Síndrome de Cronos: o medo de ser substituído


·  outubro 20, 2018

A maioria dos problemas que as pessoas enfrentam em relação aos seus objetivos tem a ver com as etapas que levam a eles. Para quase todos nós, o caminho para o que queremos exige muito esforço e constância, e é por isso que nos preocupamos em não dar passos em falso. No entanto, fenômenos como a síndrome de Cronos indicam que alcançar nossos objetivos não é tudo.

Estamos nos referindo ao medo que algumas pessoas sentem de perder aquilo que lutaram tanto para conseguir. Normalmente este conceito é aplicado ao mundo dos negócios, mas os sintomas também podem aparecer em outras áreas da nossa vida. Se você está perto de alcançar seus objetivos ou já os atingiu, é bem provável que a síndrome de Cronos venha bater à sua porta em algum momento.

O que é exatamente a síndrome de Cronos?

Este termo é usado para se referir ao medo de ser substituído por outros em áreas da nossa vida que são importantes para nós. Por exemplo, uma pessoa em um alto cargo de uma empresa pode temer que um de seus subordinados tente tomar o seu lugar. Assim, essa ideia poderia supor uma pressão extra, dando lugar ao estresse e à ansiedade.

Por outro lado, a síndrome de Cronos está associada à inveja. Em qualquer campo em que seja apresentada, a pessoa que a sofre sente inveja das realizações dos outros. Portanto, é consistente com o esquema que propomos que a pessoa tente depreciá-los e minar sua autoconfiança, com a intenção de que nunca superem o mesmo que a pessoa alcançou.

O que é a Síndrome de Cronos?

Naturalmente, um dos principais agravantes desse problema é a falta de autoestima. Quando alguém está seguro de si mesmo, não precisa se sentir superior ao resto. Assim, acontece o fenômeno oposto, dando lugar a comportamentos de autoafirmação.

De onde vem o nome?

A síndrome de Cronos recebe seu nome da mitologia grega. Nela, Cronos foi um dos primeiros deuses, filho de Urano (o criador do Universo de acordo com essa cultura). Em sua juventude, essa divindade derrotou seu pai para tomar seu lugar como senhor de todos os seres vivos, mas por essa ação teve que pagar um preço muito alto.

Como ele próprio fizera isso, Cronos temia que seus próprios filhos tentassem matá-lo. Portanto, assim que seus descendentes nasciam, ele os comia. No entanto, graças à ajuda da deusa Hera, um deles conseguiu se salvar: Zeus. Quando ele atingiu a idade adulta, confrontou seu pai e o derrotou, salvando seus irmãos e se tornando o novo senhor do Universo.

As pessoas que sofrem da síndrome de Cronos compartilham certas semelhanças com o deus grego. Sua maior preocupação é que aqueles abaixo deles tentem tomar o seu lugar. Geralmente, quando tentam se proteger contra essa possibilidade, acabam gerando mais problemas do que resolvem e, inclusive, favorecem o que tanto temem.

Assim, os subordinados de alguém com essa síndrome tenderão a se sentir muito infelizes. Isso pode levá-los a praticar alguma sabotagem contra o superior, algo que não teria acontecido se esse problema não existisse.

Como combater a síndrome de Cronos?

A seguir, você encontrará várias ferramentas para atenuar o efeito desta síndrome.

  • Trabalhe sua autoestima. Embora não compartilhem, as pessoas que sofrem dessa síndrome tendem a acreditar que não são boas o suficiente. Por isso, se você quer acabar com ela, terá que aprender a confiar em si mesmo. Só assim você perceberá que é único e que, como tal, é impossível substituí-lo.
  • Busque a excelência. Não importa em que área a síndrome de Cronos ocorre. Se você quer evitar o medo de ser substituído, esforce-se para encontrar a melhor versão de si mesmo.
  • Aceite que nem sempre você pode ganhar. Por último, você terá que conviver com uma ideia: você nem sempre será capaz de ser o melhor, mesmo que dedique sua vida a isso. No entanto, isso significa que você não pode viver a vida que quer? Certamente existem objetivos ao seu alcance que te satisfazem. Se você se esforçar, com certeza será capaz de alcançar uma situação ainda melhor do que a que tem agora.
Mulher feliz e autoconfiante

A síndrome de Cronos pode ser um obstáculo muito sério para aquelas pessoas que se esforçam para alcançar seus objetivos. No entanto, com um pouco de perseverança, é possível derrotar este medo. Se você se sentiu identificado com o que leu, comece a trabalhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s