Uma reflexão sobre metas e objetivos na vida


View story at Medium.com

View profile at Medium.com

https://medium.com/

View story at Medium.com

Nos últimos meses eu devo ter entrevistado quase 50 candidatos frente-a-frente para vagas diversas aqui no Marketing da Samba Tech. Uma das perguntas que eu sempre faço é: “Qual é/era a sua meta?”. Sabe o que eu mais ouço? “A gente não tinha muito uma meta definida”. Sempre que eu escuto isso já emendo uma segunda pergunta: “Então como você mede se o que fez deu certo?”. Pare e leia essa pergunta de novo. Se no trabalho já é estranho não ter como medir o seu sucesso, imagine na sua vida?

Tive a curiosidade de ir no Wikipedia para ver qual seria a definição de meta, ou objetivo, e o que eu li foi “um fim que se quer atingir. Nesse sentido, é sinônimo de ‘alvo definido em metas’”. Mas o que me chamou mais a atenção foi essa parte: “a definição clara de objetivos é de extrema importância em várias áreas de atuação humana, orientando a ação eficaz dos indivíduos”. Se a gente espremer essa frase vão sair duas palavrinhas mágicas: definição e ação. Parece óbvio lendo dessa forma, né? E é!

Você sabe qual a sua meta aqui nesse mundo? Forte isso. Mas é a mais pura verdade. Independente da sua crença ou religião você está aqui por algum motivo. Você sabe qual é? Se esse papo parecer muita filosofia ou metafísica, podemos ser mais diretos: qual a sua meta hoje? Esse simples exercício de reflexão pode ser revelador. Se você sabe qual a sua meta você já largou na frente, mas você sabe o que fazer para chegar até lá? Se sim, aí que vem a pergunta de 1 milhão de dólares: você está fazendo isso agora?

Como diz o Wikipedia, saber seus objetivos “é de extrema importância em várias áreas de atuação humana” e é o que dita o norte e o ritmo da sua vida. Não importa se esse objetivo/meta é ler um novo livro no próximo mês, comprar um carro novo no final do ano, morar fora nos próximos 3 meses, aprender um novo idioma. A meta é sua, o sonho é seu. Não existe certo e errado. Alguns tem o objetivo de mudar o mundo, de ser um grande empreendedor: admirável. Outros tem o objetivo de ser jogador de futebol ou mesmo fazer um bolo gostoso para sua família. Uma frase do Fernando Pacheco que eu gosto muito é: “Se alguém acha seu sonho pequeno ou grande, sinceramente, paciência. É preciso ter essa convicção, com os seus valores, seu suor, sua luta, seu ritmo, seu caminho, sua construção, sua consciência”.

Um ponto interessante disso tudo é que estabelecer metas está muito ligado a tomar decisões e fazer escolhas. Uma frase que eu li no Facebook de uma pessoa especial diz “às vezes você faz escolhas, e às vezes, as escolhas fazem você”. E escolhas têm muito a ver com posicionamento. Iyanla Vanzant no seu livro “Um dia Minha Alma se Abriu por Inteiro” fala sobre isso: quando você não tem escolhas você sempre viverá as escolhas do outro. O que define uma pessoa são suas metas e o que ela faz para alcançá-las.

Falando da prática, se fosse quebrar num passo a passo, pra mim, seria assim:

  1. Defina sua meta.
  2. Crie um plano de ação para você chegar até ela.
  3. Se possível, quebre a sua meta em pequenos milestones.
  4. Estipule um prazo.
  5. Saiba quais recursos você vai precisar para isso: pessoas, dinheiro, conhecimento, etc.
  6. Mensure ao longo da jornada.

Muitas vezes não é fácil. Não mesmo. Estabelecer a meta é a ponta do iceberg. Mas aonde o menino chora e a mãe não vê é no momento de arregaçar as mangas e agir. Quantas metas e objetivos não passaram de uma frase escrita num canto de um caderno? Agir, muitas vezes requer coragem. Coragem de arriscar, sair da zona de conforto e lidar com a frustração. A Tássia Junqueirafala que “vale muito a pena arriscar, pois te ajuda a enxergar se está no caminho certo, no caminho pela busca de você mesmo”Se você não se dá a chance de tentar você infelizmente não vive, você sobrevive.

Eu sou movido a metas. Não me acho melhor ou pior que alguém por causa disso, mas essa foi a forma que eu encontrei de sempre buscar coisas novas e melhorar. Sempre tento seguir os 6 passos acima em todos os objetivos que eu estipulo na minha vida. Tanto no lado profissional quanto pessoal a forma como eu estabeleço minhas metas é parecido, mas cada um tem suas particularidades.

Falando especificamente do pessoal (depois escrevo sobre o profissional), eu tenho um costume de sempre fazer o balanço do ano que passou e projetar o que vai começar. Aprendi isso com minha mãe (obrigado, mamy!). Meu passo a passo é:

  1. Defino a meta macro para o ano.
  2. Abro dois livros em páginas aleatórias que sempre me inspiram.
  3. Defino objetivos em categorias: Vocação e Criatividade, Dinheiro, Saúde, Relacionamento Amoroso, Amizade, Família, Tempo sozinho, Autoconhecimento e Profissional (parecem muitas mas é impressionante o quanto cada uma tem sua importância).
  4. Tento ser o mais direto possível nas metas de cada uma delas.
  5. Volto no que eu escrevi uma vez por mês para ver como está o andamento.

Faço isso desde 2010 e é impressionante o quão forte é quando você simplesmente escreve isso num papel e se compromete com o que está escrito. No meu caso, aquilo que eu escrevo é a minha vida naquele ano (importante definir o prazo!), é o que eu quero alcançar, são meus objetivos para ser alguém melhor… E quando você cria hábito de sempre voltar no que escreveu e avaliar suas metas você cria um compromisso com você mesmo — e isso é algo forte, porque ninguém quer quebrar as promessas que fez pra si mesmo. Muita vezes não consigo chegar no que projetei. Acontece. Mas não tem nada mais gratificante do que você olhar para trás no final de ano e ver tanto de coisa que conseguiu cumprir e conquistar. Acredite em mim, é revigorante.


Suas metas são você. É o que te guia no mundo e define suas ações. Independente de serem grandes ou pequenas, nobres ou banais, corriqueiras ou pontuais é importante definir e agir. As vezes não é fácil, mas quando você dá o primeiro passo as coisas podem se tornar mais simples do que parecem.

Esse post é um bom exemplo: era uma meta que eu tinha combinado comigo mesmo e com uma outra pessoa. Foi difícil começar, mas depois que eu escrevi o primeiro parágrafo as coisas fluíram e eu me diverti durante a jornada. 🙂

E você, como define suas metas?

Assistir a um jogo da NFL no estádio: uma das metas que realizei em 2014
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s