, P.; SOARES, M.C. Coaching prático: o caminho para o sucesso. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2014.
O’NEILL, M. B. Coaching: treinando executivos. São Paulo: Futura, 2001.
PAULA, M. de. A arte do Coaching: por uma vivência de 10.000 horas. São Paulo: All Print, 2011.
SOMERS, M. Coaching em 1 semana. São Paulo: Figurati, 2014.
WEISS, Alan. Coach de ouro: como alcançar o sucesso em uma atividade atraente e rentável. Porto Alegre: Bookman, 2012.
http://www.ibccoaching.com.br/tudo-sobre-coaching/coaching/o-que-e-coaching/


Lucília Santos – Professional e Self Coaching, Leader Coach, Analista Comportamental e Analista em 360º pelo IBC. Graduada em Pedagogia e em Psicopedagogia aplicada à Educação. Especialista: Neuropsicologia, Psicopedagogia Clínica, Institucional e Hospitalar, MBA em Gestão de Recursos Humanos e em Neuropsicopedagogia Clínica. Professora na Educação Básica e Ensino Superior. Atua como coach, professora, palestrante e escritora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s