Entenda como o silêncio ajuda a diminuir o estresse do dia a dia


BENEFÍCIOS

Para os tagarelas de plantão, ficar em silêncio pode parecer uma verdadeira tortura. Mas, segundo a ciência, deixar as palavras calarem por algum tempo, além de evitar outros sons do ambiente, pode resultar em um dia a dia menos estressante. Uma reportagem do site The Huffington Post listou cinco formas de trazer para nossas vidas alguns benefícios que o silêncio pode proporcionar.

Comece o dia com 5 minutos de silêncio

Não se trata de meditação. Ao acordar, encontre um lugar confortável, longe da televisão, do computador, do telefone e das pessoas que moram com você. Sente-se e respire lentamente. Concentre-se nos ruídos que a rodeiam, uns após os outros. Depois concentre-se em seu corpo e suas sensações. Percorra mentalmente cada parte de seu corpo. Abra os olhos, alongue-se e comece seu dia.

Preserve-se dos ruídos

O barulho tem impacto sobre nosso comportamento. Com um volume alto demais e em um período de tempo prolongado, o ruído nos torna agressivos, hipersensíveis. Ele também pode aumentar nossa pressão sanguínea e perturbar nosso ritmo cardíaco. Para nosso corpo, o ruído é uma agressão, portanto também pode fragilizar nossas defesas imunológicas. Uma razão a mais para tomar cuidado com todas as poluições sonoras ao longo do dia.

Reprodução

Reprodução

Aprenda a se reencontrar e a se escutar

Calar-se também é um meio de melhor se escutar. Nesse campo, o exercício físico em silêncio pode ser uma boa opção. Por uma vez, faça um passeio sem os fones de ouvido e deixe seu telefone carregando. Concentre-se em sua respiração. Escute os ruídos externos, os pássaros, o vento nas folhas, o barulho de seus sapatos no chão.

Linguagem não verbal

Dedique alguns momentos de cada dia ao silêncio. Evidentemente, é um pouco complicado com crianças, mas pode até se tornar uma brincadeira e você vai descobrir que a linguagem não verbal é muito rica (e até divertida!).

Valoriza as refeições

É hora da refeição, o momento de convivência em que cada um quer contar como foi seu dia. Porém, antes de engatilhar uma animada conversa à mesa, que tal dedicar alguns momentos para ‘escutar’ as emoções que a comida pode produzir. Doce, salgado, amargo, ácido, saboroso… Depois de algum tempo, você vai perceber que esse exercício ajuda a valorizar o sabor das refeições. (Fonte: Brasil Post)

Redação Bonde
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s