Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível


 

Atobá 1 300x162 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possívelPor Floriano Peixoto*

O desenvolvimento de um projeto de VANT (Drone) não é barato.

Começa por estabelecer os requisitos da aeronave em consideração ao tipo de trabalho que ela deverá realizar. Primeiro se fazem os estudos sobre o alcance, autonomia e pay load (capacidade de carga paga). A carga paga é definida em relação aos sensores que poderão ser embarcados na aeronave diante da sua missão estabelecida em projeto.

Depois disso, são feitos os estudos de configuração do avião. Se é uma asa voadora, se terá fuselagem convencional, tipo de estabilizadores horizontais e verticais, lemes simples ou duplos, motorização, sistema de decolagem e pouso e por aí vai.

Inúmeras são as opções.

3 vants 600x97 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível

Escolhida a configuração, se iniciam os cálculos aerodinâmicos. Sustentação, arrasto, razão de planeio…

Nesta fase, procura-se obter um bom rendimento aerodinâmico da aeronave, que resultará em menor consumo de combustível, maior alcance, autonomia e segurança em caso de uma emergência.

Uma parte importantíssima é a motorização que será utilizada, poi isso impactará diretamente nos resultados de alcance, autonomia e pay load.

Inúmeros conjuntos precisam ser ensaiados antes de se chegar à motorização ideal para o projeto em desenvolvimento.

O próximo passo é decidir quais materiais e processos construtivos serão empregados. Este é um fator importantíssimo no custo do projeto, pois a partir dele é que se obtém a resistência, durabilidade e produtividade da aeronave que se pretende fabricar.

Processos com grande escala de produção exigem investimentos altíssimos. Uma opção é optar por processos de menor produtividade e que tenham investimentos mais adequados à expectativa de vendas da aeronave em questão.

Como se pode ver, todo esse processo demanda tempo e dinheiro. Muito dinheiro…

E irá impactar diretamente no preço de venda de um drone de asa fixa. Este é um dos motivos desses sistemas custarem tão caros.

Na Albatroz Brasil Drones não é diferente. Mas como resolver esta questão e colocar no mercado um drone de asa fixa eficiente e de baixo custo?

A Albatroz Brasil Drones nasceu do projeto de pesquisa e desenvolvimento de VANTs de baixo custo, Albatroz Aerodesign, que por um bom período foi desenvolvido na UNISANTA – Universidade Santa Cecília em Santos. O projeto Albatroz Aerodesign começou no ano de 2011.

1a 600x400 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível

Depois, passamos a desenvolver nossos projetos com o apoio do GPEA – Grupo de Pesquisa em Engenharia Aplicada da UNISANTA. Grupo do qual eu faço parte.

Sem o apoio da engenheira, professora e mestre Sabrina Martinez, que conheci há anos quando era aluna participante de uma das competições de Aerodesign, por quem tenho grande admiração e amizade, e do engenheiro, professor e mestre Luiz Fernando Ferrara, a vida da Albatroz Brasil Drones seria mais difícil.

Eu costumo brincar com a Sabrina dizendo que eletrônica e computação é bruxaria. Mas não é. Quando se tem profissionais competentes dando apoio, conseguimos colocar para voar um Sis VANT de alta eficiência e segurança.

Podemos dividir o projeto de um Sis VANT – Sistema de Veículo Aéreo Não Tripulado em duas grandes etapas. Da aeronave em si, que eu costumo chamar de plataforma de voo, e dos sistemas de controle e acompanhamento de voo. O coração da máquina.

Dessa divisão, saiu a solução para termos um Drone de Asa Fixa eficiente e de baixo custo.

Procuramos e encontramos no mercado uma aeronave produzida em grande escala que atende nossos requisitos de projeto.
Como não gastamos tempo e dinheiro para desenvolver a plataforma de voo, uma boa parte dos custos de projeto nós economizamos.

Com esta solução, nasceu o VANT ATOBÁ.

ATOBÁ FINAL 2 1399x600 600x257 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível

Entregar mais por menos

Mas não é porque lançamos um sistema de baixo custo, que ele será inferior. Muito pelo contrário.

No Atobá, utilizamos materiais de primeira linha. Embarcamos a mais avançada placa de controle de voo de uso civil do mercado, com tripla redundância de sensores e duplo sistema de alimentação de energia.

Sistema GNSS com capacidade de captar todas as constelações de satélites de posicionamento existentes (GPS, Glonass, Beidou e Galileo). Trabalhamos com três links de rádio diferentes para controle e acompanhamento de voo. Câmera de vídeo on line, independente do sensor de produção de imagens para mapeamento. Com ela você poderá acompanhar todo o voo do Atobá em tempo real, sabendo exatamente aonde ele está.

Câmera Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível

O acompanhamento de voo também é feito através de um modem de telemetria, que manda diversas informações da aeronave para a estação de solo, inclusive a posição e deslocamento sobre uma imagem aérea do Google.

Com isso, temos redundância de acompanhamento de voo. Se um dos sistemas falhar o outro nos dá as informações de posicionamento do nosso avião.

Estação de solo.jpg 600x409 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível

Obs.: Imagem na tela da estação de solo com a aeronave estacionada na bancada de ensaios.

Futaba 600x600 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível

Rádio de alta qualidade responsável por comandar manualmente a aeronave ou dar a ordem para realizar o voo autônomo da decolagem ao pouso com apenas uma mudança de chave.

A aeronave também pode ser comanda através da estação de solo via telemetria. Caso ocorra uma pane no transmissor ou receptor Futaba, a telemetria que trabalha em link de rádio independente servirá para comandar a aeronave e trazê-la em segurança para seu ponto de decolagem.

Resultado: redundância de controle de voo.

Com tudo isso, temos um Sis VANT extremamente seguro, eficiente e de baixo custo.

Mais informações no site:
http://albatrozbrasildrones.com.br/rpa-atoba
albatrozbrasildrones@hotmail.com
florianopeixoto1@hotmail.com
Tel. e whatsapp: 13 99131 0575

Floriano Peixoto 1 Drone de asa fixa eficiente e de baixo custo é possível*Floriano Peixoto, Pesquisador responsável pelo projeto de pesquisa e desenvolvimento de VANTs- Veículos Aéreos Não Tripulados, Albatroz Aerodesign, desenvolvido na UNISANTA – Universidade Santa Cecília, em Santos. Diretor da Albatroz Brazil Drones. Instrutor no curso presencial DJI Phantom – Porta de Entrada na Aerofotogrametria. Projetista e construtor de aeronaves experimentais tripuladas e não tripuladas. Piloto de aeronaves experimentais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: